Ao som de Boi de Corno, Governo do Estado vai pagar R$ 100 mil por show de Zeca Baleiro em São Luís.

Diferente do release distribuído para alguns veículos de comunicação, que afirma que o bloco do Zeca Baleiro é um bloco independente e conta com patrocínio da Skol, ficou faltando mais informações. Zeca Baleiro  vai abocanhar R$ 100 mil do Governo do Estado, esse é o valor que consta no extrato de contrato publicado no inicio do mês

O show deve acontecer no próximo dia 28, em plena terça gorda de carnaval. Alguns artistas maranhenses reclamam da alta valorização de Baleiro e do gelo em artistas que, tradicionalmente são pedidos pelos foliões nesse período.

O dinheiro será pago à empresa Ponto de Bala Produções e Editora Musical Eireli – Epp, de São Paulo, por meio de acordo homologado deste o dia 19 do mês passado, com inexibilidade de licitação, pelo secretário de Estado da Cultura e Turismo, Diego Galdino, e o representante da empresa, José de Ribamar Coelho dos Santos.

Imperatriz

A presença de Zeca Baleiro no Carnaval de Imperatriz foi confirmada pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal na última quinta-feira (16). A data da apresentação ainda não está definida e ele deve subir ao palco durante uma das quatro noite de folia da cidade.

Entre o PCdoB do Governador Flavio Dino e o PMDB do Delegado Assis, Baleiro conseguiu, fora do seu período de alta, abocanhar mais de R$ 100 mil dos cofres maranhenses.

Açaílândia

Enquanto isso, o município não terá festa oficial este ano, de acordo com o prefeito todo o recurso que seria investido no carnaval, será destinado a recuperação de estradas e escolas.

Sobrinho de Luis Fernando emplaca paraibano como Subprefeito de São José de Ribamar

Rodrigo Valente mostrou força junto ao seu tio e também conseguiu a nomeação de Rose Clea Silva Serra Montini no cargo de secretária adjunta de Assistência Social.

Giovanni Montini e seu padrinho político Rodrigo Valente

A farra de nomeações de aliados políticos do prefeito Luis Fernando Silva (PSDB) segue em ritmo acelerado no município de São José de Ribamar.

E como vem acontecendo na maioria esmagadora das vezes, os cargos do chamado alto escalão continuam sendo distribuídos para profissionais de fora da cidade e até de outros estados.

A mais nova aquisição do tucano foi o jornalista paraibano Giovanni Montini Soares, nomeado para o cargo de administrador regional, uma espécie de subprefeito, com salário mensal de R$ 5.900.

A nomeação de Montini foi articulada pelo economista Rodrigo Ericeira Valente da Silva, que vem a ser sobrinho de Luis Fernando.

Valente mostrou forte prestígio junto ao tio e também conseguiu nomear Rose Clea Silva Serra Montini, esposa do jornalista paraibano, como secretária municipal adjunta de Assistência Social, cujo salário supera a casa dos R$ 7 mil.

Nomeação articulada por Rodrigo Valente

Ex-dirigente do PMDB de São José de Ribamar, Rodrigo Valente foi secretário municipal na gestão do ex-prefeito Gil Cutrim (PDT), onde tentou ventilar uma possível candidatura a prefeito, criando fortes atritos com o vice-prefeito Eudes Sampaio. Valente também exerceu o cargo de secretário estadual no governo Roseana Sarney (PMDB), em 2014.

A relação de Rodrigo com Giovanni chega a ser como carne e unha, por onde passou, Rodrigo levou Giovanni para assessorá-lo. Na Prefeitura de São José de Ribamar, no Governo do Estado, inclusive no Jaracati Shopping, em São Luís, empreendimento pertencente à família Sarney e que é dirigido pelo economista, que também acumula o cargo de coordenador de Direitos e Registros do Tribunal de Justiça do Maranhão – PoliValente esse moço, hein?.Rodrigo Valente também a Capital Turismo em Imperatriz , e a Tc Empreendimentos Imobiliarios Ltda em São Luís, empresas de sua propriedade.

Exoneração e Nomeação no mesmo dia e local.

Uma outra curiosidade envolve a relação do sobrinho de Luís Fernando com o paraibano. No dia 28 de dezembro de 2015, Valente foi exonerado do cargo em comissão DANS 1, de assessor parlamentar, que “exerceu” durante o ano de 2015 na Assembleia Legislativa do Maranhão, no mesmo período em que dava expediente no Tribunal de Justiça.

No mesmo dia que Valente pediu pra ser exonerado, Montini foi nomeado para o mesmo cargo.

Acontece que o paraibano, durante o período que esteve nomeado na AL, nunca foi visto dando expediente na Casa do Povo, no entanto, tinha cadeira cativa na Administração do Jaracaty Shopping.

Este período corresponde justamente ao tempo que Valente estava à frente da direção do Jaracati Shopping.

Coincidência, não?

LEIA OUTRAS MATÉRIAS RELACIONADAS.

Camuflado de Assessor, Luís Fernando nomeia jardineiro subprefeito de São José de Ribamar

Luís Fernando começa a agraciar candidatos derrotados, com cargos na prefeitura.

Tema caminha para comandar a Famem pela terceira vez.

O prefeito da cidade de Tuntum, Cleomar Tema, registrou, na tarde desta segunda-feira (09), a chapa na qual concorrerá ao cargo de presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), biênio 2017/18.

A chapa “Prefeito Humberto Coutinho” – uma homenagem ao ex-prefeito de Caxias e atual residente da Assembleia Legislativa – foi entregue dentro do prazo e horário estabelecidos pela comissão eleitoral. Ela é composta por gestores de diversas regiões do estado.

Já a prefeita de Rosário, Irlahi Moraes, chegou à sede da Federação faltando dez minutos para as 18h – prazo máximo para registro. No entanto, ela não estava de posse de requerimento, exigido em edital, para inscrição da chapa. O pedido de registro da prefeita, já por volta das 18h25 (ou seja, fora do horário determinado), foi recebido pela diretoria-geral.

Porém, ainda será submetido a avaliação da comissão eleitoral.

O ato de registro da chapa encabeçada por Cleomar Tema contou, além dos gestores candidatos aos cargos na diretoria, com as presenças do ex-presidente da Federação, Gil Cutrim; e outras lideranças políticas, dentre elas o deputado federal Weverton Rocha (PDT) e o ex-prefeito Rubens Pereira.

Já tendo exercido por dois mandatos o cargo de presidente da entidade, Tema disse que o seu objetivo é voltar a trabalhar pelo fortalecimento do municipalismo no Maranhão.

Destacou como principais compromissos a serem executados logo no início de sua gestão a redução, em 30%, das contribuições dos municípios; anistia dos débitos das cidades que, neste momento, estejam inadimplentes com seus pagamentos; e ampliação dos serviços de assessoramento.

Ele também defendeu uma parceria institucional e independente entre a FAMEM e o governo do estado. “Estaremos, sim, próximos do governo estadual com o objetivo de resolver, da forma mais ágil possível, as demandas dos municípios maranhenses”, disse.

E tudo caminha para que Tema seja, pela terceira vez, presidente da FAMEM.

Governo firma parceria para implantação de escolas de ensino integral

20150424063524698639eO governador Flávio Dino assinou, no Palácio dos Leões, convênio para o processo de implantação de escolas de ensino médio em tempo integral no Maranhão, na manhã de ontem, 23. Pelo convênio, o Instituto Natura, o Instituto de Co-Responsabilidade pela Educação (ICE) e a empresa Alere fornecerão apoio técnico para o desenvolvimento de um conjunto de ações que visam a melhoria da oferta e da qualidade do ensino público no estado.

Até o início do próximo ano, adequações físicas e pedagógicas serão realizadas em escolas do Maranhão para que elas estejam preparadas para receber os alunos de nível médio em tempo integral, nove horas e meia por dia, das 7h30 às 17h. A previsão é que já em fevereiro de 2016, as primeiras 10 escolas de ensino integral em nível médio estejam funcionando no estado, sendo cinco profissionalizantes e cinco de iniciação acadêmica.

Jovens de todo o estado serão beneficiados pelo convênio. “Nós acreditamos muito na parceria entre a iniciativa privada e o poder público para melhorar as condições da prestação de serviço público no estado, beneficiando cada vez mais a população. É isso que estamos concretizando aqui hoje. Essas parcerias são imprescindíveis para que Maranhão dê o salto que está dando”, destacou o governador Flávio Dino.

O convênio já vinha sendo pleiteado pelas instituições envolvidas e pela iniciativa privada desde o ano de 2007, mas ainda não havia sido concluído pelas gestões anteriores. Ainda em dezembro do ano passado, após eleito governador, Flávio Dino esteve no Ceará e em Pernambuco para conhecer experiências exitosas de escolas integrais nesses estados.

“O sentimento que temos agora é de que finalmente conseguimos. Antes mesmo de tomar posse, o governador já havia visitado escolas que ajudamos a implantar em Pernambuco e no Ceará, mostrando que essa seria uma prioridade do seu governo. Rapidamente ele tomou a decisão, o projeto avançou e hoje, com menos de quatro meses de gestão, estamos aqui”, lembrou o presidente do Instituto de Co-Responsabilidade pela Educação (ICE), Marcos Antônio Magalhães.

Adequações

Com a assinatura do convênio, terá início as adequações físicas e pedagógicas nas escolas. “Com esse modelo, o aluno precisará almoçar na escola, socializar, entre outras atividades novas. As escolas carecem desses espaços específicos. O segundo elemento é o planejamento da implantação dessas escolas à luz da infraestrutura pedagógica, ou seja, as escolas terão bibliotecas muito bem equipadas, terão laboratórios de física, química, biologia, matemática e robótica. A terceira vertente é capacitação dos recursos humanos, da secretaria da Educação e das equipes escolares, como professores, coordenadores e diretores de escolas”, detalhou Marcos Antônio Magalhães.

No período em que estarão nas escolas integrais, os alunos terão acesso, além do currículo básico de cada série de nível médio, a atividades culturais, pesquisas e laboratórios dentro da própria escola. “Essa metodologia inovadora vai dignificar a educação no nosso estado e, desta forma, conseguiremos elevar os índices educacionais no Maranhão, como orienta a política do governo Flávio Dino”, frisou a secretária de Educação, Áurea Prazeres.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Bira do Pindaré, lembrou que até o momento o Maranhão não conta com nenhuma escola de nível técnico-profissionalizante mantida pelo governo do Estado. Estruturas assim no Maranhão são mantidas apenas pelo governo federal, mas com as parcerias o estado avança na qualidade do ensino público.

“O governador Flávio Dino veio com o propósito de fazer mudança no nosso estado e essas mudanças significam necessariamente transformar a realidade educacional, por essa razão, acertamos mais uma vez, investindo e na educação pública de qualidade, trazendo a experiência da escola pública de tempo integral”, pontuou Bira do Pindaré.

Ligações em orelhões serão gratuitas a partir de hoje (15) no Maranhão

imageA Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) determinou que as ligações de orelhões da Oi serão gratuitas em 15 Estados a partir desta quarta-feira (15), após a operadora de telecomunicações não atingir patamares mínimos de disponibilidade nessas localidades.

“A medida é resultado do trabalho da Anatel no monitoramento dos patamares mínimos de disponibilidade dos telefones públicos da concessionária em sua área de atuação”, disse o órgão regulador em comunicado à imprensa nesta quarta-feira.

A disponibilidade dos orelhões deve ser e de no mínimo 90% em todos os Estados e no mínimo 95% nas localidades atendidas somente por orelhões, segundo a Anatel.

A Oi não atingiu os patamares mínimos de disponibilidade nos Estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Sergipe, de acordo com a Anatel.

Mulher esculhamba os maranhenses e a cultura do Estado em rede social

imageUma publicação preconceituosa contra a cultura e o povo maranhense gerou indignação neste domingo (1). Uma jovem que seria natural de Porto Alegre (RS) teria postado na própria página, em uma rede social, a felicidade de retornar para a terra natal após 1 ano e 7 meses, em Imperatriz (MA), na companhia do esposo que seria funcionário da empresa Suzano Papel e Celulose.

“A cultura do maranhense é horrível. O carnaval é um lixo ‘Tal de bomba meu boi, tambor de crioula’. A maioria das Mulheres são piriguetes e os Homens malandros. Mais da metade das pessoas são semi-analfabetos. #AmoMinhaCidade #Gramado RS”, declarou a mulher identificada apenas como Isabela Cardoso, sorrindo também da pobreza do Maranhão.

Governo do Estado antecipa pagamento para amanhã (28)

imageO governador Flávio Dino determinou o pagamento antecipado do funcionalismo estadual para este sábado (28). Programado para o dia 3 de março (terça-feira), o pagamento ainda neste mês beneficia 112 mil servidores ativos e inativos. A decisão do governador considerou a possibilidade financeira alcançada neste mês pelo Estado, a tabela de pagamento está mantida, mas todas as vezes que houver possibilidade a folha será paga dentro do mês.
“Após adotarmos medidas austeras como reduzir os gastos com custeio da administração tivemos condições de garantir o pagamento ainda no mês trabalhado. Conforme asseguramos antes, sempre que o governo tiver disponibilidade financeira vamos realizar o pagamento dos servidores no mês trabalhado. A valorização dos servidores públicos é um compromisso da nossa gestão”, disse o governador.
A gestão anterior deixou uma dívida de R$ 1,3 bilhão e com uma grande parcela dos pagamentos vencida. Ainda assim, após a determinação do governador de contingenciamento de 30% do custeio do tesouro, a redução dos contratos vigentes e a melhor aplicação dos recursos públicos, 112 mil servidores receberão neste sábado os vencimentos de fevereiro.
Entre os servidores que compõem a estrutura da administração estadual, 74 mil são ativos – entre efetivos, comissionados e temporários das administrações direta e indireta – e 38 mil são inativos, considerando aposentados e pensionistas.
– See more at: http://www.ma.gov.br/index.php/agencia/noticias/?id=92331#sthash.ISGzYAIY.dpuf

MA registra 2º maior índice de mortes em estradas no carnaval, diz PRF

prfradar1O Maranhão registrou o segundo maior número de mortes nas estradas federais que cortam o Estado, durante o carnaval em 2015, entre a sexta-feira (13) e quarta (18). O levantamento aponta que 47 acidentes foram registrados. Com relação aos números do ano passado, o número de mortes dobrou e o de acidentes caiu. O dado foi divulgado nessa quinta-feira (19) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Em 2014, a PRF registrou 53 acidentes, ante 47 deste ano, uma queda de cerca 11%. O número de mortes dobrou em relação ao ano passado, quando foram registradas cinco mortes. A quarta-feira de cinzas foi o dia que registrou mais mortes: quatro. Já a segunda-feira de carnaval não registrou nenhuma.

De acordo com o balanço da PRF, este ano, o Maranhão foi o 17º estado em número de acidentes no país e o segundo em número de mortes, empatado com o Distrito Federal. Minas Gerais foi o Estado que apresentou os números mais expressivos do país: 400 acidentes e 14 mortes.

FAMEM e Bancada Maranhense estabelecem agenda de trabalho em favor dos municípios

REUNIÃO BRASILILA (2)A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) e a Bancada Maranhense em Brasília estabeleceram uma agenda positiva e periódica de trabalho para tratar de assuntos de interesse das cidades e das suas populações.

As tratativas foram finalizadas nesta terça-feira (10), na capital federal, durante reuniões entre o presidente da entidade municipalista, prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar), e os deputados federais Waldir Maranhão (PP) e Pedro Fernandes (PTB), 1º vice-presidente da Câmara Federal e coordenador da Bancada Maranhense, respectivamente.

De acordo com o que ficou definido, de dois em dois meses Gil Cutrim, acompanhado de prefeitos e prefeitas integrantes da diretoria da entidade e de equipes técnicas, estará reunido em Brasília com os deputados federais e senadores do Maranhão.

Na pauta, assuntos de interesse dos municípios maranhenses. A primeira reunião acontecerá no próximo dia 24.

“Já nesta primeira reunião trataremos da reforma tributária e seus impactos nos municípios maranhenses; redefinição do pacto federativo; e a questão da Refinaria Premium, cujo projeto foi paralisado pelo Governo Federal. Avalio que o maior ganho que teremos é um maior engajamento da entidade que representa os municípios do Maranhão com os nossos deputados federais e senadores. Estabelecendo um canal permanente de diálogo, com reuniões de avaliações e deliberações sobre os assuntos em pauta, será possível alcançarmos as vitórias que tanto almejamos para o desenvolvimento das cidades de nosso estado”, afirmou Cutrim.

Maranhão e Fernandes elogiaram a iniciativa da direção da FAMEM em estabelecer um canal permanente de diálogo com os deputados e senadores. “As reuniões serão avaliativas e propositivas. Abordaremos os assuntos, iremos deliberar sobre qual posicionamento a Bancada tomará e acompanharemos os resultados em conjunto com a Federação. Tenho certeza que, de forma unida, obteremos resultados em um menor espaço de tempo”, disse o coordenador da Bancada.

REUNIÃO BRASILILA (1)

CNM – Também nesta terça-feira, Gil Cutrim esteve reunido com o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski.

Na oportunidade, o presidente da entidade municipalista maranhense, além de comunicar a formação do grupo de trabalho reunindo FAMEM e Bancada Maranhense, tratou de assuntos da pauta municipalista nacional, dentre eles desoneração do IPI, aumento do FPM e as perdas financeiras sofridas pelos municípios brasileiros.

ALÔ FLÁVIO DINO! GERALDO TRANSFORMA INMEQ EM “CASA DA MÃE ROSEANA”.

inmeqNomear milhares de servidores é uma tarefa difícil, principalmente quando a ordem é tirar o Maranhão do atraso com a idéia de varrer o grupo Sarney enraizado em todos os órgãos e emplacar uma nova regra: Governo de todos nós.

Mas em um órgão especial parece que a coisa bagunçou de vez, Flávio Dino escolheu para presidir o Inmeq – Instituto de Metrologia e Qualidade do Maranhão, o estrangeiro Geraldo Carvalho Júnior, isso mesmo, parece que Geraldo desconhece a política estadual, e desde que assumiu a autarquia, vem excluindo os Dinistas e promovendo os Sarneystas.

Pelo visto Flávio Dino e Marcio Jerry não sabem que o diretor do instituto, Geraldo Carvalho Júnior, em um mês, vem fazendo uma besteira atrás da outra, desde o simples recado que manda a aliados de Dino: “Não atendo político nem recebo pedidos.” até “as promoções aos recodistas de viagem na era Sarney.”

O estrangeiro, digo, Geraldo, levou para ser Diretor Financeiro do Inmeq, Rocha Neto, que foi por duas vezes secretario da Industria e Comercio de Roseana Sarney. Ainda bem que perceberam e mandaram correr.

Não satisfeito, nomeia para o setor de Recursos Humanos, Luis Ricardo, que está de camisa amarela no comício de Lobão Filho,, abraçando o deputado federal sarneyzista Hildon Rocha, que votou e militou na chapa cheia: Lobão, Gastão Vieira, Cesar Pires e Hildon Rocha, todos adversários dos comunistas.

Geraldo Júnior vai mais além e nomeia para Diretor Técnico Zois Gantzias (de óculos Escuro), conhecido por passar mais dias fora do Estado do que no próprio Inmeq, sempre aos custos de altas diárias pagas pelo Estado, na foto está com a bandeira de Lobão filho no ombro, fazendo a retaguarda para Hildon Rocha, Cesar Pires e Jones Braga. É molé?

Por ultimo, ele manteve como chefe de gabinete Andrezza Mondego, aquela que aparece na foto de blusa branca registrando os momentos da campanha do candidato de Roseana Sarney.

Além do trio, Geraldo manteve e promoveu um time completo em um acordo com o ex-presidente Jones Braga, (sarneysta até a alma), o mesmo que coordenou a última campanha na qual Roseana Sarney derrotou Flávio Dino. Entre os nomeados está o advogado Cezinha, filho do Deputado Estadual Cesar Pires, também sarneysta.

E assim, o Inmeq continua respirando o clã Sarney e seus militantes, transformando o Instituto em “Casa da Mãe Roseana”.

Na Parede

Um linguarudo que esteve no Inmeq este mês ( Fevereiro), disse em tom irônico: “Rapaz, até o quadro da ex-Governadora continua na Parede por lá, o negócio é bagunçado mesmo!”