Dr. Miguel Lauand segue pavimentando ruas e reconstruindo Itapecuru Mirim

O prefeito de Itapecuru Mirim, Dr. Miguel Lauand (PRB), desde que assumiu a prefeitura, no início do ano, tem determinado aos seus secretários, ritmo acelerado para reconstruir o município, que durante os últimos anos ficou completamente abandonado pela gestão passada, vendo suas ruas e pontes sendo destruídas pela falta de manutenção.

No início do mês, foram realizados serviços de reconstrução da Galeria, que já havia passado por desobstrução.

A secretaria de obras também iniciou operação tapa-buracos e pavimentação de ruas, garantindo mais estrutura para a população do município.

Após anos de abandono, a Galeria foi desobstruída e reconstruída.

Nessa primeira etapa, foram incluídas no cronograma de pavimentação as Ruas Alarico Lima e Padre Possidônio Monteiro, no Bairro Piçarra, e a Rua José Domiciliano Siqueira, no Bairro Torre, que deve ser concluída ainda esta semana.

Também foram recuperadas pela operação tapa-buracos, diversas ruas que estavam em completo estado de destruição, entre elas, as ruas Coronel Catão, Abdala Buzar, Mariana Luz e  Avenidas Gomes de Sousa e Provessor Raimundo Nonato Ferraz.

Em Pinheiro, alunos são prejudicados por péssima gestão de Luciano Genésio

Estudantes do município de Pinheiro (MA) que dependem do transporte escolar estão há dois dias sem ir até as escolas por ingerência do prefeito Luciano Genésio (Avante).

De acordo com reportagem publicada com exclusividade pelo blogueiro Vandoval Rodrigues, o motivo seria a falta de combustível.

Segundo apurou o blogueiro, o prefeito não teria realizado o pagamento do posto responsável pelo abastecimento do transporte escolar. Sem pagamento, o dono do posto se recusa a fornecer o combustível para a frota de ônibus.

Luciano gastou quase meio milhão de reais para realizar a festa e  trazer a dupla sertaneja nacional de sua preferência. A dupla ainda teria dado uma “palhinha” privê pro prefeito, antes da festa oficial pro público.

Ainda de acordo com a reportagem, os motoristas dos ônibus estariam há dois meses em receber salários.

Enquanto Luciano Genésio torrou quase meio milhão com uma festa no fim de semana, crianças e pais de famílias do município sofrem com a ingerência de Genésio.

Bomba!!!! Luís Fernando vai torrar quase R$ 2 milhões em propagandas

Esse valor será usado para pagar blogs, programas de rádio, jornais, programa de TV que veiculam matérias positivas sobre a Prefeitura de São José de Ribamar, entre outros serviços.

O prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), vai queimar uma verdadeira fortuna com publicidade, na tentativa de melhorar sua imagem, completamente desgastada desde que assumiu o município e vem autorizando diversas medidas impopulares, como a perseguição aos vendedores de peixe, e o tratamento ríspido contra moradores do Parque Jair, gravado no mês passado, quando o prefeito recebeu uma comissão que protestava contra o descaso e abandono do gestor ao bairro.

A empresa que vai faturar toda essa fortuna, é a AG10, do amigo de longas data do tucano, o publicitário Melchiades, responsável pelo bordão que estampava a TV Mirante todas as noites, no horário nobre, com  a musiquinha “São José de Ribamar, melhor para todas.”, quando Luís Fernando não economizava dinheiro para tentar vender uma boa imagem para todo o Estado, em busca da tão sonhada cadeira de Governador.

Ao preço de quase R$ 2 milhões, AG10 deverá tentar melhorar a péssima imagem do prefeito.

Agora, enfrentando uma onda de queda de popularidade, a AG10 receberá quase R$ 2 milhões de reais para tentar melhorar a popularidade do atual prefeito de São José de Ribamar.

O Extrato de Contrato foi publicado nesta segunda-feira, 04, na Edição número 126 do Diário Oficial do Municipio.

Com esse dinheiro todo, o prefeito de São José de Ribamar deixará de investir em educação, saúde e infraestrutura, e pagará altos valores para radialistas, blogueiros, jornais e emissoras de TV, para veiculação de noticias positivas da prefeitura.

Só pra se ter uma ideia, o valor do contrato é de R$ 1 milhão e 800 mil reais, valor que daria para comprar 11 Ambulâncias, mas ainda assim, o prefeito preferiu alugar apenas 4 ambulâncias para o município.

Eleições 2018: Pré-candidato a deputado estadual usa “ID Jovem” como bandeira na busca de votos.

Fiel ao grupo Sarney e grande defensor do presidente Michel Temer, Assis Filho deverá tentar uma vaga na Assembleia Legislativa, e assim, ganhar foro privilegiado contra ações que enfrenta na justiça.

Encontro do ex-assessor com o ex-chefe, durante evento que tinha como principal objetivo, mostrar o pré-candidato a deputado estadual para os “sarneystas” presentes.

O sarneysta Assis Filho (PMDB), que foi assessor do prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), durante o período que o gestor ocupou os cargos de Chefe da Casa Civil e Secretario de Infraestrutura do Governo Roseana Sarney (PMDB), e também era pré-candidato ao governo do estado, em 2014, iniciou sua peregrinação em busca de vitrine para tentar uma vaga na Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (04), durante o lançamento do ID Jovem, programa que estende benefícios estudantis, como meia-entrada, para jovens que não estudam.

Durante todo o evento, Luís Fernando não economizou elogios para exaltar seu ex-assessor, deixando no ar, caminhos livres para o grupo Sarney garimpar votos com o apoio de outros assessores “sarneystas” da atual gestão, entre eles, o ex-vereador Teté Vieira (PV), amigo e aliado político da família sarney.

Assis Filho e outros 186 “assessores” foram exonerados dos cargos que ocupavam no Governo do Estado, dias após a derrota do grupo Sarney nas eleições de 2014. Atualmente,  ocupa o cargo de Secretário Nacional da Juventude, uma espécie de prêmio dado pelo presidente Michel Temer (PMDB), pela fidelidade de anos ao PMDB.

O ID Jovem é uma grande conquista pra juventude, mas na prática, não deve mudar em quase nada a vida dos jovens ribamarenses. Porém, foi a única bandeira encontrada pelo ex-brogueiro sarneysta para percorrer o Maranhão em busca de vitrine e acordo que resultem em voto.

Em São José de Ribamar, Assis se sentiu em casa, cercado de militantes do grupo Sarney, certamente receberá o apoio que espera.

Quem não deve gostar muito dessa história é o Governador Flávio Dino (PCdoB), que deverá ficar de olho nas movimentações de Luís Fernando, que já abandonou um grupo às vésperas das eleições

Entenda o que é o ID Jovem

A ID Jovem é destinada às pessoas com idade entre 15 e 29 anos (estudante ou não), pertencentes à família com renda mensal de até dois salários mínimos e inscritos no Cadastro Único do Governo Federal, com informações atualizadas há pelo menos 24 meses. Ou seja, se na sua casa, três pessoas trabalham e ganham, cada uma, um salário mínimo, já está excluída do programa.

Se a renda está dentro do requisito, mas a inscrição no Cadastro Ùnico foi realizada recentemente, também não pode, já que a exigência é de 24 meses.

Os únicos benefícios são, desconto aos eventos de cultura, lazer e esporte, o que já é garantido para estudantes com carteira estudantil.

Outro beneficio é o transporte interestadual de ônibus, trem ou embarcação. Viagens dentro do Maranhão não vale, já que o beneficio é exclusivamente interestadual.

São reservadas 02 vagas gratuitas por viagem, e se esgotadas essas duas vagas, serão disponibilizadas mais 02 vagas com desconto de 50%. Para se obter o desconto, deve se tentar a reserva até 03 horas antes do embarque.

O transporte tem que ser interestadual, ou seja, entre estados diferentes. Não vale para deslocamentos entre municípios ou dentro do município.

Os discursos ficaram na seara política, e muitos jovens saíram do evento achando que teriam muitos benefícios, sem imaginar que pelo menos aqui, poucos saberão de verdade o real beneficio da vinda do pré-candidato.

Em Barreirinhas, três motoristas do transporte escolar não tem CNH.

Na manhã do dia 1º de setembro, o Ministério Público do Maranhão (MPMA) – após inspeção no transporte escolar para alunos da Unidade Integrada Domingos da Silva Reis, localizada no povoado Palmeiras dos Reis, zona rural de Barreirinhas – constatou que três dos cinco motoristas, que realizam o serviço na região, não possuem Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A operação foi coordenada pelo promotor de justiça substituto de Barreirinhas, Guilherme Goulart Soares.

Os três condutores inabilitados foram autuados em flagrante por cometimento de crimes de trânsito previstos no artigo 309 do Código de Trânsito Brasileiro (Lei nº 9.503/97). A pena prevista é de detenção de seis meses a um ano ou multa.

Na ocasião, os motoristas foram conduzidos à Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos.

Após a vistoria, o promotor de justiça enviou ofício para a Prefeitura Municipal de Barreirinhas relatando os fatos e solicitando que fosse providenciado transporte escolar regular para as crianças e adolescentes da Unidade Integrada Domingos da Silva Reis.

O Ministério Público irá apurar as responsabilidades dos gestores municipais, bem como dos responsáveis por realizar o serviço de transporte escolar no município.

Marlon Torres tem 180 dias para criar Sistema de Defesa do Consumidor em Passagem Franca

O Ministério Público do Maranhão firmou, em 29 de agosto, Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Município de Passagem Franca e o Poder Legislativo municipal com o objetivo de criar o Sistema Municipal de Defesa do Consumidor.

O acordo foi assinado pelo titular da Promotoria de Justiça de Passagem Franca, Carlos Allan da Costa Siqueira; pelo coordenador do Centro de Apoio Operacional do Consumidor do MPMA, Nacor Paulo dos Santos; pelo prefeito Marlon Saba de Torres; pelo presidente da Câmara Municipal, João Batista Silveira, e pelos vereadores Camila Cardoso Guimarães, Raimundo Augusto Coelho Junior e João Bosco Lopes.

O TAC estabeleceu o prazo de 180 dias para o prefeito encaminhar projeto de lei à Câmara de Vereadores com o intuito de criar o Sistema Municipal de Defesa do Consumidor (Procon, Conselho Municipal de Defesa do Consumidor e Fundo Municipal de Defesa do Consumidor). O Poder Legislativo se comprometeu a apreciar o projeto no prazo máximo de 90 dias.

Após a aprovação, o Poder Executivo municipal deve, ainda, fornecer a estrutura, instalar e colocar em funcionamento os órgãos criados, no prazo de 180 dias.

Em caso de descumprimento, parcial ou total do TAC, será cobrada multa diária de R$ 500. Os valores serão revertidos ao Fundo Estadual de Direitos Difusos.

EDUCAÇÃO FINANCEIRA

Também ficou acertado, em outro acordo, firmado na mesma data, a adesão da Prefeitura de Passagem Franca ao projeto “Educação financeira: instrumento de cidadania”, de iniciativa do Ministério Público. A ação anual será efetivada nas escolas da rede municipal pública de ensino, com a escolha da melhor redação sobre o tema “Como administrar o meu dinheiro”.

O terceiro TAC trata da implantação do Programa Banda Larga nas Escolas (PBLE), cujo objetivo é conectar todas as escolas públicas urbanas à internet. O programa do Governo Federal prevê a instalação de infraestrutura de rede para suporte de conexão de alta velocidade.

O Município se comprometeu a estruturar todas as escolas públicas municipais de ensino, no prazo de 180 dias, para receber os serviços do PBLE. Em caso de descumprimento, incidirá multa diária de R$ 500.

Alunos são obrigados a empurrar ônibus escolar após acidente em São José de Ribamar.

Após momentos de pânico, alunos são obrigados a empurrar veiculo que se envolveu em acidente.

Crianças da rede municipal de ensino do município de São José de Ribamar passaram por momentos de pânico, na manha desta terça-feira, 05, na sede do município. Segundo testemunhas, o ônibus escolar desceu a Rua de Santana completamente desgovernado até invadir a calçada de uma residência.

Logo após o acidente, que deixou dezenas de alunos que eram transportados completamente em pânico, a primeira medida adotada pelos responsáveis foi obrigar os alunos a empurrar o ônibus para retirá-lo do local do acidente.

Felizmente, nenhuma criança ficou ferida, apenas um grande susto e danos materiais no ônibus e na residência.

Em um grupo de whatsApp, o Assessor de Comunicação da Secretaria de Transito do Município, o blogueiro Nunes Colunista, se pronunciou sobre o ocorrido.

“A prefeitura não tem culpa da imprudência desse motorista. Além de irresponsável por usar alunos para empurrar o veiculo. Assim como todos os profissionais, ele com certeza passou por vários procedimentos para conduzir um ônibus. Mas infelizmente não houve um cuidado por parte do mesmo. Vamos analisar o caso em tela, mas saber discorrer também com responsabilidade e responsabilizar a quem é de fato o culpado. Até eu fiquei puto com esse cidadão!” Desabafou o assessor da prefeitura.

Esse é o segundo caso de acidente envolvendo ônibus da rede municipal de ensino em menos de quatro meses. Em maio, um veiculo com 45 alunos chegou a capotar.

Internautas denunciam diariamente que a atual gestão, do prefeito Luís Fernando não vem fiscalizando o transporte escolar, e que em diversos bairros, crianças são obrigadas a se espremer em ônibus completamente lotados.

Ex-prefeito de Itapecuru Mirim vira alvo de ação por Improbidade Administrativa.

O Ministério Público do Maranhão ajuizou, na última terça-feira, 29, Ação Civil Pública por improbidade administrativa contra o ex-prefeito de Itapecuru-Mirim (2013-2016), Magno Rogério Siqueira Amorim, e os ex-secretários de Educação do município, Elisângela Maria Marinho Pereira e Pedro Lopes Everton.

A ação se baseou no Inquérito Civil nº 11/2015, que apurou várias irregularidades na oferta de merenda escolar das escolas municipais. Foram identificados entre os itens das refeições oferecidas aos alunos alimentos inadequados para a saúde nutricional das crianças, como salsicha congelada e linguiça tipo calabresa.

A promotora de justiça Flávia Valéria Nava Silva, titular da 1ª Promotoria de Itapecuru-Mirim, respondendo pela 3ª Promotoria, especializada na defesa da educação, determinou a realização de inspeções in loco, quando foram constatadas as irregularidades.

Diante dos problemas identificados, o Ministério Público requisitou à Secretaria Municipal de Educação a retirada da linguiça calabresa do cardápio, item proibido na merenda escolar. “Mesmo com reiterados ofícios expedidos ao então secretário de educação, Pedro Lopes Everton, para que demonstrasse a substituição do referido item proibido, não se obteve resposta”, informou a promotora.

Para a representante do Ministério Público, o ex-prefeito e os ex-secretários municipais praticaram ato de improbidade administrativa, pois, “dolosamente, agiram com consciência e vontade próprias, no fornecimento de merenda escolar contendo alimentos inadequados à saúde nutricional das crianças, atentando ainda contra princípios da administração pública”.

PENALIDADES

Como punição aos gestores acionados, foram requeridas as seguintes penalidades, com base na Lei nº 8.429/92, que trata da improbidade administrativa: perda do cargo público que estiver exercendo no momento da condenação; suspensão dos direitos políticos, por cinco anos; proibição de contratar com Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, pelo prazo de três anos, mais o pagamento de multa civil no valor de 100 vezes o valor da remuneração percebida pelo réu quando do exercício do cargo à época dos fatos.

Bomba! Assessor de Luís Fernando incita Núbia Dutra a praticar homicídio.

Se não bastasse o clima de medo e perseguição instalado em São José de Ribamar, agora, o assessor do prefeito Luís Fernando (PSDB), o ex-blogueiro Davi “Levandowsky” Pereira Silva, que já é réu em três processos no Juizado Criminal, resolveu usar um grupo de whatsapp da cidade para incentivar a primeira-dama de Paço do Lumiar, Núbia Dutra, a cometer homicídio.

Na tarde deste sábado, 02, o assessor fez um comentário infeliz e criminoso, durante debate sobre a redução da tarifa de água e esgoto. Exaltado, Davi Silva não poupou palavras para dizer o que, na sua opinião, Núbia deveria fazer.

“Núbia devia meter uma bala na cabeça de quem trouxe a Odebrecht para Ribamar. Um dia bem próximo, essa história vai ser esclarecida.” Incentivou Davi, em postagem no grupo de whatsApp, que entre os mais de 230 participantes, estão vários secretários e vereadores do município, o vice-prefeito Eudes Sampaio, e até o prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB).

Davi não deixa claro contra quem ele quer que Núbia desfira um tiro na cabeça, porém, ao fazer a infeliz postagem, poderá ser enquadrado nos crimes previstos nos Artigos 286 e 287 do Código Penal.

Diante da gravidade do fato, o advogado Edson Júnior chegou a alertar o inexperiente assessor do Prefeito Luís Fernando.

“Apologia de crime e incitação a violência são crimes previstos no Código Penal.” Alertou o advogado.

O marido de Núbia Dutra, que participa do grupo, entendendo a gravidade do comentário do jovem assessor, preferiu ficar em silêncio.

Decisão de um dos processos criminais no qual Davi é réu.

Atualmente, o assessor Davi Silva, lotado na Assessoria de Comunicação, cumpre pena restritiva de direito com prazo de 02 anos e é proibido de freqüentar alguns locais, entre eles, bares prostíbulos e boca de fumo, além de não poder se ausentar por mais de 30 dias da comarca, tem que comparecer todos os meses ao Fórum para prestar esclarecimentos sobre suas atividades.

Davi também é réu em mais dois processos penais com audiências previstas para acontecer ainda este mês, e, depois dessa, poderá acumular o quarto processo criminal.

Já Núbia Dutra, advogada por formação, provavelmente não dará ouvidos ao Assessor do Prefeito de São José de Ribamar.