Bomba!!!! Luís Fernando vai torrar quase R$ 2 milhões em propagandas

Esse valor será usado para pagar blogs, programas de rádio, jornais, programa de TV que veiculam matérias positivas sobre a Prefeitura de São José de Ribamar, entre outros serviços.

O prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), vai queimar uma verdadeira fortuna com publicidade, na tentativa de melhorar sua imagem, completamente desgastada desde que assumiu o município e vem autorizando diversas medidas impopulares, como a perseguição aos vendedores de peixe, e o tratamento ríspido contra moradores do Parque Jair, gravado no mês passado, quando o prefeito recebeu uma comissão que protestava contra o descaso e abandono do gestor ao bairro.

A empresa que vai faturar toda essa fortuna, é a AG10, do amigo de longas data do tucano, o publicitário Melchiades, responsável pelo bordão que estampava a TV Mirante todas as noites, no horário nobre, com  a musiquinha “São José de Ribamar, melhor para todas.”, quando Luís Fernando não economizava dinheiro para tentar vender uma boa imagem para todo o Estado, em busca da tão sonhada cadeira de Governador.

Ao preço de quase R$ 2 milhões, AG10 deverá tentar melhorar a péssima imagem do prefeito.

Agora, enfrentando uma onda de queda de popularidade, a AG10 receberá quase R$ 2 milhões de reais para tentar melhorar a popularidade do atual prefeito de São José de Ribamar.

O Extrato de Contrato foi publicado nesta segunda-feira, 04, na Edição número 126 do Diário Oficial do Municipio.

Com esse dinheiro todo, o prefeito de São José de Ribamar deixará de investir em educação, saúde e infraestrutura, e pagará altos valores para radialistas, blogueiros, jornais e emissoras de TV, para veiculação de noticias positivas da prefeitura.

Só pra se ter uma ideia, o valor do contrato é de R$ 1 milhão e 800 mil reais, valor que daria para comprar 11 Ambulâncias, mas ainda assim, o prefeito preferiu alugar apenas 4 ambulâncias para o município.

Alunos são obrigados a empurrar ônibus escolar após acidente em São José de Ribamar.

Após momentos de pânico, alunos são obrigados a empurrar veiculo que se envolveu em acidente.

Crianças da rede municipal de ensino do município de São José de Ribamar passaram por momentos de pânico, na manha desta terça-feira, 05, na sede do município. Segundo testemunhas, o ônibus escolar desceu a Rua de Santana completamente desgovernado até invadir a calçada de uma residência.

Logo após o acidente, que deixou dezenas de alunos que eram transportados completamente em pânico, a primeira medida adotada pelos responsáveis foi obrigar os alunos a empurrar o ônibus para retirá-lo do local do acidente.

Felizmente, nenhuma criança ficou ferida, apenas um grande susto e danos materiais no ônibus e na residência.

Em um grupo de whatsApp, o Assessor de Comunicação da Secretaria de Transito do Município, o blogueiro Nunes Colunista, se pronunciou sobre o ocorrido.

“A prefeitura não tem culpa da imprudência desse motorista. Além de irresponsável por usar alunos para empurrar o veiculo. Assim como todos os profissionais, ele com certeza passou por vários procedimentos para conduzir um ônibus. Mas infelizmente não houve um cuidado por parte do mesmo. Vamos analisar o caso em tela, mas saber discorrer também com responsabilidade e responsabilizar a quem é de fato o culpado. Até eu fiquei puto com esse cidadão!” Desabafou o assessor da prefeitura.

Esse é o segundo caso de acidente envolvendo ônibus da rede municipal de ensino em menos de quatro meses. Em maio, um veiculo com 45 alunos chegou a capotar.

Internautas denunciam diariamente que a atual gestão, do prefeito Luís Fernando não vem fiscalizando o transporte escolar, e que em diversos bairros, crianças são obrigadas a se espremer em ônibus completamente lotados.

Luz, câmera e ação: Após mandar moradores do Pq. Jair falar como gente, Luis Fernando grava vídeo “A Lá Lula”.

Parece piada, mas aconteceu hoje (21), em São José de Ribamar. O prefeito Luis Fernando, que foi gravado sem que percebesse, por moradores do Parque Jair, durante protesto na semana passada, e, em tom agressivo, mandou os manifestantes falar como gente, resolveu seguir os conselhos dos marqueteiros, e aproveitando um protesto de moradores contra uma decisão judicial, próximo ao Liceu I, foi lá, levou a equipe de marketing e até puxador de palmas.

No vídeo que está sendo amplamente divulgado por funcionários da prefeitura, o que se vê, é um prefeito que tenta passar uma imagem popular, no melhor estilo “Lula lá”.

“Vocês não vão sair daqui!” diz o prefeito, garantindo que com seu apoio, os moradores não serão retirados do local, que é uma propriedade particular e tem uma reintegração de posse. Bem diferente do que ele tem feito em varias regiões do município, onde donos de ocupações irregulares estão sendo despejados pela prefeitura.

Quanta contradição: O mesmo prefeito que manda derrubar ocupação irregular, afirma que apoia invasão séria.

Relembre:“Luís Fernando acabou com os sonhos da minha família.” Diz trabalhador ao ver lanchonete destruída.

O puxador de palmas levado pela equipe de filmagem, incentiva as palmas e grita “prefeito do povo!”, o que se ouve em seguida é uma miada salva de palmas.

Em seguida, vestindo o espírito Lula, o prefeito garante, “Não vou deixar fazer isso com vocês, eu venho prá, fico no meio de vocês, mas não deixo.” Discursa o prefeito.

Perdido, o prefeito dá uma olha no celular, lê o script novamente, e segue, conforme o roteiro da equipe de marketing.

“Uma coisa é invasão de molecagem! Invasão de quem não precisa.” Diz Luiz Fernado. Nesse momento, um morador grita interrompendo a fala do prefeito, “Não, molecagem não, aqui é só pai de família.” O prefeito segue falando, “Aqui vocês precisam.”  Conclui o prefeito.

Nesse momento, todos os moradores começam a falar simultaneamente, muito parecido com o que aconteceu essa semana, quando um morador, sem que o prefeito percebesse, gravava a forma grossa e autoritária como Luis Fernando se dirigia aos moradores.

Nesse vídeo de hoje (21), amplamente divulgado pelos funcionários, enquanto os moradores falam simultaneamente, diferente do outro vídeo, que ele bate palmas e manda a população falar como gente, nesse novo vídeo, uma moradora que também tá gravando discretamente, o prefeito percebe, pede o celular, e acreditem, dispara: “Um beijo para a dona do celular.”

Quem não viu o vídeo do Parque Jair, realmente acredita no que os funcionários da prefeitura estão divulgando hoje, por tanto, confira o vídeo onde Luís Fernando aparece naturalmente, sem saber que está sendo gravado.

Veja os dois vídeos, o de hoje, gravado e dirigido por sua equipe de comunicação e amplamente divulgado pelos funcionários da prefeitura, e o original, gravado pela população do Parque Jair, e amplamente divulgado pelo povo.

Vídeo gravado pela equipe do prefeito

Gravado pelo povo

Vídeos: Conheça as duas faces do prefeito de São José de Ribamar.

O primeiro vídeo foi gravado sem que Luís Fernando soubesse que estava sendo filmado. Com tom arrogante, o prefeito tenta impor o seu autoritarismo, e em certo ponto até desdenha dos moradores, mandando que eles procurem a Mirante para asfaltar as ruas do bairro. Durante todo o vídeo, o que se pode notar, é um Luís Fernando que poucas pessoas conhecem, arrogante, nervoso. A gravação termina com o prefeito esbravejando: “ Conversem como gente que eu converso com vocês, e desbloqueiem a rua já!”

 

Esse segundo vídeo foi gravado minutos depois, logo após a assessoria de comunicação do prefeito tomar conhecimento de que o primeiro vídeo tinha viralizado em grupos de whatsApp de todo o Estado do Maranhão. Editado e sob a coordenação de um marqueteiro, o vídeo mostra um prefeito calmo, técnico, amoroso com a comunidade que minutos antes mandou “Virar gente pra falar com ele”. Durante toda a gravação, ele se posiciona ao lado de uma pessoa que no final, se apresenta como liderança do bairro, mas que na verdade, é filiado ao PSDB, partido do prefeito, e foi candidato a vereador na eleição de 2016.

É preciso que o leitor veja os dois vídeos para entender como as coisas mudam quando o prefeito sabe que está sendo gravado. Confira.

Após 8 meses, sob ameaça de greve, reajuste é concedido, mas Luís Fernando não pagará retroativo dos professores.

Sob pressão dos professores, e ameaça de greve, Luís Fernando concede reajuste, mas tira o retroativo.

O reajuste do piso dos professores foi anunciado pelo MEC – Ministério da Educação em janeiro, de lá para cá, os professores de São José de Ribamar vinham lutando, mês a mês, para que o prefeito, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), concedesse o que já tinha sido garantido através de lei federal.

Depois de muita pressão e resistência do prefeito, que insistia em não pagar o reajuste, alegando falta de dinheiro, mesmo o município tendo recebido mais de R$ 50 milhões do Fundeb, só este ano, e sob a ameaça de greve, enfim, os professores tiveram uma “meia vitória”, no inicio da tarde desta quinta-feira. (17).

Com medo de mais desgastes, depois de ter perdido a estribeira um dia antes, com moradores do Parque Jair, e sob a pressão dos professores na porta da prefeitura, Luís Fernando aceitou conceder reajuste de 7, 64%.

No projeto enviado pelo prefeito e aprovado pelos vereadores, a data-base do reajuste será o dia 01 de agosto, ou seja, foi retirado o equivalente a 53,48% de um salário dos professores durante este ano.

Pra se ter uma ideia, um professor que recebe R$ 1.995,00, com o atraso no reajuste, que deveria ter sido concedido em janeiro, e a retirada do retroativo, esse professor perdeu só este ano, R$ 1.066,87, mas do que a metade de um salário.

“Perdemos sete meses de reajuste. Mas essa é a valorização que eles dão prá gente. Você sabe quanto foi o reajuste do salário do prefeito? Sabe desde que mês ele recebe o salário reajustado? Mas o que ele dá para os professores é isso.” Questionou indignada a professora Flavia.

Pelo cronograma do Mec, novo reajuste deve ser anunciado em janeiro, agora é esperar pra ver quanto tempo os professores vão ser enrolados novamente.

Pressão! Luís Fernando enfrenta mais um protesto, desta vez foram os professores.

Luís Fernando enfrenta mais um protesto de insatisfação com sua gestão

Um dia após protagonizar cenas de confusão e bate-boca com moradores do Parque Jair, hoje (17),  o prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB),  enfrentou o descontentamento dos professores, que foram até a prefeitura protestar. Proibidos de entrar no prédio, dezenas de professores foram obrigados a ficar no sol quente.

Indignados pelo descompromisso e desrespeito da atual gestão, que ainda não pagou o reajuste de 7,64% do piso da categoria, concedido através de Lei Federal desde janeiro deste ano, dezenas de professores protestaram durante toda a manhã desta quinta-feira.

Com medo da revolta dos professores, o prefeito Luís Fernando pediu reforço junto a Guarda-Municipal, o que foi completamente desnecessário, já que o protesto era pacifico, como declarou a professora Adriana.

“Não queremos nada demais, apenas o reajuste garantido por lei. Engraçado que antes de ser eleito, o prefeito dizia que iria valorizar nossa categoria, e o que vejo é isso, somos obrigados, a maioria mulheres, a ficar nesse sol quente. A única coisa que não existe aqui é respeito.” Lamentou a professora.

Acostumados com as desculpas do atual gestor, uma professora ironizou. “E não adianta vir colocar culpa no ex-prefeito, por nós somos professoras, muito bem informadas. O ex-prefeito que você tanto condena, nos deu 77,37% de reajuste em seis anos, faça igual ele, pelo menos!” ironizou a professora Fabiana.

Dados oficiais mostram que o município já recebeu, só pra educação, mais de R$ 50 milhões este ano.

Até a presente data, segundo informações oficiais do Governo Federal, a prefeitura de São José de Ribamar já recebeu mais de R$ 54 milhões, recurso que deveria ser usado exclusivamente para a Educação. Mesmo assim, o prefeito insiste que o município não tem condições financeiras para pagar o reajuste.

De acordo com a diretoria do Sinproesemma, há condições financeiras sim, e além do pagamento do reajuste do piso salarial, de 7,64%, estão sendo cobrados outros direitos, como progressões/promoções e gratificação de difícil acesso.

Gil Cutrim comenta vídeo em que Luís Fernando destrata moradores do Parque Jair.

O ex-prefeito Gil Cutrim (PDT) não deixou barato os insultos do atual gestor ribamarense Luís Fernando Moura da Silva Silva (PSDB), que nesta quarta-feira (16), durante uma conversa com moradores do Parque Jair, foi flagrado filmado durante bate-boca com moradores, e tentando colocar culpa dos problemas do bairro no seu antecessor.

Leia também: “Conversem como gente que eu converso com vocês!” Esbraveja Luís Fernando contra população do Parque Jair.

Em postagem na sua conta no Facebook, intitulada “APENAS UM MENTIROSO E MAL EDUCADO”, Gil rebateu o tucano.

“Acabo de ver um vídeo no qual o atual prefeito de São José de Ribamar destrata uma comissão de moradores do bairro Parque Jair. As imagens mostram a verdadeira face de um cidadão autoritário e que se utiliza de argumentos falsos para tentar intimidar uma comunidade.” Destacou o pedetista.

Cutrim também explicou que é”mentirosa a afirmação de que sua gestão deixou dívida de R$ 40 milhões. E condenou os xingamentos do prefeito.“Ao contrário do que fez o atual gestor, não me reportarei a ele utilizando o apelido pelo qual ficou conhecido na pré-campanha de 2014, quando foi retirado da condição de possível candidato ao cargo de governador.”, disse Gil.

“Conversem como gente que eu converso com vocês!” Esbraveja Luís Fernando contra população do Pq Jair.

Após mais de 40 horas de manifestação, e sem a presença de nenhuma autoridade do Poder Executivo do município, os moradores do Parque Jair, bairro localizado no município de São José de Ribamar, resolveram nesta quarta-feira (16), tomar satisfação na própria prefeitura, chegando lá, foram recebidos pelo próprio prefeito, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB).

Totalmente diferente daquele candidato doce, de voz calma e esperançosa, que a população do bairro conheceu durante o período eleitoral, o prefeito que apareceu pra falar com os moradores tinha um semblante arrogante e autoritário.

No vídeo, gravado por um morador sem que o prefeito soubesse, dá pra ver como Luís Fernando trata a população quando já está no poder e não depende mais de votos para se eleger.

A gramação começa com o prefeito ironizando a manifestação. “Que história é essa de manifestação? A mirante vai asfaltar pra vocês? Pergunta Luís Fernando.

Em seguida, tenta atribuir o problema ao ex-gestor, ele é prontamente advertido pelos moradores: “ Mas foi o senhor que mandou a gente votar nele!”.

Sem reação, Luís Fernando perde a estribeira e visivelmente alterado, responde: “Eu pedi, e daí!?, e daí!?, eu pedi, e daí!?

Sem informar que prefeito não faz nada de graça, e que a população paga altos impostos em praticamente tudo que faz, o vídeo segue com Luís Fernando tentando ludibriar os moradores, dizendo que colocou água no bairro sem cobrar nada, e deixa claro que se fizerem manifestação ele não resolve.

“Quem colocou água no Parque Jair sem cobrar nada da população fui eu, então que diabo é isso? Quer dizer, porque eu assumi a prefeitura, seis meses de chuva direto, um mês que passa a chuva faz manifestação? Continuem manifestando porque eu não resolvo.” Decretou.

Tentando intimidar a população de que manifestação é crime, o prefeito foi obrigado a ouvir poucas e boas da população, e não aguentou a pressão, disparando mais uma pérola contra os pais de famílias que estavam na reunião.

Vocês querem saber de uma coisa? Conversem como gente que eu converso com vocês”. Disse Luís Fernando.

O vídeo termina com o prefeito afirmando que não vai adiantar fazer manifestação que ele não fabrica dinheiro, e quem chamar imprensa, que peça para ela asfaltar as ruas.

“Todos os bairros de Ribamar podem fazer manifestação que não adianta, eu não fabrico dinheiro. Vocês querem que a mirante asfalte? Pede pra mirante!” concluiu o prefeito.

Veja o vídeo.

Moradores do Parque Jair protestam por melhorias no bairro

Moradores do Parque Jair, bairro pertencente ao município de São José de Ribamar, promovem, desde as 6h desta terça-feira (15), uma manifestação que resultou no bloqueio de várias vias que dão acesso a localidade habitada por mais de dez mil pessoas.

Eles cobram da prefeitura municipal, administrada pelo tucano Luis Fernando Silva, ações urgentes e eficientes no setor da infraestrutura, por exemplo.

O protesto também visa chamar a atenção da Secretaria de Estado da Segurança Pública no sentido de aumentar o policiamento no local.

O movimento dos moradores, que também conta com a participação de estudantes, prossegue.

Ainda não se tem informações se representantes da prefeitura e do governo do estado já se encontram no local.

As informações são do Blog do Glaucio Ericeira.

FARRA DOS ALUGUÉIS: Luís Fernando aluga por R$ 646 mil, quatro ambulâncias que podem ser compradas por R$ 640 mil.

Se o prefeito mantiver esse contrato por quatro anos, gastará mais de R$ 2 milhões e meio com locação de Ambulâncias, e no final do seu mandato deixará a prefeitura sem nenhum veiculo para atender a população.

O prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), segue dando aula de como desperdiçar dinheiro público. Depois de ter alugado 66 veículos que servem aos secretários que moram em São Luís e custaram aos cofres municipais R$ 1 milhão e 600 mil, agora a farra dos alugueis se repete.

De acordo com a publicação do Diário Oficial de São José de Ribamar da última quinta-feira (10), Luís Fernando vai pagar R$ 646.800,00 pelo aluguel de quatro ambulâncias, sem motorista e sem combustível, durante o período de 12 meses. A empresa contratada para fornecer as quatro ambulâncias é a Medicar Assistência Domiciliar LTDA, com sede em Ribeirão Preto, São Paulo.

R$ 160 mil reais é o valor que custa cada ambulância comprada, segundo informações do Governo do Estado.

Com todo esse dinheiro, se o prefeito quisesse, compraria quatro Ambulâncias novinhas, como tem feito o Governo do Estado e a maioria das cidades, integrando ao município, patrimônio próprio.

Se Luís Fernando mantiver esse contrato durante os quatro anos, ao final, terá gasto R$ 2 milhões 584 mil reais, e não deixará nenhuma ambulância no município, deixando o próximo prefeito sem nenhum veiculo.

O preço de uma ambulância no padrão exigido para São José de Ribamar está cotado em R$ 160 mil reais, ou seja, quatro ambulâncias custariam R$ 640 mil reais, R$ 6 mil a menos do que o prefeito gasta para alugar.

Nas redes sociais, um dos servidores da assessoria de comunicação justificou o contrato afirmando que a locação é muito mais vantajosa e disse que a manutenção das ambulâncias custariam o preço de uma nova, R$ 160 mil reais.

Pelo visto, se a prefeitura for fazer manutenção dos veículos próprios da prefeitura, pela ótica desse servidor, haja dinheiro!

Outros contratos de locação:

Locação de R$ 66 veiculos – R$ 1 milhão e 600 mil reais

Locação de Palco e Som – R$ 3 milhões 694 mil reais