Luís Fernando trocou R$ 500 mil em “asfalto” por R$ 200 mil para “brincar com maisena”

Prefeito de São José de Ribamar trocou R$ 500 mil em asfalto por R$ 200 mil pro carnaval

Com o título “Carnaval da Reconstrução”, o prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silvas (PSDB), fez um péssimo negócio para o município. Quem acompanha as publicações do Diário Oficial do Estado do Maranhão, conferiu mais uma lambança da nova gestão Luís Fernando.

Na calada da noite, e sem dar nenhuma publicidade, o prefeito de São José de Ribamar negociou junto ao Governo do Estado, apoio para pagar as bandas e blocos que iriam se apresentar no município durante as festas de Carnaval e Lava Pratos, e para garantir o maior valor pago para os municípios, Luís Fernando aceitou perder R$ 500 mil que seriam investidos em asfalto e infraestrutura em troca de R$ 200 mil para pagar o carnaval.

Como pode ser conferido, foi cancelado R$ 500 mil que seriam aplicados na infraestrutura de São José de Ribamar.

O negócio da china foi publicado no Diário Oficial do último dia 24, em plena sexta-feira de Carnaval.

Em troca dos R$ 500 mil em asfalto que Luís Fernando abriu mão, recebeu R$ 200 mil para pagar bandas e blocos de carnaval.

Para bom entendedor, o prefeito de São José de Ribamar, trocou, na calada da noite e sem ninguém saber, R$ 500 mil em asfalto, que poderiam ser usados para pavimentar dezenas de ruas, por R$ 200 mil, que garantiu o pagamento de blocos de aliados, e caches de ex-candidatos do seu grupo político, caso do cantor Gargamel e os Smurfs. Tudo regado a muita maisena.

Qualidade do asfalto colocado em São José de Ribamar lembra “Maizena”, se derrete com a água da chuva.

O que mais chamou a atenção, foi o deboche com que foi tratado o assunto, já que o recurso do asfalto foi trocado por dinheiro para festas, Luís Fernando brinca com a palavra “Reconstrução”, e tirou dinheiro, exatamente de onde ele poderia usar para construir, e usou para o carnaval.

Derreteu

A qualidade do Asfalto aplicado em São José de RIbamar nos dois meses da gestão Luís Fernando tem sido motivo de reclamação para moradores, na foto ao lado, como pode ser visto, bastou a primeira chuva para o asfalto, colocado no inicio de fevereiro, se desmanchar todo, lembrando muito o que acontece com a maisena quando vê água.

Em Pedreiras, prefeito não aceita atraso de Herton Rá, e manda cantor sair do palco.

O cantor Herton Rá pegou em fio pelado lá em Pedreiras. Com um busão chique, como diz o povo, o cantor tava se achando a estrela do carnaval da Bahia, em cada cidade que se apresentava, tinha que ter aquela horinha de atraso pra ganhar ibope, até que ele recebeu o ibope em Pedreiras.

Na primeira noite de carnaval, na madrugada de sábado para domingo, o prefeito da cidade já tinha orientado seus auxiliares a tratar o carnaval com excelência, para que o povo desse nota dez.

Na programação, o cantor Herton Rá deveria se apresentar às 01h30 pontualmente, como tinha programado com a organização do carnaval. Em decorrência de outros shows em cidades próximas, acabou chegando as 2h30 da madrugada, para começar a arrumar os instrumentos e passar o som.

O prefeito Antônio França, que já tava pisando de um lado pro outro por causa do atraso, não pensou duas vezes, subiu no palco enquanto os músicos arrumavam os instrumentos pra estrela, pegou o microfone e disparou pra quem quisesse ouvir.

“Eu não vou aceitar que ele suba nesse palco depois de tanto atraso para cantar só uma hora pelo dinheiro; tem que respeitar o nosso carnaval. Liga o paredão ai que já está contratado para tocar pra gente”, disse o prefeito arretado.

O público foi a loucura com Antônio França. Herton Rá ouviu o esculacho e se retirou do Corredor da Folia de Pedreiras.

A informação vem do meu amigo que sabe de tudo, o blogueiro estourado Carlinhos Filho.

PUBLICIDADE:

Após polêmica, Chicabana deve animar o carnaval de Santo Antônio dos Lopes

A prefeitura de Santo Antonio dos Lopes, enfim, divulgou a programação do carnaval, que envolveu duas polêmicas aqui no blog Ribamais, Veja a primeira aqui e a outra aqui.

O Secretário Municipal de Cultura, Nonato DJ, ressaltou que tudo está sendo feito dentro do prazo estabelecido pela comissão organizadora, e que no sábado (25) o espaço estará devidamente pronto para a grande festa.

“À população pode ficar tranquila com relação a preparação do corredor da folia, já estamos finalizando a instalação das barracas de vendas ao público, de atendimento de saúde, segurança, banheiros químicos e montagem do palco, tudo está sendo feito de acordo com o nosso planejamento que é de oferecer conforto e comodidade aos foliões e trabalhadores do local.” Afirmou o secretário.

O corredor da folia ganhou pavimentação asfáltica, iluminação adequada e no sábado estará com tudo pronto para começar o carnaval mais aguardado dos últimos anos, como explica o secretário de comunicação Afonso Neto, que disse.

“Sabemos da grande expectativa do povo de Santo Antônio dos Lopes e região em torno do nosso carnaval, por isso estamos trabalhando com muito carinho e determinação para que tudo saia dentro daquilo que o nosso povo merece, vamos dar apoio total aos foliões, e a segurança vai ser prioridade durante os quatro dias de festa.” Afirmou o secretário.

Sem segurança, São José de Ribamar deve ter o carnaval mais violento da história.

Luís Fernando cancelou o apoio de mais de 800 homens da segurança privada.

O prefeito Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), anunciou na última sexta-feira (10), o planejamento do Carnaval e Lava Pratos 2017. A prefeitura deve repetir o mesmo formato dos últimos anos, mas uma mudança está causando muita preocupação na população e nos comerciantes locais. O prefeito Luís Fernando cancelou a participação da Segurança Privada nas festividades deste ano.

O anunciou vai na contra-mão do que vem sendo adotado por gestores em todas as cidades do Maranhão, e até mesmo, no município, que há dez anos usa esse planejamento, com segurança privada, que, garantiu nos últimos anos, registro  zero de homicídios em eventos de carnaval realizados pela prefeitura.

O vereador Osvaldo Brandão (PMDB), se mostrou muito preocupado com o que pode acontecer.

Vereador Osvaldo Brandão, contrário a decisão do prefeito Luís Fernando

“Acho que será o carnaval mais violento de todos os tempos, pois sem o pessoal de apoio, ficará mais vulnerável a passagem de armas. Vale lembrar que a Guarda Municipal nunca fez esse serviço de montagem de barreiras disciplinadoras para abordagem e revista em eventos de grande porte, como é feito todos os anos  Além disso, a Policia Militar, que sempre vem numa quantidade insuficiente de homens, só chegam depois das 19hs. Vou repetir, sem o pessoal de apoio, o carnaval de Ribamar não é seguro.” Disse o Parlamentar.

Osvaldo também se mostrou indignado, pois são cerca de 900 homens que trabalham todos os anos nesse período, e isso já acontece há 10 anos.

“São quase mil pais de famílias que esperam esse período para levar o sustento pra casa, com essa medida, Luís Fernando tira o pão do prato do pai de família, e deixa a arma chegar nas festas de Ribamar. Isso é um absurdo, e peço aqui que o prefeito reveja essa medida infeliz tomada por ele.” Desabafou Osvaldo.

Medidas de seguranças com números ilusionistas.

Segundo release divulgado pela prefeitura de São José de Ribamar, 500 homens farão a segurança do carnaval, e 80 viaturas darão o apoio necessários. Conversamos com policiais e especialistas, que nos explicaram como são os números reais.

500 homens na verdade são 500 plantões, ou seja, por dia, 2 plantões completam 1 dia, o que dá a quantidade de 250 homens, serão 4 dias de carnaval, sendo assim, serão cerca de 60 homens por dia, espalhados por 8 circuitos, o que garantirá em média, 8 policiais por circuito. Como alguns circuitos só acontecem 1 dia, esse número de policiais pode subir para até 20. Mas no caso do circuito da sede, 20 policiais para uma publico de quase 100 mil pessoas é como se não houvesse policiamento.

Carnaval sem segurança privada deve ser o mais violento da história

“Em relação a viatura, imaginar que teremos 80 viaturas policiais todos os dias na nossa cidade é acreditar em um sonho impossível. Nem o almoço que é servido presta, imagina essa historia de viaturas.” Afirmou um PM.

A população está insegura e temerosa, o que deve fazer do carnaval desse ano, um grande fracasso ou pior, uma grande tragédia.

“O prefeito anunciou que vai gastar meio milhão de reais com blocos, e tira o principal que é a segurança, isso é um absurdo, duvido ele cancelar a segurança privada dele.” Desafiou José Trindade, brincante de bloco.

Prefeitura de São Luís garantirá segurança no Carnaval com PM, Guarda Municipal e Segurança Privada.

Começou a montagem da estrutura da passarela.

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), deu início, no último fim de semana, à execução da montagem da estrutura da Passarela do Samba para o Carnaval 2017, feito em parceria com o Governo do Estado. O local está sendo preparado para os desfiles das agremiações e a entrada dos foliões será gratuita. Os ingressos deverão ser retirados no local, a partir das 16h, a cada dia de programação.

O secretário municipal de cultura, Marlon Botão, destaca que a gestão do prefeito Edivaldo está empenhada em fazer com que as festas de Momo na capital ocorram da melhor forma possível. “Mesmo com as difuculdades financeiras enfrentadas por boa parte dos municípios brasileiros, o prefeito Edivaldo vem cumprindo seu compromisso com a cultura popular e aí incluímos o Carnaval de Passarela. A montagem da estrutura está ocorrendo dentro do prazo previsto. Temos também a importante parceria com o Governo do Estado. Com certeza, teremos uma grande festa”, diz Marlon Botão.

“O carnaval do Maranhão é muito diverso e os desfiles na Passarela do Samba fazem parte dessa maravilhosa tradição, que se junta aos Blocos Tradicionais, Blocos alternativos, turmas de samba e muito mais. por isso, entramos novamente nessa parceria com a Prefeitura de São Luís para garantir esse grande espetáculo apreciado por ludovicenses e turistas nos cinco dias de carnaval”, destacou o secretário de Estado da Cultura e Turismo, Diego Galdino.

A Passarela será um dos principais pontos de concentração dos foliões da cidade, que acompanharão os desfiles e o concurso de escolas de samba, blocos tradicionais, blocos organizados, blocos afro, tribos de índio e demais agremiações.  A programação está integrada ao “Carnaval de Todos”, sendo, assim, realização conjunta da Prefeitura de São Luís e do Governo do Maranhão. A estrutura contará com serviços diversos na área de segurança, saúde, limpeza, meio ambiente, vigilância sanitária, trânsito e transportes, turismo, além de campanhas preventivas na área de saúde e trânsito seguro. A intenção é também movimentar a economia da cultura local e o turismo no setor.

Com 200 metros de pista na área do Anel Viário, a Passarela contará com toda a infraestrutura necessária à realização do Carnaval. No local, também serão instalados banheiros químicos, central de atendimento de urgência/saúde, iluminação, som, barracas de bebidas e comidas em seu entorno, área de concentração de agremiações, arquibancadas e camarotes.

Este ano, o espaço conta com modificações para garantir melhor segurança nos setores de arquibancadas, que terão duas saídas de emergência e uma grande área chamada de “Espaço Folia”, com capacidade para 1.200 pessoas por dia, para os foliões que desejarem ficar mais perto das agremiações durante o desfile.

A estrutura tem capacidade de público de 9 mil pessoas e conta com 22 camarotes para 20 pessoas cada; espaço institucional para 140 pessoas; 27 cabines de jurados; espaço com acessibilidade destinado à pessoas com deficiência, baixa mobilidade e idosos, com capacidade para 500 pessoas; e seis arquibancadas com um total de 3 mil lugares.

 

SERVIÇOS

Para garantir a segurança dos visitantes, será destacado efetivo policial disponibilizado pelas Secretarias de Segurança do Estado (SSPMA) e Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), além de contratação de empresa de segurança privada. No entorno da passarela serão distribuídos 100 banheiros ecológicos e cinco barracas credenciadas que comercializarão produtos com ambulantes capacitados para a manipulação e manejo de alimentos e venda de bebidas. Todo comércio informal será fiscalizado por agentes da Blitz Urbana, Vigilância Sanitária e equipe da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa).

Um posto de atendimento da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) ficará de plantão durante todo o evento oferecendo atendimento básico de saúde, além de testes de prevenção e serviços de prevenção contra doenças sexualmente transmissíveis.

DESFILES

A programação dos desfiles tem início sexta-feira (24), sempre a partir das 18h, com desfile dos blocos tradicionais do grupo B. No sábado (25), é a vez do desfile dos blocos tradicionais do grupo A. As turmas de samba abrem os desfiles do domingo (26) e, em seguida, acontece a primeira noite do desfile dos blocos organizados e das escolas de samba.

Na segunda de Carnaval (27), desfilam as alegorias de rua, blocos organizados e escolas de samba. Na terça-feira (28), a passarela será palco do encerramento oficial do período carnavalesco, com desfile de tribos de índio, cortejo de blocos afro e um baile popular com a participação de grandes nomes da folia carnavalesca.

A acertada decisão de cancelar o carnaval deste ano em Itapecuru-Mirim

A Câmara de Vereadores do Município de Itapecuru-Mirim, realizou ontem (9), audiência pública que tratou do cancelamento das festas de carnaval que tradicionalmente são promovidas pela Prefeitura Municipal. Participaram da audiência, os vereadores da cidade, o prefeito Miguel Lauande (PRB), a promotora Dra. Flávia Valéria Nava, representantes da Policia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Associação dos Barraqueiros, além de representantes dos blocos de carnaval, músicos e empresários locais.

Ao se pronunciar, Lauande reafirmou a importância das festividades, que nos outros mandados que exerceu, sempre foram tratados com excelência, mas justificou o cancelamento das festas carnavalescas apenas esse ano, atribuindo  a medida à herança de dividas deixadas pela gestão passada.

A Promotora de Justiça de Itapecuru, Dra Flávia Valéria Nava, parabenizou o Prefeito Miguel Lauande por ter apresentando um relatório minucioso da situação a qual o município se encontra, às vésperas das festas momescas. A promotora ainda afirmou, que em quase vinte anos atuando no Ministério Público, essa é a primeira vez que ela vê um gestor tomar tal atitude.

Nava se declarou favorável ao não uso de dinheiro público durante a “folia de momo”, afirmou que o Prefeito tinha sim o desejo de realizar a festa popular, mas que ele reconheceu que não havia condições financeiras, e pediu amadurecimento daqueles que ainda não entenderam que a medida do prefeito é provisória e beneficiará o município à curto prazo.

Todos que estavam presentes ouviram atentamente as colocações do Poder Público, e saíram conscientes de que a medida é excepcional, e que as demais festas tradicionais serão realizadas com planejamento, bem como os próximos carnavais.

O empresário Matias Rodas, aproveitou a audiência para, verbalmente, pedir ao prefeito, autorização para a realização das festividades de carnaval na extensão da avenida Gomes de Souza, com as devidas medidas de segurança e isenção das taxas exigidas pelo poder público, tendo em vista que a prefeitura não realizará o evento.

Júnior Marreca, não foi, não enviou representante, e nem emenda pro carnaval.

O deputado federal Júnior Marreca, que também é ex-prefeito da cidade não foi à audiência, nem representante enviou.

Muitos esperavam uma posição e Marreca, já que uma das alternativas, diante da crise financeira que assola os municípios, e, com as dividas herdadas da gestão passada, seria a sensibilidade do Deputado Federal Júnior Marreca, que poderia ter enviado emenda para realização do carnaval, medida essa que não foi feita.

Entramos em contato com o Deputado, que não quis responder às nossas perguntas. Até agora, os munícipes ainda não sabem pra que Júnior Marreca foi eleito, afinal, nada foi feito que beneficiasse o município.

Ex-prefeito é acusado de irregularidades em outros carnavais

Em maio de 2015, o Ministério Público Estadual ajuizou Ação Civil Pública, por irregularidades no carnaval, na qual, o promotor Benedito Coroba pediu o bloqueio dos bens no valor de R$ 1.105.000,00 ( Um milhão e cento e cinco mil reais ), incluindo imóveis e automóveis do ex-prefeito Magno Amorim.

O valor é referente à contratação de 14 bandas que animaram o carnaval de 2013, e foram contratadas irregularmente. O promotor também encontrou irregularidade no contrato de R$ 397 mil reais, celebrado com a empresa AJF e que teria por finalidade, pagar as estruturas de palco, sonorização, iluminação e camarote, mas, a segunda irregularidade não entrou na Ação.

A Ação ainda tramita na justiça, e se condenado, o ex-prefeito deverá pagar multa civil no valor de R$ 2 milhões e 210 mil reais, além de ressarcimento ao município de Itapecuru-Mirim no valor de R$ 1 milhão e 105 mil reais.

Prefeitura de Paço do Lumiar promoverá concurso de carros decorados durante carnaval.

A Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, lançou na última terça-feira (01), edital para o I CORSO DO MAIOBÃO (Desfile de caminhões e veículos decorados). As inscrições podem ser feitas até o dia 24 de fevereiro. A ideia é reinventar tradições e abrir o carnaval da Cidade de Paço do Lumiar em grande estilo.

O Desfile do Corso, acontecerá na sexta-feira de carnaval, a partir das 16h tendo como ponto de partida a avenida principal do Cidade Verde, em direção ao Conjunto Maiobão.

Na Praça do Viva, a Comissão de jurados estará presente para analisar a passagem dos veículos, que pontuarão os critérios: TEMA, CRIATIVIDADE E ANIMAÇÃO. Vale a pena ressaltar que, o tamanho do veículo não pontua, qualquer cidadão poderá participar, desde o tradicional fusquinha criativa a um caminhão.

O primeiro lugar levará um troféu mais o incentivo de R$ 2.000,00; o segundo lugar receberá um troféu mais R$ 1.000,00; e por fim, o terceiro lugar levará um troféu mais R$ 500,00.

O edital já está disponível na Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, situada na Avenida 4, próximo ao Convento, no Conjunto Maiobão, ou no site da Prefeitura. http://www.pacodolumiar.ma.gov.br

Talita Laci traça metas para fomentar a cultura, e começará dando total apoio ao carnaval.

Talita A prefeita Talita Laci (PCdoB) aproveitou o final de semana para junto com a nova equipe da secretaria de Cultura traçar planos e metas, fomentar políticas públicas culturais no município de Raposa.

Para o secretário Roberto Oliveira Saldanha da Silva, o Oliveira da Ducel, gerenciar a pasta da cultura é uma novidade empolgante. “Tenho experiência administrativa, e o que me deixa um tanto mais confortável é saber que também temos pessoas capacitadas que irão nos auxiliar a gerir de forma estratégica e sempre buscando resultados nessa secretaria.”, comentou o titular da pasta.

Pantaleão Antônio de Azevedo Filho, o Biscoito Azevedo, escolhido como secretário adjunto, disse durante o encontro que nos próximos quatro anos espera contribuir decisivamente para o desenvolvimento da cultura raposense.

“Nossa ideia é trabalhar para o município de forma harmoniosa, a começar pelo carnaval que se aproxima. Há anos nossa cidade não comemora as festividades tradicionais, pretendemos quebrar esse tabu. Comentou B.A.

Um dos nomes cotados para assumir a pasta, Jadiel Pimenta, também participou da reunião e explanou que sua contribuição na gestão Talita será em outra área, no entanto, não medirá esforços para colaborar com sua experiência no setor cultural. “Estou a disposição da prefeita para cooperar na gestão, independente da área, desejo sucesso a nova equipe, afirmou.

MA registra 2º maior índice de mortes em estradas no carnaval, diz PRF

prfradar1O Maranhão registrou o segundo maior número de mortes nas estradas federais que cortam o Estado, durante o carnaval em 2015, entre a sexta-feira (13) e quarta (18). O levantamento aponta que 47 acidentes foram registrados. Com relação aos números do ano passado, o número de mortes dobrou e o de acidentes caiu. O dado foi divulgado nessa quinta-feira (19) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Em 2014, a PRF registrou 53 acidentes, ante 47 deste ano, uma queda de cerca 11%. O número de mortes dobrou em relação ao ano passado, quando foram registradas cinco mortes. A quarta-feira de cinzas foi o dia que registrou mais mortes: quatro. Já a segunda-feira de carnaval não registrou nenhuma.

De acordo com o balanço da PRF, este ano, o Maranhão foi o 17º estado em número de acidentes no país e o segundo em número de mortes, empatado com o Distrito Federal. Minas Gerais foi o Estado que apresentou os números mais expressivos do país: 400 acidentes e 14 mortes.

Jovem é morto a pedradas e maizena no domingo de Carnaval

carnavalHugo Max da Cruz Castro, de 19 anos, foi morto a bala, pedradas e maizena no Barreto. Segundo a polícia, os tiros foram desferidos pelos homens conhecidos apenas como Dime, Júnior, Cabeça, Leozinho e Ruan. A vítima morreu no local, onde participava da festa momesca e os suspeitos fugiram. Há possibilidade de o crime ter sido motivado por comercialização de droga e disputa de território.

CARNAVAL SANGRENTO

No bairro Pedrinhas, a polícia registrou a morte de Gleidson Silva, de 21 anos, que foi executado dentro do seu quarto. O autor do crime fugiu e o inquérito policial será investigado pela delegacia de Polícia Civil do Maracanã.

Nas primeiras horas de ontem, um tiroteio dentro da Chopearia Gonçalves, na Cidade Olímpica, acabou resultando na morte de Felipe Matos dos Santos, de 21 anos. Ele ainda foi levado para o Hospital Municipal Clementino Moura, Socorrão II, na Cidade Operária, mas já chegou sem vida. Até o momento, a polícia não identificou os autores dos disparos.

Na madrugada de sábado para domingo, na Vila Luisão, também foi vítima de uma facada no peito Witalino Pinheiro, mais conhecido por ‘Italiano’, de 26 anos. De acordo com a polícia, um homem, identificado apenas como André é suspeito de desferir o golpe durante confusão em um bloco carnavalesco.

No João de Deus foi morto a bala Demerval Gleison Pereira Pimenta, de 35 anos, mas a polícia não informou o motivo do crime e não conseguiu prender o suspeito.

No começo da tarde de ontem, na Rua H, no Residencial Novo Horizonte, nas proximidades do ponto final das vans, homens não identificados, em um Corsa Classic prata, de placas não anotadas, dispararam vários tiros em plena via pública e atingiram o ex-presidiário Bruno Monteiro da Silva, de 28 anos, que morreu no local