Eleições 2018: Pré-candidato a deputado estadual usa “ID Jovem” como bandeira na busca de votos.

Fiel ao grupo Sarney e grande defensor do presidente Michel Temer, Assis Filho deverá tentar uma vaga na Assembleia Legislativa, e assim, ganhar foro privilegiado contra ações que enfrenta na justiça.

Encontro do ex-assessor com o ex-chefe, durante evento que tinha como principal objetivo, mostrar o pré-candidato a deputado estadual para os “sarneystas” presentes.

O sarneysta Assis Filho (PMDB), que foi assessor do prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), durante o período que o gestor ocupou os cargos de Chefe da Casa Civil e Secretario de Infraestrutura do Governo Roseana Sarney (PMDB), e também era pré-candidato ao governo do estado, em 2014, iniciou sua peregrinação em busca de vitrine para tentar uma vaga na Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (04), durante o lançamento do ID Jovem, programa que estende benefícios estudantis, como meia-entrada, para jovens que não estudam.

Durante todo o evento, Luís Fernando não economizou elogios para exaltar seu ex-assessor, deixando no ar, caminhos livres para o grupo Sarney garimpar votos com o apoio de outros assessores “sarneystas” da atual gestão, entre eles, o ex-vereador Teté Vieira (PV), amigo e aliado político da família sarney.

Assis Filho e outros 186 “assessores” foram exonerados dos cargos que ocupavam no Governo do Estado, dias após a derrota do grupo Sarney nas eleições de 2014. Atualmente,  ocupa o cargo de Secretário Nacional da Juventude, uma espécie de prêmio dado pelo presidente Michel Temer (PMDB), pela fidelidade de anos ao PMDB.

O ID Jovem é uma grande conquista pra juventude, mas na prática, não deve mudar em quase nada a vida dos jovens ribamarenses. Porém, foi a única bandeira encontrada pelo ex-brogueiro sarneysta para percorrer o Maranhão em busca de vitrine e acordo que resultem em voto.

Em São José de Ribamar, Assis se sentiu em casa, cercado de militantes do grupo Sarney, certamente receberá o apoio que espera.

Quem não deve gostar muito dessa história é o Governador Flávio Dino (PCdoB), que deverá ficar de olho nas movimentações de Luís Fernando, que já abandonou um grupo às vésperas das eleições

Entenda o que é o ID Jovem

A ID Jovem é destinada às pessoas com idade entre 15 e 29 anos (estudante ou não), pertencentes à família com renda mensal de até dois salários mínimos e inscritos no Cadastro Único do Governo Federal, com informações atualizadas há pelo menos 24 meses. Ou seja, se na sua casa, três pessoas trabalham e ganham, cada uma, um salário mínimo, já está excluída do programa.

Se a renda está dentro do requisito, mas a inscrição no Cadastro Ùnico foi realizada recentemente, também não pode, já que a exigência é de 24 meses.

Os únicos benefícios são, desconto aos eventos de cultura, lazer e esporte, o que já é garantido para estudantes com carteira estudantil.

Outro beneficio é o transporte interestadual de ônibus, trem ou embarcação. Viagens dentro do Maranhão não vale, já que o beneficio é exclusivamente interestadual.

São reservadas 02 vagas gratuitas por viagem, e se esgotadas essas duas vagas, serão disponibilizadas mais 02 vagas com desconto de 50%. Para se obter o desconto, deve se tentar a reserva até 03 horas antes do embarque.

O transporte tem que ser interestadual, ou seja, entre estados diferentes. Não vale para deslocamentos entre municípios ou dentro do município.

Os discursos ficaram na seara política, e muitos jovens saíram do evento achando que teriam muitos benefícios, sem imaginar que pelo menos aqui, poucos saberão de verdade o real beneficio da vinda do pré-candidato.

Eleições 2018: Fábio Braga aproveita aniversário para reunir sarneystas e “ex-sarneystas” em sua residência.

Aniversário ou primeiro Planeja 2018?

O deputado estadual Fábio Braga (SD), aproveitou seu aniversário para reunir em sua residência, sarneystas históricos. Entre os convidados, estavam os exs-prefeitos de São Luís e Imperatriz, Mauro Fecury e Sebastião Madeira e o ex-deputado Clóvis Fecury.

O que mais chamou a atenção foi a presença do prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), considerado ex-sarneysta, já que tem acompanhado todas as ações do Governador Flávio Dino (PCdoB), inclusive, batendo palmas de perto em inaugurações importantes do comunista.

O aniversário do parlamentar foi apenas uma desculpa, já que durante toda a noite, o grupo falou apenas de como será a eleição do ano que vem.

Entre uma conversa e outra, o assunto sempre voltava para uma eventual candidatura própria do PSDB, ou quem sabe, uma aliança com o partido da ex-Governadora Roseana Sarney (PMDB).

O campeão de votos em Codó, confirma que será candidato a deputado estadual.

Zito é reconhecido pelo belo trabalho que realizou em Codó e pela simplicidade.

O ex-prefeito Zito Rolim, que mais do que nunca, vive seu melhor momento na política municipal e de toda a Região dos Cocais, está decidido a disputar as eleições de 2018. Zito, que detém a maior votação da história de Codó, com mais de 25 mil votos na eleição de 2008, mantém sua popularidade, e atualmente, se dá o privilégio de escolher o melhor partido para disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa no ano que vem.

Conversamos com o ex-prefeito em Pedreiras, durante evento em apoio ao deputado federal Weverton Rocha (PDT), rumo ao senado. Lá, Zito confirmou que existe uma grande possibilidade de ingressar no PDT, mas que tudo precisa ser feito com cautela.

“Nossa nome para deputado estadual já está decido, agora falta escolher a legenda. O PDT é um excelente partido, mas ainda não está confirmado. Precisamos de cautela para dar tudo certo.” Confirmou o ex-prefeito de Codó.

Com o caminhar da reforma política, onde os cargos legislativos deixam de ter eleição proporcional, e passam a ser da forma distrital, onde os deputados mais bem votados serão eleitos, independentemente de coeficiente eleitoral, tudo indica que Zito está cada vez mais perto de anunciar sua filiação ao PDT.

A notícia de que Zito será candidato a deputado estadual deixou muita liderança do município com ciúme, já que tudo indica que o ex-prefeito baterá seu próprio recorde em 2018.

Votação dos principais nomes de Codó.

Em 2008, Zito obteve 25.267 votos, contra 23.075 do seu adversário Biné; em 2012, Zito foi reeleito prefeito com 23.075, enquanto Biné obteve 19509 e Francisco Nagib 7.754. Em 2016, com o apoio de Zito, Nagib triplico sua votação e foi eleito com 24.359 votos, contra 20.331 votos de Biné.

Eleições 2018: Levantamento aponta que apenas 1 dos possíveis candidatos ao Senado, está do lado do que pensa a população.

Apenas Weverton Rocha tem votado conforme indicadores do pensamento da população brasileira.

O levantamento feito com exclusividade pelo blog Ribamais, com base em pesquisa realizada pelo Ibope, as vésperas da sessão que decidiu pelo arquivamento do processo por corrupção contra Temer, e as ações dos senadores e deputados que pretendem disputar as eleições no próximo ano, revela que apenas um possível candidato, comunga com o pensamento da maioria da população.

O Ibope mostrou que 81% dos Brasileiros queriam que fosse aberto processo de investigação contra o Presidente Michel Temer, e, segundo os dados, 79% dos entrevistados afirmaram que, quem votasse a favor de Temer, seria corrupto também.

Na Câmara Federal, três deputados da bancada maranhense já demonstraram intensão em disputar uma vaga ao Senado; Sarney Filho (PV), Weverton Rocha (PDT) e José Reinaldo (PSB). Apenas Weverton Rocha votou contra Temer, e acompanhou o pensamento da maioria da população.

Outros nomes aparecem como pré-candidatos, entre eles, o do Senador Lobão (PMDB) e o do seu filho, o suplente de senador, Edinho Lobão (PMDB). Ambos, também acompanham o grupo de apoio a Temer, e em outra votação, a que autorizou a Reforma Trabalhista, foram contra o que pensa a maioria da população.

Na sessão da Câmara que aprovou a reforma, mais uma vez, apenas Weverton Rocha ficou do lado dos trabalhadores e votou contra a reforma que tirou direitos trabalhistas e fragilizou ainda mais o futuro da previdência pública.

Eleições 2018: Prefeito comunista revela articulação para Tema ser o vice-governador na chapa de Flávio Dino

O Prefeito de Pindaré Mirim, Henrique Salgado (PCdoB), revelou, durante o encontro político em apoio a pré-candidatura do Deputado Federal Weverton Rocha (PDT) ao senado, a articulação que está sendo feita para emplacar o nome do presidente da Famem na chapa do Governador Flávio Dino (PCdoB). O evento aconteceu no sábado (05), em Pedreiras, e reuniu mais de 40 prefeitos de várias regiões do Estado.

Durante sua fala, o comunista afirmou que irá somar todas as forças para eleger o Secretário de Articulação Política, Márcio Jerry (PCdoB), deputado federal.

Diante do presidente do seu partido, e de mais de 40 prefeitos, Salgado fez outra revelação. Anunciou que uma grande articulação para emplacar Tema, presidente da Famem, como vice-governador, na chapa que tentará a reeleição do Governador Flávio Dino.

Eu quero dizer a todos os nossos colegas, que nós vamos ainda mais, vamos lutar pela vice do Flávio Dino. Nós temos nome, nós vamos nos unir, e  desta vez vamos fazer um prefeito o vice. Nós temos mais de 100 prefeitos que apoiam essa candidatura e vamos fazer de Tema o vice de Flávio Dino.” Revelou o prefeito Henrique Salgado.

O presidente da Famem, Cleomar Tema (PSB), que estava no evento, saiu satisfeito com o pronunciamento do seu aliado.

Luís Fernando poderá disputar vaga para Deputado Federal e deixar prefeitura nas mãos do cearense Eudes Sampaio.

Luis Fernando poderá deixar a prefeitura para disputar votos com Gil Cutrim na corrida rumo à Câmara Federal

Exclusivo – Tudo indica que o prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), abandonará o barco mais uma vez. Enfrentando serias dificuldades em administrar a cidade, que agora tem uma população três vezes maior do que o município que comandou pela primeira vez em 2005, e com a obsessão em seu ex vice-prefeito, Gil Cutrim (PDT), Luís Fernando deverá deixar a prefeitura nas mãos do vice-prefeito, o cearense Eudes Sampaio (PTB), para disputar uma vaga na Câmara Federal.

A noticia foi dada na manha desta segunda-feira, 31, por um aliado do prefeito de São José de Ribamar, que acredita que Luís Fernando poderá tomar tal atitude movido apenas pela obsessão contra Gil Cutrim, traindo mais uma vez os eleitores.

Luís Fernando estaria disposto à ir pro racha contra o ex-prefeito Gil Cutrim. De acordo com o vereador, o próprio prefeito teria confessado que, caso Cutrim seja candidato a Deputado Federal, ele (Luis Fernando), estaria disposto a deixar a prefeitura para disputar uma vaga na Câmara Federal, e, movido exclusivamente pela obsessão e vaidade, ver quem teria mais votos.

O vereador pediu para não ter seu nome revelado, já que é aliado do ex-prefeito e do atual prefeito.

O cearense Eudes Sampaio já sonha com a saída de Luís Fernando .

“Essa obsessão de Luís Fernando tá virando uma loucura, tudo ele compara com Gil, chega até a nos deixar em sinuca de bico, porque somos amigos do ex-prefeito e do prefeito. Por último, durante um almoço, quando eu toquei na possibilidade de Gil ser eleito Deputado Federal, Luís Fernando atravessou a conversa e disse que no pau à pau, ele queria ver quem tem mais votos.” Disse o vereador.

Se Luís Fernando realmente deixar a prefeitura para disputar as eleições no ano que vem, será a segunda vez que deixará o cargo, o que poderá por fim a sua carreira política no município.

Do outro lado, Eudes Sampaio que não tem nenhuma expressão no município e carrega a antipatia da classe política, já vibra com a possibilidade de ganhar de mãos beijadas a prefeitura da terceira maior cidade do Estado.

Enquanto Luís Fernando não comunica a decisão ao seu grupo político, segue inaugurando obras executadas pelo ex-prefeito e participando de inaugurações de obras do Governo do Estado.

Eleições 2018: Pesquisa aponta derrota de Flávio Dino em São José de Ribamar

Em alguns eventos, a participação do prefeito Luís Fernando se resume à bater palmas para o Governador Flávio Dino.

Os dados divulgados pela pesquisa do Instituto Perfil mostram que Flávio Dino está indo de mal à pior em São José de Ribamar. Segundo a pesquisa, Roseana Sarney segue em primeiro lugar entre os eleitores ribamarenses com 23,7%, em segundo lugar, Eduardo Braide aparece com 18,6%, e apenas em terceiro lugar, o governador Flávio Dino, com 12,7%. Maura Jorge aparece em quarto lugar com 1,7%.

A pesquisa foi realizada no período de 14 a 16 deste mês e ouviu 1.558 pessoas. A margem de erro foi de 4,5% para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%.

Os números revelados pelo Instituto Perfil confirmam o que todo ribamarense já sabia, que o maior cabo eleitoral de Flávio Dino (PCdoB) em São José de Ribamar, o prefeito Luís Fernando (PSDB), também é seu maior inimigo.

Até 2014, por onde andava, Luís Fernando, à época, Secretário de Infraestrutura do Governo Roseana Sarney, e pré-candidato ao Governo, fazia questão de hostilizar o agora Governador Flávio Dino.

Foi Luís Fernando que batizou Flávio Dino e seus atuais secretários pela ridícula alcunha de “Turma do Gogó”, sem nunca sonhar que hoje seria o seu maior cabo-eleitoral, e que em alguns eventos, resumiria sua participação em apenas bater palmas para o Governador.

Outro fator que tem pesado muito, são os comissionados, que não medem palavras e não economizam forças para jogar o governador cada vez mais pra baixo.

Do alto ao baixo escalão, a gestão do prefeito Luís Fernando é formada por sarneystas declarados ou ocultos, conforme a conveniência. Em grupos de whatsApp é cada vez mais comum ver assessores de Luís Fernando fazendo chacota com o Governador.

E assim, o prefeito que foi eleito com 96% dos votos da população Ribamarense, misteriosamente age para garantir a derrota do Governador na cidade.

Agora lascou! Justiça abre inquérito contra Márcio Jerry por corrupção

A juíza Patrícia Marques Barbosa, da 4ª Vara Criminal de São Luís, autorizou a abertura de inquérito por corrupção passiva contra o secretário de Estado da Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, e contra a ex-assessora especial do Palácio dos Leões Simone Limeira, ambos do PCdoB.

A magistrada atendeu pedido da promotora Moema Viana Pereira, da 3ª Promotoria de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade, depois de uma representação dos deputados Sousa Neto (Pros) e Andrea Murad (PMDB) ter sido encaminhada pelo Ministério Público Federal (MPF) ao MP estadual.

A apuração está sob os cuidados da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor).

Limeira foi acusada pelo líder indígena Uirauchene Soares, de Grajaú, de haver cobrado propina para liberar pagamentos a uma empresa ligada a ele, que trabalha com transporte escolar indígena na região.

À época da denúncia, em julho de 2015, Soares comprovou dois depósitos de R$ 4 mil em uma conta da comunista. Ela disse que o primeiro depósito referia-se a um patrocínio para o carnaval de Grajaú  e que só tomou conhecimento do segundo depósito após o estouro do escândalo.

Jerry foi acusado, também por Uirauchene, de ter oferecido dinheiro pelo fim das manifestações de índios que acamparam em frente aos Palácio dos Leões e na Assembleia Legislativa em protesto contra os atrasos no pagamento do transporte escolar.

Ambos disseram já haver prestado esclarecimentos e negaram as acusações.

“Já prestei todos os esclarecimentos provando minha absoluta inocência diante das acusações feitas pelos deputados Sousa Neto e Andrea Murad”, destacou Simone Limeira.

Ela disse que também processou Uirauchene Soares. “Ajuizei ação penal por calúnia e difamação perante a Justiça Estadual contra o Sr. Uirauchene”, completou.

Márcio Jerry, por outro lado, considerou “absurdas” as acusações feitas pelos parlamentares, “baseadas em postagens de blogs”.

“O processo corre em segredo de Justiça. Já fui ouvido e demonstrei clara e cabalmente tratar-se de uma acusação absolutamente infundada, despropositada e absurda”, declarou.

As informações são do jornalista Gilberto Leda.

Pesquisas: Escutec aponta vitória de Roseana, e Palácio corre pra divulgar outro resultado.

Um fato no mínimo curioso aconteceu na manhã desta quarta-feira, 21. Foi só os primeiros números da tão esperada pesquisa do Instituto Escutec apontar vitória da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), para os blogueiros alinhados do Palácio, entrar em regime de plantão e  espalhar levantamento com vantagem utópica.

Pela manhã inteira, em mais de 80 grupos de whatsApp que o editor do blog Ribamais participa, de mais de 70 cidades diferentes, foi assim, alguém postava o resultado favorável à Roseana e logo em seguida um blogueiro guará-palaciano postava um resultado utópico de vitória de Flávio Dino com vantagem de 30%. Um verdadeiro plantão na blogosfera.

Pé no chão, uma das marcas da ex-governadora Roseana, ela teria optado por guardar os números para avaliação interna, ainda que em todos os cenários saísse vitoriosa, mas algo saiu errado e o levantamento vazou, pra desespero dos comunistas, que tiveram que espalhar uma pesquisa do Instituto Exata, que pouca gente tinha conhecimento.

Os números são tão utópicos, que alguns blogueiros falaram em vitória com margem de 30%, uma verdadeira piada.

Voltando pra coisa séria, os números que apontam a vitória de Roseana, estão muito próximo do verdadeiro cenário político no Estado.

Em um dos cenários, por exemplo, Roseana Sarney aparece com 32,9% das intenções de votos, seguida de Flávio Dino (PCdoB) com 25,9%, Eduardo Braide com 11,4%, Roberto Rocha com 6,6%, Maura Jorge com 2,5%, Nenhum deles 12,6% e NS/NR 8,1%.

Já no levantamento apresentado pelos blogueiros aliados do Palácio, o cenário aponta apenas Flavio Dino com 51% contra 28% de Roseana. Segundo o levantamento 16% anulariam nulo, em branco ou em nenhum dos dois, e 5% não sabem ou não responderam.

A conclusão diante da movimentação de blogueiros hoje pela manhã foi uma só, o maior medo de Flávio Dino é ter Roseana como adversária direta.

Marcio Jerry oficializa pré-candidatura durante ato em Paraibano

Cotado para ser o deputado federal mais bem votado da história do Maranhão, superando seu conterrâneo Carlos Brandão (PSDB), quando foi eleito após ter sido chefe da casa civil do Governo Zé Reinaldo, Márcio Jerry (PCdoB), que durante muito tempo militou no PT, escolheu o município de Paraibano, que é governado pelo amigo Zé Hélio (PT), para oficializar sua pré-candidatura.

 “Eu quero em primeiro lugar fazer o registro da importância desse momento e dizer a vocês que a partir de agora são cúmplices desta que é a primeira reunião que faço na condição de pré-candidato a Deputado Federal e que será inesquecível e daqui a vinte anos vou lembrar que foi em Paraibano, no dia dezessete de junho na casa do Zé Hélio que aconteceu esse momento” disse Márcio Jerry.

Márcio Jerry conseguiu reunir as maiores lideranças da região do sertão maranhense, entre elas, o prefeito de Mirador, Roni (PCdoB); de Fortuna,  Arlindo Filho (PDT); de Nova Iorque, Mayra Guimarães (PSL); ex-prefeito de São João dos Patos, Zé Mário entre dezenas de lideranças da região.

O blog Paraibano News foi o primeiro a divulgar a informação, que virou o assunto mais comentado nos bastidores da politica maranhense.