Quadrilha da APAE enriquece festa junina em Imperatriz

Forró pé de serra, gincana dos universitários e apresentações da quadrilha da APAE, Só Matutano, Cia Sotaque de Imperatriz, Boi da Mucuíba, show de Djalma Chaves e Junina Deus é Dez e Arrastapé fizeram parte da programação da segunda noite do “São João, a gente faz” na Avenida Beira Rio.

“Apaexonados na Roça foi um sonho que surgiu há exatamente 20 anos. Nessa época pouco se falava sobre inclusão. No entanto, a fundadora da APAE em Imperatriz, a saudosa Juracy já acreditava no potencial de cada aluno independente da sua deficiência. Os anos se passaram e a paixão pela quadrilha e danças culturais só cresceu. A APAE hoje conta com 25 pares de brincantes e seu o objetivo maior, além de trabalhar a coordenação motora, atenção, habilidades físicas, é o de incluir a pessoa com deficiência na sociedade. É importante lembrar que participam da quadrilha também amigos, familiares e até mesmo ex – alunos da instituição. Junho é sem dúvida a data mais esperada pelos alunos, é onde a nossa casa se enche de cor e música, uma verdadeira festa”; explicou a professora Valéria Ferreira.

A quadrilha Arrastapé também anima os brincantes do São João organizado Fundação Cultural de Imperatriz (FCI). “Nossa quadrilha teve inicio no ano de 1999 no bairro Juçara e desde então vem fomentando a cultura junina na cidade, incentivando seus componentes à valorização da rica cultura nordestina, e levando para as pessoas a alegria dos espetáculos juninos sempre inovadores. Desde o ano de 2009, a quadrilha saiu do estilo matuto de dançar quadrilha e se estilizou levando para o tablado espetáculos grandiosos e contemporâneos com temas e enredos, verdadeiros musicais que impressionam desde a roupa ao cenário, trazendo um estilo único que faz da arrasta-pé , um sucesso por onde passa”; explicou Laedson Brito, da organização da Arrastapé.

Em 2017, a quadrilha Arrastapé faz uma grande homenagem a Imperatriz com emoção e comédia, mesclando dança e repertório dos brincantes e dançarinos. Como título, a junina traz “Bem vindos a cidade da alegria”, contando e homenageando a cultura, os lugares, a culinária, as lendas e as historias do povo da segunda maior cidade do estado do Maranhão.

Assis Ramos garante ampliação de atendimentos odontológicos em Imperatriz

A Prefeitura de Imperatriz renovou esta semana, dia 30, o convênio com a unidade móvel do Sesc, que oferece serviços gratuitos de prevenção e saúde bucal, a OdontoSesc, estacionada no pátio do Palácio do Comércio. Com a assinatura do contrato, os atendimentos odontológicos já foram iniciados e devem atender cerca de 250 pessoas por semana, nos próximos três meses. Os horários são agendados e somente os pacientes encaminhados serão recebidos pela equipe.

Na solenidade, presentes o prefeito Assis Ramos; o secretário de Saúde, Alair Firmiano; o secretário de Desenvolvimento Econômico, Eduardo Soares; o vice-presidente do Conselho Regional do Sesc Maranhão, Vilson Estácio Maia; e a diretora, Remédios Pereira.

A unidade móvel oferece os serviços de tratamento de cárie, extração, limpeza e aplicação de flúor. Cirurgias mais complexas, como periodontia, e tratamentos de canais são encaminhadas para o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) do município. O atendimento, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, recebe diariamente 48 pacientes cadastrados e duas emergências clínicas, caso apareçam. Os interessados devem se cadastrar com os Agentes Comunitários de Saúde (ACS), no Sindicato do Comércio e Indústria (Sindicom) e Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII).

De acordo com o secretário, para o funcionamento do projeto, a Prefeitura disponibiliza uma auxiliar de serviços gerais, dois odontólogos e quatro auxiliares de saúde bucal. “O convênio é muito proveitoso e beneficia diretamente a população, porque está atendendo as pessoas de áreas onde ainda não temos cobertura total, facilitando assim o acesso dos usuários do SUS ao atendimento” – ressalta Alair Firmiano.

Para priorizar estas áreas, foi feito o mapeamento pelos ACS, junto a Atenção Básica e a coordenação de Saúde Bucal, para detectar os setores com maior demanda reprimida. “Imperatriz é uma cidade que acolheu nossa unidade e é referência no apoio que tem nos dado”, destacou a coordenadora de Assistência em Saúde da OdontoSesc, Patrícia Oliveira.

Parceria – Os trabalhos são realizados em conjunto entre a OdontoSesc, Prefeitura, Palácio do Comércio (espaço físico, segurança e água utilizada), ACII (um recepcionista) e Sindicom – Sindicato do Comércio Varejista (apoio logístico – internet, xerox e impressão de formulários).

Agricultura leva pelo menos 10 serviços ao mutirão de cidadania em Imperatriz

Uma das secretarias municipais que mais querem contribuir com o Programa Imperatriz a Gente Faz Cidadania, que estreia dia 24 de junho, na Praça da Voz, do Parque Alvorada II, é a de Agricultura, chefiada pelo empresário Paulo Marcelo Torres Araújo. Ontem ele confirmou ao prefeito Assis Ramos, PMDB, pelo menos 8 serviços, que vão da castração de cães e gatos à instalação de canteiros para o cultivo de hortaliças, nos quintais das residências daquele bairro.

Visto como um dos mais voluntariosos auxiliares do prefeito, Paulo Marcelo se caracteriza como “um homem que faz”, que vai pessoalmente resolver qualquer problema que se interliga à sua pasta. Quando indagado sobre o que levaria para a comunidade do Parque Alvorada II, ele enumerou em segundos: vermifugação para cães e gatos, castração, consultas para animais, exames, medicamentos, testes para a leishmaniose (calazar), controle de carrapatos e pulgas em animais domésticos, mudas de plantas, distribuição de pintinhos juntamente com kits de ração e montagem de canteiros nos quintais.

Para antecipar o serviço que requer mais tempo, que são os canteiros, Paulo Marcelo vai levar a Secretaria de Agricultura para o Parque Alvorada II uma semana antes. Sobre a distribuição de pintinhos e o kit ração, o secretário lembram que é possível produzir proteína animal nos quintais a baixíssimo custo, e sobre o teste para o calazar, ele diz que a leishmaniose matou pelo menos 5 pessoas na região nos últimos meses.

Outra secretaria que também vai chegar mais cedo para o Imperatriz a Gente Faz Cidadania é a da Infraestrutura, chefiada pelo engenheiro Francisco de Assis Pinheiro, que, dez dias antes, já estará abrindo ruas, fazendo piçarramento, tapando buracos, fazendo capina e recuperando todos os equipamentos públicos do bairro.

Prefeito de Imperatriz diz que empresa de coleta de lixo tentou “tocar terror” na cidade.

O prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (PMDB) disse, hoje, 29, no programa Rádio Alternativo, do jornalista e radialista Arimatéia Júnior, na Nativa FM, que denunciou à polícia a tentativa da Brasmar de fazer baderna na cidade, utilizando-se de alguns garis, durante o final de semana. A empresa paraibana foi retirada do serviço de limpeza pública porque o contrato emergencial, feito na troca de gestão, findou. “Tínhamos licitados serviços gerais através dos quais podemos fazer legalmente com que a prefeitura assuma a gestão da limpeza e da coleta, e é isso que vai ser feito até que a licitação específica seja concluída”- avisou o prefeito.

A Brasmar vivia a expectativa de ter renovado o contrato emergencial, mas essa possibilidade, que praticamente não existia, zerou de vez quando, no meio da semana passada, o Tribunal de Justiça do Maranhão confirmou condenação do ex-prefeito Sebastião Madeira, PSDB, por improbidade, exatamente porque manteve a limpeza pública  sob contrato emergencial.

Na sexta-feira, uma diretora da Brasmar, dentro da sede da Secretaria da Infraestrutura, anunciou a possibilidade de “permitir” com que 400 garis tumultuassem a cidade e incendiassem caminhões de lixo. Ela exigia, “para evitar o caos”, o depósito, na conta dela, da última fatura dos serviços prestados pela empresa, que só vence no dia 10 de junho, oportunidade em que foi informada pelo Procurador do Município, Rodrigo do Carmo, que o prefeito Assis Ramos decidira que esse valor seria depositado em juízo, rigorosamente em dia, “para garantir a rescisão dos contratos de trabalho de todos os agentes de limpeza” – anunciou Rodrigo do Carmo.

Transtornada, e aos gritos, a diretora renovou a ameaça por algumas vezes, até que o prefeito chegou ao local e disse, com firmeza, que não arredaria da sua decisão, pois temia que a empresa se retirasse da cidade sem pagar os direitos dos seus trabalhadores, gerando um problema social de graves consequências. Diante da autoridade que se impôs, a representante da Brasmar se acalmou e saiu da reunião até prometendo ajudar na transição do serviço de limpeza, de um sistema para o outro.

A Assessoria de Comunicação da Prefeitura chegou a emitir nota confirmando o encerramento “dos bons serviços” prestados ao município pela Brasmar, mas nos momentos seguintes o que se viu foi uma série de articulações visando tumultuar a cidade, hoje, na Nativa FM, o prefeito revelou que caminhões do lixo chegaram a ter pneus furados e as chaves de ignição subtraídas. O novo serviço foi boicotado em bairros como o da Vila Lobão, onde mora o prefeito, e no Mercadinho. A polícia foi acionada e está investigando esses crimes.

Assis Ramos observou ainda que as redes sociais chegaram a ser inundadas por falsas informações de que a cidade viveria um caos. “Foram manifestações das mesmas pessoas que tentam manipular a opinião pública, a serviço da desinformação e de uma sonhada instabilidade política. Isso não progrediu porque as pessoas de bem estão atentas, o lixo não se acumulou e ficou muito claro que eu agi com rigor em defesa da legalidade e dos direitos dos agentes de limpeza, que estavam sendo usados de forma maldosa pela Brasmar num momento de de fragilidade para eles”.

O prefeito passou o sábado e o domingo em reuniões na Sinfra e nas ruas, acompanhando o trabalho dos garis. Quando precisou, acionou a polícia. Nesta segunda-feira, ele avisou que o serviço “ainda não está uma maravilha, porque, de alguma forma, as tentativas de tocar o terror, feitas pela Brasmar, atrapalharam”, mas que o controle já está sendo estabelecido e que, “além de totalmente legalizado por uma licitação, o serviço de limpeza vai ser eficiente em toda a cidade”- garantiu.

São João magro: Prefeito de Imperatriz disponibiliza apenas R$ 48 mil para grupos folclóricos.

O prefeito Assis Ramos recebeu na tarde de hoje (25), em seu gabinete, os conselheiros de cultura, que apresentaram o edital “Prêmio Adalberto Franklin de Cultura Popular”. O documento dispõe sobre a seleção de oito grupos folclóricos que receberão recursos do município para participarem das apresentações no “São João Imperatriz a Gente Faz – 2017”.

Chiquinho França, presidente da Fundação Cultural e do Conselho, explicou que o edital ficou pronto dentro da legalidade após orientações da Procuradoria e da Controladoria Geral do Município e, na ocasião, foi assinado e aprovado por Assis Ramos, que autorizou a publicação.

Para se submeter à seleção, os grupos precisam comprovar pelo menos três anos de fundação e devem ser genuinamente imperatrizenses. O Fundo Municipal de Cultura (FMC) vai disponibilizar recursos na ordem de R$ 48 mil, sendo R$ 12 mil divididos para dois grupos de Bumba Meu Boi, com mínimo de 40 brincantes; R$ 18 mil divididos para três quadrilhas juninas, a partir de 80 brincantes; e R$ 18 mil divididos para três grupos folclóricos de dança popular, a partir de 30 brincantes.

As festividades juninas acontecerão na quadra esportiva da Beira Rio, de 23 a 25 de junho. O prazo para recebimento das propostas vai de 26 de maio a 02 de junho, das 14h às 17h, na sede da Fundação Cultural de Imperatriz.

Prefeitura de Imperatriz lança o projeto “Abrindo Mercado” para valorizar artistas locais.

A Prefeitura Municipal, através da Fundação Cultural de Imperatriz, lança o projeto “Abrindo Mercado”, com o objetivo de utilizar espaços, que muitas vezes passam despercebidos, para intervenções culturais. O lançamento acontece neste sábado (20), na praça de eventos do Imperial Shopping, a partir das 17h, com o show “Estrelas da Terra”, ao som de Zélia Grajaú e Erasmo Dibell.

No domingo (21), a cantora Lena Garcia participa da primeira edição do projeto, no tradicional Mercado Bom Jesus, na Rua 15 de Novembro, das 6h às 8h, apresentando os clássicos da Música Popular Brasileira e Maranhense. Uma programação diversificada marca o início das atividades, que contará com um bazar cultural, onde serão comercializados livros, discos, quadros e demais itens de artistas do estado.

“Este projeto será itinerante, pois será levado a todos os eventos realizados pela Fundação Cultural de Imperatriz”, afirma Chiquinho França, lembrando que os interessados em expor seus produtos devem procurar a entidade. De acordo com ele, a intervenção no mercado visa também revitalizar o espaço, além de valorizar os comerciantes que ali estão há décadas e oportunizar um novo público, aproximando os artistas locais e a comunidade.

O projeto “Abrindo Mercado” será realizado durante oito domingos seguidos, no formato voz e violão, com diversas apresentações artísticas e em locais variados.

Assis Ramos vem à São Luís buscar ajuda do Governo do Estado.

Acompanhado do vice-prefeito Alex Rocha (PMN), o prefeito Assis Ramos (PMDB) se reúne, nesta quarta, 17, no Palácio dos Leões, com o governador Flávio Dino (PCdoB). Ramos viajou hoje para São Luís, onde também cumpre agendas na Controladoria Geral da União, CGU, e em gabinetes de deputados da região. O retorno está marcado para quinta, 18.

Sarneysta de carteirinha, Assis Ramos tem sofrido com o desprezo de secretários estaduais que abandonaram o município após as eleições.

No encontro com o governador, Assis Ramos vai tratar de projetos nas áreas de infraestrutura, saúde e cultura. “Temos uma cidade cheia de carências, ainda buscando apagar os efeitos de um dos invernos mais rigorosos dos últimos anos, também tentando superar dificuldades no atendimento da Saúde e, finalmente, às vésperas do aniversário de fundação, quando se cumpre a tradição de brindar as pessoas com uma programação festiva” – explicou o prefeito.

 Antes de viajar, hoje, o prefeito foi abraçar o auxiliar e amigo Alcemir Costa, Secretário da Regularização Fundiária, que perdera o pai, falecido na noite anterior. Também foi ao parque Alvorada II, para onde se projeta a primeira edição do Programa “A Gente Faz Cidadania”, no segundo sábado de junho.

Sobre o encontro com Flávio Dino, Assis Ramos disse que o governador tem conhecimento e total interesse pelas questões que envolvem Imperatriz. “A cidade espera, e vai ter, essa soma de esforços pela solução dos seus problemas mais graves”- disse.

Justiça do Trabalho e Prefeitura selam acordo que beneficia comunidade

Os bairros de Imperatriz receberão construções e reformas de praças, como a implantação de parque infantil, arborização, academia ao ar livre com aparelhos para adultos e idosos, iluminação adequada, arborização e pintura nova. As ações contabilizam R$ 3,2 milhões, que seriam multa imposta ao município, agora transformada em benefícios à comunidade, graças a um acordo firmado entre Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público do Estado e Prefeitura de Imperatriz, homologado pela 1ª Vara do Trabalho de Imperatriz, representada pela juíza Márcia Rocha de Nardin.

A ação beneficia também cerca de 500 concursados do ano de 2012, que serão convocados e assumirão seus postos na Prefeitura de Imperatriz.

Participaram das audiências e reuniões a Procuradora do Trabalho, Renata Soraya Dantas Océa; a Promotora de Justiça, Nahyma Ribeiro Abas; o Secretário de Administração do Município, José Antônio Silva Pereira; o Procurador do Município, Bruno Caldas Siqueira Freire, e o Procurador-geral do Município, Rodrigo do Carmo Costa.

José Antônio Pereira explica que a Prefeitura de Imperatriz divulgou a convocação dos servidores na última sexta-feira (12) e suas nomeações deverão ocorrer  após as etapas de apresentação de documentação e exames prévios exigidos pelo edital do concurso. “A posse desses novos servidores supre uma demanda de pessoal necessário à administração municipal, especialmente nas áreas de saúde e educação”; explicou.

As obras em benefício da comunidade serão iniciadas nos próximos 50 dias. Em quadras poliesportivas irão ser feitas reforma de piso, pintura, recuperação de alambrados e demarcações. Entre as reformas constam no acordo, as praças: da Cultura e da União, no Centro; da Bíblia, no Bairro Imigrantes, e a Praça da Vilinha.

Assis Ramos vistoria obras abandonadas por Sebastião Madeira em Imperatriz.

Com o objetivo de concluir e entregar obras que foram deixadas completamente abandonadas pelo ex-prefeito Sebastião Madeira (PSDB), o prefeito Assis Ramos (PMDB), acompanhado de sua equipe técnica,  visitou diversos locais  e constatou a precariedade dos serviços realizados pelo ex-gestor. Na segunda-feira (08), a fiscalização percorreu em postos de saúde, quadras poliesportivas, o Centro de Zoonose e o lixão da Estrada do Arroz.

Segundo o prefeito, a paralisação representa uma grande perda para a população, que deixa de ser atendida com serviços e atividades essenciais, principalmente os moradores das localidades mais afastadas.

Além do Bairro da Caema e do Conjunto Vitória, o prefeito esteve no Centro de Zoonoses para vistoriar a estrutura, que passa por reparos de manutenção e pintura, e no lixão da cidade, onde as obras estão avançadas com a limpeza de áreas para o tráfego dos caminhões e a finalização da escavação de uma caixa de empréstimo, para compactar o lixo, dentre outros serviços.

Prefeito de Imperatriz anuncia reformas de praças e quadras.

A Prefeitura de Imperatriz está fechando parcerias com instituições de diversos segmentos para a reparação de equipamentos públicos. Em reunião no gabinete na quinta-feira (05), o prefeito e a gerente da Caixa Econômica Federal, CEF, Mara Núbia Nolasco, juntamente com o superintendente regional, Sérgio Penha de Almeida, e outros economiários, firmaram o primeiro contrato assinado com o município. O acordo vai beneficiar a população com a reforma de praças e quadras poliesportivas.

O propósito da atual gestão é manter aberto o diálogo com a CEF bem como com organizações privadas. O objetivo é trazer investimentos e promover a melhoria na qualidade de vida dos moradores.

As operações de revitalização vão contemplar as praças da Bíblia, da Cultura, da União e da Vilinha, além da modernização de quadras poliesportivas. Os contratos são resultados de convênios com o Ministério de Turismo e de Esporte.

Para o superintendente da CEF, “esse convênio só pode ser realizado em decorrência da organização interna da Prefeitura, que já se enquadra dentro de todos os parâmetros estabelecidos pelo nossa organização. Tenho a satisfação de afirmar que a Prefeitura de Imperatriz se mostrou apta para esta parceria” – informou.