Bomba!!!! Luís Fernando vai torrar quase R$ 2 milhões em propagandas

Esse valor será usado para pagar blogs, programas de rádio, jornais, programa de TV que veiculam matérias positivas sobre a Prefeitura de São José de Ribamar, entre outros serviços.

O prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), vai queimar uma verdadeira fortuna com publicidade, na tentativa de melhorar sua imagem, completamente desgastada desde que assumiu o município e vem autorizando diversas medidas impopulares, como a perseguição aos vendedores de peixe, e o tratamento ríspido contra moradores do Parque Jair, gravado no mês passado, quando o prefeito recebeu uma comissão que protestava contra o descaso e abandono do gestor ao bairro.

A empresa que vai faturar toda essa fortuna, é a AG10, do amigo de longas data do tucano, o publicitário Melchiades, responsável pelo bordão que estampava a TV Mirante todas as noites, no horário nobre, com  a musiquinha “São José de Ribamar, melhor para todas.”, quando Luís Fernando não economizava dinheiro para tentar vender uma boa imagem para todo o Estado, em busca da tão sonhada cadeira de Governador.

Ao preço de quase R$ 2 milhões, AG10 deverá tentar melhorar a péssima imagem do prefeito.

Agora, enfrentando uma onda de queda de popularidade, a AG10 receberá quase R$ 2 milhões de reais para tentar melhorar a popularidade do atual prefeito de São José de Ribamar.

O Extrato de Contrato foi publicado nesta segunda-feira, 04, na Edição número 126 do Diário Oficial do Municipio.

Com esse dinheiro todo, o prefeito de São José de Ribamar deixará de investir em educação, saúde e infraestrutura, e pagará altos valores para radialistas, blogueiros, jornais e emissoras de TV, para veiculação de noticias positivas da prefeitura.

Só pra se ter uma ideia, o valor do contrato é de R$ 1 milhão e 800 mil reais, valor que daria para comprar 11 Ambulâncias, mas ainda assim, o prefeito preferiu alugar apenas 4 ambulâncias para o município.

Eleições 2018: Pré-candidato a deputado estadual usa “ID Jovem” como bandeira na busca de votos.

Fiel ao grupo Sarney e grande defensor do presidente Michel Temer, Assis Filho deverá tentar uma vaga na Assembleia Legislativa, e assim, ganhar foro privilegiado contra ações que enfrenta na justiça.

Encontro do ex-assessor com o ex-chefe, durante evento que tinha como principal objetivo, mostrar o pré-candidato a deputado estadual para os “sarneystas” presentes.

O sarneysta Assis Filho (PMDB), que foi assessor do prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), durante o período que o gestor ocupou os cargos de Chefe da Casa Civil e Secretario de Infraestrutura do Governo Roseana Sarney (PMDB), e também era pré-candidato ao governo do estado, em 2014, iniciou sua peregrinação em busca de vitrine para tentar uma vaga na Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (04), durante o lançamento do ID Jovem, programa que estende benefícios estudantis, como meia-entrada, para jovens que não estudam.

Durante todo o evento, Luís Fernando não economizou elogios para exaltar seu ex-assessor, deixando no ar, caminhos livres para o grupo Sarney garimpar votos com o apoio de outros assessores “sarneystas” da atual gestão, entre eles, o ex-vereador Teté Vieira (PV), amigo e aliado político da família sarney.

Assis Filho e outros 186 “assessores” foram exonerados dos cargos que ocupavam no Governo do Estado, dias após a derrota do grupo Sarney nas eleições de 2014. Atualmente,  ocupa o cargo de Secretário Nacional da Juventude, uma espécie de prêmio dado pelo presidente Michel Temer (PMDB), pela fidelidade de anos ao PMDB.

O ID Jovem é uma grande conquista pra juventude, mas na prática, não deve mudar em quase nada a vida dos jovens ribamarenses. Porém, foi a única bandeira encontrada pelo ex-brogueiro sarneysta para percorrer o Maranhão em busca de vitrine e acordo que resultem em voto.

Em São José de Ribamar, Assis se sentiu em casa, cercado de militantes do grupo Sarney, certamente receberá o apoio que espera.

Quem não deve gostar muito dessa história é o Governador Flávio Dino (PCdoB), que deverá ficar de olho nas movimentações de Luís Fernando, que já abandonou um grupo às vésperas das eleições

Entenda o que é o ID Jovem

A ID Jovem é destinada às pessoas com idade entre 15 e 29 anos (estudante ou não), pertencentes à família com renda mensal de até dois salários mínimos e inscritos no Cadastro Único do Governo Federal, com informações atualizadas há pelo menos 24 meses. Ou seja, se na sua casa, três pessoas trabalham e ganham, cada uma, um salário mínimo, já está excluída do programa.

Se a renda está dentro do requisito, mas a inscrição no Cadastro Ùnico foi realizada recentemente, também não pode, já que a exigência é de 24 meses.

Os únicos benefícios são, desconto aos eventos de cultura, lazer e esporte, o que já é garantido para estudantes com carteira estudantil.

Outro beneficio é o transporte interestadual de ônibus, trem ou embarcação. Viagens dentro do Maranhão não vale, já que o beneficio é exclusivamente interestadual.

São reservadas 02 vagas gratuitas por viagem, e se esgotadas essas duas vagas, serão disponibilizadas mais 02 vagas com desconto de 50%. Para se obter o desconto, deve se tentar a reserva até 03 horas antes do embarque.

O transporte tem que ser interestadual, ou seja, entre estados diferentes. Não vale para deslocamentos entre municípios ou dentro do município.

Os discursos ficaram na seara política, e muitos jovens saíram do evento achando que teriam muitos benefícios, sem imaginar que pelo menos aqui, poucos saberão de verdade o real beneficio da vinda do pré-candidato.

Alunos são obrigados a empurrar ônibus escolar após acidente em São José de Ribamar.

Após momentos de pânico, alunos são obrigados a empurrar veiculo que se envolveu em acidente.

Crianças da rede municipal de ensino do município de São José de Ribamar passaram por momentos de pânico, na manha desta terça-feira, 05, na sede do município. Segundo testemunhas, o ônibus escolar desceu a Rua de Santana completamente desgovernado até invadir a calçada de uma residência.

Logo após o acidente, que deixou dezenas de alunos que eram transportados completamente em pânico, a primeira medida adotada pelos responsáveis foi obrigar os alunos a empurrar o ônibus para retirá-lo do local do acidente.

Felizmente, nenhuma criança ficou ferida, apenas um grande susto e danos materiais no ônibus e na residência.

Em um grupo de whatsApp, o Assessor de Comunicação da Secretaria de Transito do Município, o blogueiro Nunes Colunista, se pronunciou sobre o ocorrido.

“A prefeitura não tem culpa da imprudência desse motorista. Além de irresponsável por usar alunos para empurrar o veiculo. Assim como todos os profissionais, ele com certeza passou por vários procedimentos para conduzir um ônibus. Mas infelizmente não houve um cuidado por parte do mesmo. Vamos analisar o caso em tela, mas saber discorrer também com responsabilidade e responsabilizar a quem é de fato o culpado. Até eu fiquei puto com esse cidadão!” Desabafou o assessor da prefeitura.

Esse é o segundo caso de acidente envolvendo ônibus da rede municipal de ensino em menos de quatro meses. Em maio, um veiculo com 45 alunos chegou a capotar.

Internautas denunciam diariamente que a atual gestão, do prefeito Luís Fernando não vem fiscalizando o transporte escolar, e que em diversos bairros, crianças são obrigadas a se espremer em ônibus completamente lotados.

Bomba! Assessor de Luís Fernando incita Núbia Dutra a praticar homicídio.

Se não bastasse o clima de medo e perseguição instalado em São José de Ribamar, agora, o assessor do prefeito Luís Fernando (PSDB), o ex-blogueiro Davi “Levandowsky” Pereira Silva, que já é réu em três processos no Juizado Criminal, resolveu usar um grupo de whatsapp da cidade para incentivar a primeira-dama de Paço do Lumiar, Núbia Dutra, a cometer homicídio.

Na tarde deste sábado, 02, o assessor fez um comentário infeliz e criminoso, durante debate sobre a redução da tarifa de água e esgoto. Exaltado, Davi Silva não poupou palavras para dizer o que, na sua opinião, Núbia deveria fazer.

“Núbia devia meter uma bala na cabeça de quem trouxe a Odebrecht para Ribamar. Um dia bem próximo, essa história vai ser esclarecida.” Incentivou Davi, em postagem no grupo de whatsApp, que entre os mais de 230 participantes, estão vários secretários e vereadores do município, o vice-prefeito Eudes Sampaio, e até o prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB).

Davi não deixa claro contra quem ele quer que Núbia desfira um tiro na cabeça, porém, ao fazer a infeliz postagem, poderá ser enquadrado nos crimes previstos nos Artigos 286 e 287 do Código Penal.

Diante da gravidade do fato, o advogado Edson Júnior chegou a alertar o inexperiente assessor do Prefeito Luís Fernando.

“Apologia de crime e incitação a violência são crimes previstos no Código Penal.” Alertou o advogado.

O marido de Núbia Dutra, que participa do grupo, entendendo a gravidade do comentário do jovem assessor, preferiu ficar em silêncio.

Decisão de um dos processos criminais no qual Davi é réu.

Atualmente, o assessor Davi Silva, lotado na Assessoria de Comunicação, cumpre pena restritiva de direito com prazo de 02 anos e é proibido de freqüentar alguns locais, entre eles, bares prostíbulos e boca de fumo, além de não poder se ausentar por mais de 30 dias da comarca, tem que comparecer todos os meses ao Fórum para prestar esclarecimentos sobre suas atividades.

Davi também é réu em mais dois processos penais com audiências previstas para acontecer ainda este mês, e, depois dessa, poderá acumular o quarto processo criminal.

Já Núbia Dutra, advogada por formação, provavelmente não dará ouvidos ao Assessor do Prefeito de São José de Ribamar.

 

Eleições 2018: Fábio Braga aproveita aniversário para reunir sarneystas e “ex-sarneystas” em sua residência.

Aniversário ou primeiro Planeja 2018?

O deputado estadual Fábio Braga (SD), aproveitou seu aniversário para reunir em sua residência, sarneystas históricos. Entre os convidados, estavam os exs-prefeitos de São Luís e Imperatriz, Mauro Fecury e Sebastião Madeira e o ex-deputado Clóvis Fecury.

O que mais chamou a atenção foi a presença do prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), considerado ex-sarneysta, já que tem acompanhado todas as ações do Governador Flávio Dino (PCdoB), inclusive, batendo palmas de perto em inaugurações importantes do comunista.

O aniversário do parlamentar foi apenas uma desculpa, já que durante toda a noite, o grupo falou apenas de como será a eleição do ano que vem.

Entre uma conversa e outra, o assunto sempre voltava para uma eventual candidatura própria do PSDB, ou quem sabe, uma aliança com o partido da ex-Governadora Roseana Sarney (PMDB).

Bomba! Luís Fernando vai gastar R$ 1 milhão, 440 mil para colocar o nome de 20 mil ribamarenses no SPC/Serasa todo mês.

Luis Fernando promete mandar para a lista do SPC/Serasa, o nome e CPFde mais de 20 mil ribamarenses, todos os meses. Em 12 meses, 240 mil ribamarenses terão seus CPFs na lista de maus pagadores.

O prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), esbanja mais uma vez, e agora vai pagar R$ 1 milhão, 440 mil reais, a empresa Serasa e a SPC Brasil. O contrato feito com dispensa de licitação, tem como objeto principal, incluir o nome de 20 mil ribamarenses por mês, no cadastro de inadimplentes, ou como dizem os populares, “sujar o nome.”

Com sua fama de rancoroso e autoritário, o prefeito fez questão de contratar duas empresas, para o mesmo objetivo, afinal, o Serasa e o SPC Brasil, são empresas que mantém cadastro    de maus pagadores. Dessa forma, a Prefeitura de São José de Ribamar vai “sujar o nome” dos maus pagadores, e “sujar de novo”.

Os dois contratos foram publicados na edição nº 117 do Diário Oficial de São José de Ribamar, desta terça-feira (22), e chamou a atenção dos moradores pela fortuna em jogo.

Cada empresa vai receber a bagatela de R$ 720 mil reais, e terão que negativar o CPF de 20 mil contribuintes, todos os meses. No final de 12 meses, 240 mil ribamarenses terão seus nomes na lista de maus pagadores.

Luz, câmera e ação: Após mandar moradores do Pq. Jair falar como gente, Luis Fernando grava vídeo “A Lá Lula”.

Parece piada, mas aconteceu hoje (21), em São José de Ribamar. O prefeito Luis Fernando, que foi gravado sem que percebesse, por moradores do Parque Jair, durante protesto na semana passada, e, em tom agressivo, mandou os manifestantes falar como gente, resolveu seguir os conselhos dos marqueteiros, e aproveitando um protesto de moradores contra uma decisão judicial, próximo ao Liceu I, foi lá, levou a equipe de marketing e até puxador de palmas.

No vídeo que está sendo amplamente divulgado por funcionários da prefeitura, o que se vê, é um prefeito que tenta passar uma imagem popular, no melhor estilo “Lula lá”.

“Vocês não vão sair daqui!” diz o prefeito, garantindo que com seu apoio, os moradores não serão retirados do local, que é uma propriedade particular e tem uma reintegração de posse. Bem diferente do que ele tem feito em varias regiões do município, onde donos de ocupações irregulares estão sendo despejados pela prefeitura.

Quanta contradição: O mesmo prefeito que manda derrubar ocupação irregular, afirma que apoia invasão séria.

Relembre:“Luís Fernando acabou com os sonhos da minha família.” Diz trabalhador ao ver lanchonete destruída.

O puxador de palmas levado pela equipe de filmagem, incentiva as palmas e grita “prefeito do povo!”, o que se ouve em seguida é uma miada salva de palmas.

Em seguida, vestindo o espírito Lula, o prefeito garante, “Não vou deixar fazer isso com vocês, eu venho prá, fico no meio de vocês, mas não deixo.” Discursa o prefeito.

Perdido, o prefeito dá uma olha no celular, lê o script novamente, e segue, conforme o roteiro da equipe de marketing.

“Uma coisa é invasão de molecagem! Invasão de quem não precisa.” Diz Luiz Fernado. Nesse momento, um morador grita interrompendo a fala do prefeito, “Não, molecagem não, aqui é só pai de família.” O prefeito segue falando, “Aqui vocês precisam.”  Conclui o prefeito.

Nesse momento, todos os moradores começam a falar simultaneamente, muito parecido com o que aconteceu essa semana, quando um morador, sem que o prefeito percebesse, gravava a forma grossa e autoritária como Luis Fernando se dirigia aos moradores.

Nesse vídeo de hoje (21), amplamente divulgado pelos funcionários, enquanto os moradores falam simultaneamente, diferente do outro vídeo, que ele bate palmas e manda a população falar como gente, nesse novo vídeo, uma moradora que também tá gravando discretamente, o prefeito percebe, pede o celular, e acreditem, dispara: “Um beijo para a dona do celular.”

Quem não viu o vídeo do Parque Jair, realmente acredita no que os funcionários da prefeitura estão divulgando hoje, por tanto, confira o vídeo onde Luís Fernando aparece naturalmente, sem saber que está sendo gravado.

Veja os dois vídeos, o de hoje, gravado e dirigido por sua equipe de comunicação e amplamente divulgado pelos funcionários da prefeitura, e o original, gravado pela população do Parque Jair, e amplamente divulgado pelo povo.

Vídeo gravado pela equipe do prefeito

Gravado pelo povo

Vídeos: Conheça as duas faces do prefeito de São José de Ribamar.

O primeiro vídeo foi gravado sem que Luís Fernando soubesse que estava sendo filmado. Com tom arrogante, o prefeito tenta impor o seu autoritarismo, e em certo ponto até desdenha dos moradores, mandando que eles procurem a Mirante para asfaltar as ruas do bairro. Durante todo o vídeo, o que se pode notar, é um Luís Fernando que poucas pessoas conhecem, arrogante, nervoso. A gravação termina com o prefeito esbravejando: “ Conversem como gente que eu converso com vocês, e desbloqueiem a rua já!”

 

Esse segundo vídeo foi gravado minutos depois, logo após a assessoria de comunicação do prefeito tomar conhecimento de que o primeiro vídeo tinha viralizado em grupos de whatsApp de todo o Estado do Maranhão. Editado e sob a coordenação de um marqueteiro, o vídeo mostra um prefeito calmo, técnico, amoroso com a comunidade que minutos antes mandou “Virar gente pra falar com ele”. Durante toda a gravação, ele se posiciona ao lado de uma pessoa que no final, se apresenta como liderança do bairro, mas que na verdade, é filiado ao PSDB, partido do prefeito, e foi candidato a vereador na eleição de 2016.

É preciso que o leitor veja os dois vídeos para entender como as coisas mudam quando o prefeito sabe que está sendo gravado. Confira.

Após 8 meses, sob ameaça de greve, reajuste é concedido, mas Luís Fernando não pagará retroativo dos professores.

Sob pressão dos professores, e ameaça de greve, Luís Fernando concede reajuste, mas tira o retroativo.

O reajuste do piso dos professores foi anunciado pelo MEC – Ministério da Educação em janeiro, de lá para cá, os professores de São José de Ribamar vinham lutando, mês a mês, para que o prefeito, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), concedesse o que já tinha sido garantido através de lei federal.

Depois de muita pressão e resistência do prefeito, que insistia em não pagar o reajuste, alegando falta de dinheiro, mesmo o município tendo recebido mais de R$ 50 milhões do Fundeb, só este ano, e sob a ameaça de greve, enfim, os professores tiveram uma “meia vitória”, no inicio da tarde desta quinta-feira. (17).

Com medo de mais desgastes, depois de ter perdido a estribeira um dia antes, com moradores do Parque Jair, e sob a pressão dos professores na porta da prefeitura, Luís Fernando aceitou conceder reajuste de 7, 64%.

No projeto enviado pelo prefeito e aprovado pelos vereadores, a data-base do reajuste será o dia 01 de agosto, ou seja, foi retirado o equivalente a 53,48% de um salário dos professores durante este ano.

Pra se ter uma ideia, um professor que recebe R$ 1.995,00, com o atraso no reajuste, que deveria ter sido concedido em janeiro, e a retirada do retroativo, esse professor perdeu só este ano, R$ 1.066,87, mas do que a metade de um salário.

“Perdemos sete meses de reajuste. Mas essa é a valorização que eles dão prá gente. Você sabe quanto foi o reajuste do salário do prefeito? Sabe desde que mês ele recebe o salário reajustado? Mas o que ele dá para os professores é isso.” Questionou indignada a professora Flavia.

Pelo cronograma do Mec, novo reajuste deve ser anunciado em janeiro, agora é esperar pra ver quanto tempo os professores vão ser enrolados novamente.

Pressão! Luís Fernando enfrenta mais um protesto, desta vez foram os professores.

Luís Fernando enfrenta mais um protesto de insatisfação com sua gestão

Um dia após protagonizar cenas de confusão e bate-boca com moradores do Parque Jair, hoje (17),  o prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB),  enfrentou o descontentamento dos professores, que foram até a prefeitura protestar. Proibidos de entrar no prédio, dezenas de professores foram obrigados a ficar no sol quente.

Indignados pelo descompromisso e desrespeito da atual gestão, que ainda não pagou o reajuste de 7,64% do piso da categoria, concedido através de Lei Federal desde janeiro deste ano, dezenas de professores protestaram durante toda a manhã desta quinta-feira.

Com medo da revolta dos professores, o prefeito Luís Fernando pediu reforço junto a Guarda-Municipal, o que foi completamente desnecessário, já que o protesto era pacifico, como declarou a professora Adriana.

“Não queremos nada demais, apenas o reajuste garantido por lei. Engraçado que antes de ser eleito, o prefeito dizia que iria valorizar nossa categoria, e o que vejo é isso, somos obrigados, a maioria mulheres, a ficar nesse sol quente. A única coisa que não existe aqui é respeito.” Lamentou a professora.

Acostumados com as desculpas do atual gestor, uma professora ironizou. “E não adianta vir colocar culpa no ex-prefeito, por nós somos professoras, muito bem informadas. O ex-prefeito que você tanto condena, nos deu 77,37% de reajuste em seis anos, faça igual ele, pelo menos!” ironizou a professora Fabiana.

Dados oficiais mostram que o município já recebeu, só pra educação, mais de R$ 50 milhões este ano.

Até a presente data, segundo informações oficiais do Governo Federal, a prefeitura de São José de Ribamar já recebeu mais de R$ 54 milhões, recurso que deveria ser usado exclusivamente para a Educação. Mesmo assim, o prefeito insiste que o município não tem condições financeiras para pagar o reajuste.

De acordo com a diretoria do Sinproesemma, há condições financeiras sim, e além do pagamento do reajuste do piso salarial, de 7,64%, estão sendo cobrados outros direitos, como progressões/promoções e gratificação de difícil acesso.