Bomba: Médico sem CRM-MA é denunciado por morte em maternidade ribamarense.

O médico paulista, Edison Amaral Tupinambá, residente em São Paulo, foi denunciado pelo Ministério Público pelos crimes descritos no artigo 129 – Provocar aborto sem consentimento da gestante, e pelo artigo 282 – Exercício ilegal da medicina, já que não possui cadastro no CRM-MA.

Médico é denunciado por exercício ilegal da medicina na Maternidade de São José de Ribamar

Blog do Jamys Gualhardo – O Ministério Público do Maranhão ofereceu denúncia por suposto erro médico em virtude da  negligência do médico Edison Amaral Tupinambá no parto de uma gestante que culminou no falecimento da criança, no dia 15 de fevereiro deste ano, na Maternidade Municipal de São José de Ribamar.

Em contato com a família, o blog Jamys Gualhardo , apurou que ao chegar na Maternidade Municipal de São José de Ribamar, o médico não teria dado à devida atenção, nem cuidados indispensáveis com a paciente, onde desde a entrada na maternidade não apresentava nenhuma possibilidade de realização de “parto normal”, e mesmo assim , o médico insistia na não realização do mesmo, seguindo orientação da atual direção que tenta diminuir custos para o município. A prefeitura tentou abafar o caso, que não foi divulgado pela mídia, porém a família, indignada, buscou o Ministério Público e denunciou o ocorrido.

Com a denúncia do Ministério Público, o Prefeito Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), deverá tomar algumas providências no sentido de evitar  possíveis futuros óbitos neonatais.

Segundo o Secretário de Saúde do Município, o advogado Tiago Fernandes, o  médico foi afastado desde a situação, e que uma nova licitação deverá acontecer para mudar a administração da Maternidade.

Porém a detentora principal dos serviços é a prefeitura, que deve de imediato , ser responsável pela suposta negligência adotada pelo médico no caso em questão, e que a gestante não tem qualquer responsabilidade sobre a possível problemática entre o poder público e as empresas gestoras do serviço.

A família ainda relatou que a indenização em questão, jamais suprirá a frustração do sonho que irão conviver pro resto da vida, e ainda afirmaram ao titular do blog, que querem justiça para que não aconteça novamente o que houve com elas no dia 15 de fevereiro de 2017, data que poderia ser marcada pela felicidade por resto da vida , mas será de plena tristeza, pelo sonho abruptamente interrompido.

 Confira abaixo a denúncia do Ministério Público.

Eleições 2018: Pesquisa aponta derrota de Flávio Dino em São José de Ribamar

Em alguns eventos, a participação do prefeito Luís Fernando se resume à bater palmas para o Governador Flávio Dino.

Os dados divulgados pela pesquisa do Instituto Perfil mostram que Flávio Dino está indo de mal à pior em São José de Ribamar. Segundo a pesquisa, Roseana Sarney segue em primeiro lugar entre os eleitores ribamarenses com 23,7%, em segundo lugar, Eduardo Braide aparece com 18,6%, e apenas em terceiro lugar, o governador Flávio Dino, com 12,7%. Maura Jorge aparece em quarto lugar com 1,7%.

A pesquisa foi realizada no período de 14 a 16 deste mês e ouviu 1.558 pessoas. A margem de erro foi de 4,5% para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%.

Os números revelados pelo Instituto Perfil confirmam o que todo ribamarense já sabia, que o maior cabo eleitoral de Flávio Dino (PCdoB) em São José de Ribamar, o prefeito Luís Fernando (PSDB), também é seu maior inimigo.

Até 2014, por onde andava, Luís Fernando, à época, Secretário de Infraestrutura do Governo Roseana Sarney, e pré-candidato ao Governo, fazia questão de hostilizar o agora Governador Flávio Dino.

Foi Luís Fernando que batizou Flávio Dino e seus atuais secretários pela ridícula alcunha de “Turma do Gogó”, sem nunca sonhar que hoje seria o seu maior cabo-eleitoral, e que em alguns eventos, resumiria sua participação em apenas bater palmas para o Governador.

Outro fator que tem pesado muito, são os comissionados, que não medem palavras e não economizam forças para jogar o governador cada vez mais pra baixo.

Do alto ao baixo escalão, a gestão do prefeito Luís Fernando é formada por sarneystas declarados ou ocultos, conforme a conveniência. Em grupos de whatsApp é cada vez mais comum ver assessores de Luís Fernando fazendo chacota com o Governador.

E assim, o prefeito que foi eleito com 96% dos votos da população Ribamarense, misteriosamente age para garantir a derrota do Governador na cidade.

Cesar Vieira X Isaac: “Porque não fui em seu evento comer espiga de milho não quer dizer que eu não esteja fazendo nada.”

Parece que o Secretário de Agricultura, Isaac Holanda, conhecido pelo seu jeito grosso, pegou em fio pelado ao criticar o  ex-vereador e atual subprefeito da Região das Vilas, Cesar Vieira (PRB). Cesar mostrou porque tem a fama de não guardar almoço pra jantar, nem mesmo quando o cardápio é milho e canjica.

Ao que tudo parece, Cesar Vieira errou o grupo de whatsapp onde pretendia dar uma “mijada” no Secretário de Agricultura de São José de Ribamar, Isaac Holanda, e, ao postar áudio, ao invés de enviar para o Grupo de secretários e subprefeitos, mandou para o Nas, grupo polêmico de São José de Ribamar.

Pelo áudio, dá pra entender que o secretário se queixou do subprefeito por não ter ido comer milho em um evento de sua pasta, e teria comentado que César Vieira não faz nada.

Direto e franco como sempre é, César disparou áudio para o secretário.  “Meu querido amigo Isac, eu não ter ido no teu evento, comer espiga de milho ou canjica,  não quer dizer que eu não esteja contribuindo com o município, com meu trabalho. Eu sei da minha devida obrigação e dos meus deveres na Região das Vilas. Eu estou em todas, conversando com a comunidade, buscando somar com a administração. Agora, porque eu não fui comer uma espiga de milho não quer dizer que eu não estou fazendo nada, que eu estou de braços cruzados.” Disse o subprefeito.

Cesar ainda alertou Isaac. “Mas tudo bem! Agora você vai fazer o seguinte, quando tiver mais um evento, eu não recebo mais nenhum convite de boca, mande o convite, entendeu? Que eu estarei lá! Se mandar, eu irei! O evento que teve no arraial da secretaria você não foi na minha barraca. Você foi? Não foi!  Eu lhe reclamei? Aqui, se for pra chamar, tem que chamar todos, todos os funcionários, não é só eu não! Você tá confundindo as coisas.” Alertou Vieira.

Ouça o áudio na integra:

Bomba! Luís Fernando vai gastar R$ 3 milhões e 360 mil com combustível

Somados o contrato de locação de 66 veículos, que é de R$ 1 milhão e 677 mil e o contrato de combustível, que é de R$ 3 milhões e 360 mil reais, no total serão gastos mais de R$ 5 milhões para garantir comodidade aos secretários que moram em São Luís.

A prefeitura deve gastar mais de R$ 20 milhões com locação de veículos e abastecimento da frota em quatro anos.

Não dá pra entender mesmo! O prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), tem repetido em todos os seus discursos que o município vive uma grande crise financeira, mas tem celebrado alguns contratos que mostram exatamente o contrário, um verdadeiro desperdício de dinheiro público.

Ontem (12), no Diário Oficial do Município, edição número 088/2017 (veja com os seus próprios olhos aqui!), foi publicado mais um desses contratos milionários, desta vez com a empresa Trivale Administração LTDA, especialista em gerenciar abastecimento de veículos em postos cadastrados.

O valor, uma verdadeira fortuna, R$ 3 milhões, 360 mil reais, deixou muitos moradores revoltados, já que Luís Fernando justifica a falta de investimento à uma suposta crise financeira.

“É revoltante ver que votamos em um prefeito que está fazendo tudo errado. O que justifica uma prefeitura gastar mais de R$ 3 milhões em gasolina? É vergonhoso!” disse o aposentado Jorge Vieira.

Contratos milionários e desnecessários tem sido a marca registrada da nova gestão Luís Fernando.

O desperdício de dinheiro público é ainda maior, pois esse contrato só foi necessário, para abastecer os 66 veículos alugados para garantir a comodidade dos secretários que moram em São Luís. O valor gasto pela prefeitura para pagar a locadora Conte, responsável pelos veículos, é de R$ 1 milhão 677 mil.

Somados os dois contratos, a prefeitura de São José de Ribamar vai gastar mais de R$ 5 milhões para manter a frota de veículos alugados e abastecidos.

Serviço porco: Reconstrução da Avenida Gen. Artur Carvalho não durou 2 meses.

Quem é obrigado a passar pela Avenida General Artur Carvalho, na região limítrofe de São José de Ribamar, tem notado a péssima qualidade dos serviços executados pela prefeitura. Em toda a extensão da avenida, o que se vê é muito buraco e lama, algo inacreditável para uma via que foi totalmente recuperada há menos de dois meses.

Em maio deste ano, as maquinas da secretaria de Obras do Município realizaram a recuperação da avenida, que liga o bairro do Miritiua à Beira rio. Nas redes sociais da prefeitura, fotos foram postadas com as seguinte informação: “Reconstrução a todo vapor no Bairro do Miritiua.”

A prefeitura não informa o valor gasto nessa operação, mas calcula-se que alguns milhares de reais viraram lama, já que dois meses após informar que a Avenida estava sendo reconstruída, quem passa por lá hoje, vê lama e buraco onde a prefeitura garante que recuperou com asfalto.

No bairro, o trabalho da prefeitura virou piada. “Estão trazendo borra de café e colocando no lugar de asfalto, é a única explicação. É só cair uma chuva que some tudo.” Ironizou Carlinhos, morador da região.

Já o comerciante José Meirelles não vê nenhuma graça no desperdiço de dinheiro. “É uma vergonha saber que o prefeito que se julgava tão sério se preste a fazer um serviço porco desse. A recuperação dessa avenida não durou dois meses, estão jogando nosso dinheiro na lama.” Lamentou o comerciante.

O serviço de péssima qualidade já foi classificado pela população, que criou até selo para reprovar: “serviço porco”

Nas redes sociais, já foi criado até um selo de qualidade para o péssimo serviço executado pela prefeitura. Quando os internautas identificam algum serviço mal feito, carimbam com o selo de “Serviço porco.”

Parece engraçado, se não fosse trágico..

Vergonha!!! Luís Fernando deixa de investir R$ 1 milhão e 600 mil em segurança para alugar 66 veiculos

Prefeito deixou de investir R$ 1 milhão e 600 mil reais em segurança para garantir aluguel de 66 carros para secretários que moram em São Luís.

O prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), vem desagrandando os moradores do municipio. No topo do ranking como a cidade mais violenta do Maranhão, e a quarta do país, o prefeito de São José de Ribamar optou por queimar R$ 1 milhão e 600 mil reais com alugueis de 66 veiculos para garantir a comodidade de funcionários, na maioria aliados politicios que moram em São Luís, e deixou de investir em ferramentas para melhorar a segurança do municipio.

Contrato entre a Prefeitura de São José de Ribamar e a Locadora de Veículos Conte

De acordo com especialistas em segurança, o valor gasto no aluguel de veiculos, no total R$ 1 milhão e 600 mil reais, daria para instalar um sistema de videomonitoramento nas principais avenidas da Sede, Jota Câmara, São Raimundo, Turíuba, Nova Terra, Jardim Tropical, Parque Jair e Parque Vitória, bairros onde os indices de assaltos são gigantescos.

O sistema de videomonitoramento iria ajudar a combater os altos índices de violência que levaram o município ao topo do ranking de cidade mais violenta do Maranhão

O sistema depois de instalado, poderia ser coordenado pela guarda municipal, ou em parceria com a Policia Militar. Mas Luís Fernando achou melhor investir na comodidade dos aliados politicos, entre eles, o companheiro tucano de Imperatriz, Daniel Souza, o sobrinho do Deputado Federal Pedro Fernandes, Tiago Fernandes, entre outras dezenas de aliados que residem em bairros nobres de São Luís e terão veiculos e combustivel  a inteira disposição.

A conta, paga pelos ribamarenses, é um dos maiores contratos de locação de veiculo de prefeitura do Estado do Maranhão e tem desagradado a opinião publica, que passa a olhar as atitudes do prefeito com desconfiança.

Edivaldo e Flavio Dino entregam Complexo Viário da Forquilha

Dutra tirando foto e Luís Fernando aplaudindo Flávio Dino e Edivaldo Holanda por mais uma obra entregue.

Prefeitura de São Luís e Governo do Estado entregam complexo viário da Forquilha à população” Aqui a situação era bem complicada. Além de pegar engarrafamento todo momento que passasse, quando chovia, a gente tinha que esperar a água secar para seguir viagem. Agora está bem mais simples. Antes eu saia de casa 6h da manhã para levar minha esposa para ao trabalho, pois ela entra às 7h. Agora já estamos saindo um pouco mais tarde”, disse o mecânico Antônio Ribamar Leitão, morador de São José de Ribamar ao falar da melhoria que trouxe para população a obra realizada pela Prefeitura de São Luís e Governo do Estado na Forquilha, onde foi construindo um complexo viário. A obra foi entregue na manhã deste sábado pelo prefeito Edivaldo e pelo governador Flávio Dino.

Seu Antônio  faz o percurso todos os dias para a capital maranhense. “Essa parceria com o governo foi o melhor acerto das duas gestões. A gente que morava para cá se sentia abandonado. Agora com essa obra não só os moradores de São Luís estão felizes, mas também os de Paço do Lumiar e de São José de Ribamar”, completou.

O resultado da intervenção, que compreende uma área de 15 mil metros quadrados e beneficia cerca de 20 bairros no entorno já é sentido pela polução. O complexo viário de São Luís foi construindo em uma das áreas de maior fluxo de veículos da Capital e de grande movimentação de pessoas, em razão do grande número de comércio existe na região. Durante a inauguração o prefeito e o governador conferiram o resultado dos serviços e conversaram com a população. As modificações viárias garantiram a fluidez ao tráfego, reduziu o tempo de percurso entre os destinos e, consequentemente, solucionou os congestionamentos na região.

“A entrega desta obra é muito importante para a mobilidade da região metropolitana de São Luís e para o bem estar geral da população. É uma obra que abrangeu drenagem e reordenamento geométrica que deu fluidez ao trânsito. É importante dizer que essas intervenções vão continuar na região, a exemplo da ponte ligando as MAs 201 e 202. Com isso a gente vai melhorando. Daqui a duas semanas vamos anunciar uma grande intervenção do programa Mais Asfalto nos quatro municípios da região metropolitana” anunciou o governador Flávio Dino.

O complexo viário da Forquilha compreende a alteração na MA-201 (Estrada de Ribamar), MA-202 (Estrada da Maioba), Forquilha e Forquilhinha, Avenida Guajajaras e Jerônimo de Albuquerque. As vias são responsáveis por interligar as cidades de São Luís, São José de Ribamar e Paço do Lumiar, por onde transitam uma média de 12 mil veículos em horário de pico. O serviço é fruto de mais uma parceria do Governo do Estado e Prefeitura de São Luís que vem investindo na melhoria da mobilidade urbana com intervenções e reordenamento do tráfego nos principais corredores da cidade.

“A parceria entre Prefeitura e Governo tem resultado em muitos avanços para São Luís. A obra deste complexo viário da Forquilha é mais um exemplo. O conjunto de intervenções inteligentes proporcionaram mais fluidez ao trânsito, mas a obra foi além disso. Os serviços estruturantes de drenagem, asfaltamento e iluminação com certeza garantiram mais qualidade de vida para quem transita e aos moradores do entorno, valorização e melhoria do aspecto urbanístico da região”, destacou o prefeito Edivaldo. “Mais uma importante parceria da Prefeitura de São Luís e Governo do Estado. Ao entregarmos este Complexo Viário demostramos que é possível resolver problemas históricos quando se tem compromisso com a população”, completou.

SERVIÇOS 

O trabalho foi iniciado pelos serviços de alargamento dos canteiros centrais nas imediações do Pop Center (Cohab), e da pista no sentido Cohab-Forquilha. Na rotatória maior, o antigo retorno da Forquilha, foi criado um cruzamento semafórico de dois tempos, permitindo a fluidez de veículos em dois sentidos: em direção ao Anil/Maiobão e Maiobão/Anil. Já na atual rotatória da Forquilhinha, foram criadas alças para direcionar o fluxo no sentido Maiobão/Anil; Maiobão/Cohab e vice-versa.

As alterações do trânsito na área incluíram ainda a criação de novas alças de retorno na Avenida Guajajaras, nas proximidades do Centro Elétrico; e outra na Cohab, próximo ao Terminal de Integração, para permitir o escoamento dos veículos nos sentidos Anil/Cohab/aeroporto/Anil.

“Estamos comprovando que o trabalho feito em parceria e com inteligência tem resultados mais satisfatório. Ainda mais nesse momento de crise em que os investimentos no setor público estão desaparecendo em todo país. Aqui apontavam um viaduto como solução e provamos que com criatividade conseguimos resultado até melhor”, disse secretário municipal de Trânsito e Transporte, Canindé Barros.

O trecho de aproximadamente 15 mil metros trabalhado recebeu todo serviço de drenagem profunda. Foram feitos assim como os novos retornos, a divisão do fluxo de veículos, novo asfalto, construção de calçadas, meios-fios e sarjetas. Também já foram realizadas intervenções para drenagem e pavimentação da Avenida Guajajaras, as rodovias MA-201 e MA-202.

Além do serviço macro, outras importantes intervenções foram executadas para desafogar o trânsito na região. Entre elas estão as melhorias das condições de tráfego nas ruas dos bairros Forquilhinha e Cohab, que dão acesso à Avenida Jerônimo de Albuquerque, como Rua do Livramento, Rua 01, Avenida 08 e Rua 04, que já receberam serviços de drenagem e asfaltamento.

“Esta é uma obra muito importante para os moradores, tendo em vista que no período de chuvas eram frequentes os alagamentos. Agora o escoamento está perfeito”, avaliou Andréia Araújo, moradora do Residencial Samabaia.

“Nosso objetivo, que tem sido o alvo desse trabalho realizado para melhorar a mobilidade, é dar mais fluxo no trânsito. Nesta região fizemos a requalificação de ruas e avenidas do setor da Cohab, eliminamos a rotatória da Forquilha os dois retornos na Cohab e Guajajara, a modificação da chamada Forquilhinha. Isso fez com que tivéssemos mais celeridade no trânsito com passagens livre e sistema de semáforos”, descreveu o secretário de Infra-estrutura do Estado, Clayton Noleto.

Nas últimas duas semanas foi liberado o cruzamento para fluxo de veículos após a implantação da sinalização semafórica pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) o que imprimiu maior segurança para pedestres, bem como mobilidade urbana e fluidez do trânsito. Um conjunto de faixas de pedestres e semáforos nos quatro sentidos da avenida substituíram a rotatória, pondo fim aos enormes engarrafamentos e facilitando a travessia de pessoas a pé.

ILUMINAÇÃO

Além dos serviços estruturantes, no trecho em que os serviços foram executados, uma nova iluminação foi implantada. Novas luminárias em LED, as mesmas usadas nas Avenidas Guajajaras e Jerônimo de Albuquerque. Foram instalados aproximadamente 35 novos postes e 55 luminárias ao longo da rotatória para auxiliar os motoristas na visualização dos novos acessos, no período noturno. O projeto de iluminação contemplou também a instalação de 800 metros de eletrodutos para controle do abastecimento do sistema elétrico subterrâneo, evitando assim a exposição de cabos elétricos, fator que polui a paisagem urbana da cidade.

“É uma grande obra de infraestrutura e urbanização da cidade para resolver um antigo problema. Estado e município dividiram as obras de drenagem que é muito importante. Resolve em definitivo um problema que se arrastava há tempos causando transtornos a um grande número de pessoas. Dias melhores virão”, disse o secretário municipal de Infraestrutura, Antonio Araújo.

Para o morador do bairro há 22 anos, Armstrong Almeida da Silva, as obras mudaram una realidade.” Tá tudo mundo gostando dessa obra que esperamos há anos”, disse Armstrong.

O evento contou com a participação do deputado federal, Julião Amin, do deputados estaduais Bira do Pindaré, Rogério Cafeteria,   dos vereadores Raimundo Penha, Pereirinha, do presidente da Agência Metropolitana, Pedro Lucas Fernandes, do presidente do Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão (Sinduscon), Fábio Nahuz, dos prefeitos Domingos Dutra (Paço do Lumiar) e Luiz Fernando (São José de Ribamar),do vice-prefeito Eudes Sampaio (São José de Ribamar), dos secretários de Estado Márcio Jardim (Esporte), Gerson Pinheiro (Igualdade Racial), Tatiana Pereira (Juventude) dos secretário municipais Fátima Ribeiro (Segurança Alimentar), Andreia Lauande (Criança e Assistência Social) e Conceição Castro (Comunicação).

Dep. Sérgio Vieira se reúne com senador Roberto Rocha e diretor do BNB para tratar sobre empréstimo para Aciaria

Neste domingo (25), o deputado estadual Sérgio Vieira esteve reunido em São Luís com o senador da República Roberto Rocha e o diretor do Banco Nordeste do Brasil (BNB), Antônio Rosendo Júnior.

A reunião teve como objetivo agilizar o processo de liberação de empréstimo da instituição financeira à Aciaria localizada em Açailândia, para a conclusão do mega empreendimento, principalmente do setor de laminação. O valor é de 100 milhões de reais.

Dessa forma, busca-se recuperar em parte o setor siderúrgico no município e, consequentemente, no estado do Maranhão, gerando divisas para a cidade, emprego e renda para a população, e um reaquecendo a economia de forma geral.

“Com o apoio do senador Roberto Rocha, eu estive reunido com o diretor do BNB, onde mostramos a importância da liberação desse empréstimo para a Aciaria e para o setor siderúrgico. Pedimos uma atenção especial para este processo, para que voltemos a ter um setor siderúrgico forte e com isso, a geração de emprego e renda para nossa população”, destacou o legislador.

Como resultado, Rosendo Júnior garantiu que o processo de liberação do empréstimo para a Aciaria será colocado em votação nos próximos 30 dias, e sendo aprovado, o recurso será liberado.

Frente Parlamentar

No dia 19 de maio o deputado Sérgio Vieira realizou em Açailândia uma audiência pública para discutir a crise no setor siderúrgico do Maranhão. O evento que aconteceu na Câmara Municipal reuniu mais cinco deputados estaduais, o prefeito de Açailândia Juscelino Oliveira, vereadores e secretário municipais.

Na ocasião Sérgio prometeu lutar pela criação de uma frente parlamentar na Assembleia Legislativa, para debater o tema e buscar melhorias para o setor. Dez dias depois (29/06) foi criada então a “Frente Parlamentar em Defesa da Indústria Siderúrgica no Estado do Maranhão”, tendo como coordenador o próprio legislador.

Uma das atribuições da “Frente” de acordo com o artigo 2° do seu estatuto é: “Promover o intercâmbio com outas instituições e parlamentos com o propósito de fortalecer a siderurgia, para que gere mais empregos e qualidade de vida para a sociedade maranhense”.

Assim Sérgio, acompanhando do senador Roberto Rocha, esteve em reunião com o diretor do BNB, cumprindo agenda como coordenador da “Frente Parlamentar”, e apresentando a necessidade urgente do empréstimo à Aciaria, para fomentar o setor siderúrgico e minimizar os efeitos da crise econômica, principalmente referente ao desemprego.

“A frente parlamentar foi criada para buscar soluções para a crise no setor siderúrgico. E essa frente é importante porque eu como coordenador já estou tendo uma agenda em defesa desse setor. Uma das medidas debatidas na audiência pública foi dar agilidade na liberação deste financiamento para a Aciaria, e hoje estamos cumprindo mais este compromisso. Nos próximos 30 dias este processo entrará na pauta de votação para que o recurso seja liberado”, finalizou o deputado Sérgio Vieira.

São José de Ribamar: Denúncia faz Luís Fernando cancelar mais um seletivo.

Denúncia de Guilherme Mulato fez Luís Fernando cancelar o segundo seletivo com suspeita de irregularidade.

O prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), não anda com muita sorte. Denúncias do Blog Ribamais e de Guilherme Mulato, levaram o prefeito a cancelar, pela segunda vez, seletivo para contratação temporária de servidores.

O primeiro caso, que também foi alvo de denuncias de Guilherme Mulato, foi do Certame da Cultura, que deveria contratar 52 funcionários temporários, com salários de até R$ 2.400,00, e após denúncias de suspeita de irregularidades, levaram o prefeito de São José de Ribamar, a cancelar o edital, o que causou muita indignação aos ribamarenses. ( Relembre em: Vergonhoso! Após denúncias, Luís Fernando cancela seletivo com supostas cartas marcadas )

 “Mostramos em nossa primeira denúncia, com muita responsabilidade, a suspeita de que o prefeito Luís Fernando tinha por objetivo contratar servidores através de um edital cheio de irregularidades e com indícios de cartas marcadas, o que demonstrava má fé e total falta de respeito com o ribamarense. Com o cancelamento do primeiro edital, quem ganhou foi o povo, que hoje conta com uma oposição forte, responsável e comprometida.” Afirmou Guilherme Mulato

Cancelamento demonstra fragilidade e despreparo na nova gestão Luís Fernando.

Desta vez, Luís Fernando passou pela segunda vergonha consecutiva, e, um dia após iniciada a inscrição do seletivo para contratação de professores temporários, as denúncias de Guilherme Mulato levaram o prefeito a tomar a decisão de cancelar mais um seletivo.

“Detectamos diversas irregularidades que demonstravam claramente o desrespeito do prefeito com o povo ribamarense, e esse segundo cancelamento, mostra que mais uma vez estamos certos e a administração comandada por Luís Fernando, que tanto planejou e nada executa, completamente errada.” Destacou Mulato.

Gato por lebre

A nova administração do prefeito Luís Fernando tem decepcionado muita gente que esperava um gestor preparado, devido às dezenas de seminários intitulados Planeja, entre eles, um voltado para a Educação. Porém, vem demonstrando que os seminários de pré-campanha serviram apenas para satisfazer o seu próprio ego, e iniciar a corrida para retornar ao comando da prefeitura.

Ao longo dos primeiros seis meses de gestão, Luís Fernando acumula queda em sua popularidade em todos os setores, o que agravou ainda mais com os cancelamentos dos seletivos e com a programação junina. Mas isso é assunto para outra postagem…

São João 2017 – Vídeo: Arraial de Ribamar vira arena de funk

As famílias que foram ao Arraial da Sede, organizado pela Prefeitura de São José de Ribamar, tiveram uma grande surpresa, na noite desta terça-feira (21). Com pouco público, como tem sido desde que foi aberto oficialmente, quem esperava assistir a apresentação da tradicional Dança Portuguesa, ou do folclórico Boi de Matraca, se deparou com um grupo de garotas dançando funk.

Com as famosas tremidinhas e deitadas no chão, as meninas se apresentaram no melhor estilo baile funk.

Quem foi na expectativa de assistir grupos folclóricos do São João Maranhense, saiu com o batidão na mente, provavelmente decepcionados com o responsável pelo evento.

Ps: O blog respeita e admira todos os estilos de dança ou manifestação artística, porém, no São João, o público espera da Secretaria de Cultura organização no sentido de garantir a promoção de agremiações Juninas.