Léo Gago chega pra reforçar Sampaio, mas ainda não joga.

leogago-zuhairO Sampaio confirmou a contratação do volante Léo Gago, de 33 anos. O atleta chega nesta quarta-feira a São Luís e ainda terá divulgada a data para sua apresentação oficial no CT José Carlos Macieira.

O jogador estava no Itumbiara, clube pelo qual fez 13 jogos pelo Campeonato Goiano. O jogador teve passagens também pelo Vasco, Palmeiras, América-RN, Bragantino, Grêmio, Coritiba, entre outros.

Léo Gago conhece muito bem a Série B do Brasileiro. O atleta tem dois títulos nesta divisão. Pelo Coritiba venceu em 2010, e com o Palmeiras foi campeão em 2013.

O Sampaio joga neste sábado, contra o Avaí, pela segunda rodada da Série B. O jogo será em Santa Catarina. Léo Gago não deve participar deste confronto. Ele será trabalhado para as próximas rodadas.

Sampaio vence Imperatriz e joga por empate para conquistar título estadual

dionesJogo difícil, complicado e tenso. Enfim, clima de decisão do Campeonato Maranhense entre Sampaio e Imperatriz, na noite deste domingo, no Castelão. O time de São Luís conseguiu, pelo menos, inverter a vantagem para a segunda partida, pois venceu, por 2 a 1.

O primeiro gol do Sampaio na verdade foi do Imperatriz. O volante Gualberto tentou tirar a bola dos pés de Válber, mas acabou chutando contra seu gol e abrindo o placar. Não demorou muito e Júnior Chicão aproveitou cruzamento de Clayton carioca para empatar para o Cavalo de Aço. O gol da vitória foi no segundo tempo, com Edivânio, de cabeça, em cobrança de falta de Cleitinho.

O Imperatriz fez melhor campanha do que o Sampaio, por isso, chegou à decisão com a vantagem de jogar pela igualdade no placar agregado. Desta forma, vai precisar de uma vitória simples no segundo jogo para comemorar o título. Como venceu, o Sampaio joga por um empate.

A decisão está marcada para o próximo sábado, às 19h15, no Frei Epifânio d’Abadia, em Imperatriz.

O jogo

A partida foi equilibrada do início ao fim. O Sampaio teve ligeira superioridade e manteve por mais tempo a posse de bola, por isso também teve mais jogadas de ataque criadas.

Pimentinha manteve seu estilo de jogo com dribles e velocidade, mas pecou bastante nas finalizações e quando acertou passando a bola para seus companheiros, estes erraram também, como foi no lance aos 41 minutos do primeiro tempo quando Rogério desperdiçou.

O atacante Robert jogou no sacrifício e pouco fez pela equipe. O atleta foi diagnostica com torça no joelho e nem seria relacionado para o jogo, mas de forma surpreendente ele apareceu no time titular, mesmo confirmando que estava sentindo dores e teria limitação nos movimentos.

Pelo Imperatriz, Júnior Chicão e André também foram para o jogo no sacrifício. Os jogadores enfrentaram problemas na preparação para a partida e permaneceram em campo até o segundo tempo. Chicão fez gol e participou de lances importantes. André teve muito trabalho com as investidas de Pimentinha.

Ao fim, parte da torcida do Sampaio vaiou o time mesmo com a vitória. A torcida do Imperatriz marcou presença também no Castelão.

São José vence, garante classificação e força Superclássico logo na semifinal

sampmoto130415O São José venceu o Santa Quitéria em casa ontem por 2 a 0 pelo Campeonato Maranhense e definiu os confrontos da próxima fase do Estadual. Com o resultado, o clássico entre Sampaio e moto será realizado logo na semifinal. No outro jogo, São José e Imperatriz decidem a outra vaga na final da competição.

Os gols do Peixe-pedra no jogo que classificou a equipe para a próxima fase foram marcados todos no segundo tempo. Aos quatro minutos, Shalisson arriscou de fora da área e contou com um desvio na defesa adversária para abrir o placar. Aos 27, o mesmo Shalisson definiu a vitória da equipe da região metropolitana. Com o resultado, o São José chegou aos 15 pontos e terminou a fase de classificação na segunda posição. Já o Santa Quitéria, até então invicto perdeu a primeira na competição e ficou de fora do G4.

Com isso, a fase de classificação terminou com o Moto em primeiro lugar com 15 pontos, mesmo número do São José, mas melhor nos critérios de desempate. O Imperatriz ficou na terceira posição com 14 pontos, mesmo número do Sampaio, mas com maioer número de vitórias. Já as equipes rebaixadas foram o Balsas e o Expressinho

As semifinais já começam a ser disputadas neste próximo domingo com jogo no interior e na capital. O Moto enfrenta o Sampaio no Castelão e o Imperatriz recebe o São José no Frei Epifânio D’Abadia. No confronto entre os dois grandes da capital, o Papão joga por dois resultados iguais. As duas partidas serão realizadas em São Luís. Já no embate entre Imperatriz e São José, o Peixe-pedra decide em casa e joga por dois resultados iguais.

Somente os dois finalistas garantem vaga na copa do nordeste e na copa do Brasil de 2016. Já a vaga para a Série D deste ano será do campeão ou do vice, caso o Sampaio fique com o título do Estadual.

Clássico

Este deve ser o último confronto entre Sampaio e Moto nesta temporada. Isso porque as duas equipes teriam que avançar até aas fases finais da Copa do brasil para jogarem mais uma vez. Este confronto pela semifinal é decisivo para os dois clubes. O Sampaio quer garantir vaga na nas competições do primeiro semestre de 2016 e o Moto precisa do título para garantir vaga na Série D e ter calendário de competições ainda este ano e tentar o acesso.

Interior x capital

O Imperatriz é o único representante do interior maranhense na competição. Com duas vitórias nas últimas duas rodadas, o cavalo de Aço garantiu vaga na fase de ‘mata-mata’. Já o São José é a única equipe entre as quatro que nunca conquistou o título do Maranhense. O Peixe-pedra fez uma campanha bastante regular e, ao lado do Moto, foram as duas equipes que lideram por mais rodadas, três no total.

Após punição, Sampaio tenta reação diante do Coruripe

imageHá duas semanas, o Sampaio Corrêa encerrou a sua participação no primeiro turno da Copa do Nordeste com um empate sem gols diante do Coruripe, que lhe garantiu a liderança do grupo B. Entretanto, em poucos dias, a expectativa pela classificação virou aflição, com a perda de seis pontos pela escalação irregular do volante Curuca. Agora, em último lugar e com remotas chances de chegar às quartas de final do Nordestão, o Tubarão lutará para tentar reverter esse quadro, sendo que a primeira das três ‘finais’ será contra o mesmo Coruripe, na noite desta quarta-feira (4), às 19h15, no Estádio Gérson Amaral.

Como não está disputando a primeira fase do Campeonato Alagoano, a partida disputada em São Luís foi a última do Coruripe, que teve um bom período de treinamentos até o início do returno da primeira fase do Nordestão. O técnico Jaelson Lopes deve manter a base da equipe titular que atuou no Castelão, com destaque para o atacante Casagrande, que espera marcar um gol diante de sua ex-equipe.

O Sampaio Corrêa, por sua vez, vai se recuperando aos poucos da punição na Copa do Nordeste e da derrota na estreia da Copa do Brasil, diante do Estrela do Norte. Diante do Imperatriz, pelo Campeonato Maranhense, o Tricolor mostrou que está reagindo e assumiu a liderança da competição, com a vitória por 2 a 1. Motivado pelo resultado no Frei Epifânio, o Sampaio espera manter as esperanças de classificação e, para isso, precisa bater o Coruripe.

Sem poder contar com o volante Robson Simplício, o meia Válber e o atacante Edgar, o técnico Oliveira Canindé terá que fazer mudanças na equipe titular. O volante Maycon deve fazer a sua estreia no meio-campo, ajudando Edvânio na contenção, enquanto Cleitinho atuará de forma mais avançada, auxiliando o centroavante Robert. No gol, Dida volta, enquanto Ruan ocupa o banco de reservas.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Gérson Amaral (Coruripe – AL)

Horário: 19h15 (horário de Brasília)

Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)

Assistentes: José Maria de Lucena Netto (PB) e Luis Filipe Gonçalves Correa (PB)

CORURIPE: Carlos; Denilson, Jair, Williames José e Antônio Carlos; Jota, Mazinho, Léo Maceió e Tiago Lima; Ivan e Casagrande. T: Jailson Lopes

SAMPAIO CORRÊA: Dida; Daniel Damião, Mimica, Luiz Otávio e Willian Simões; Edvânio, Maycon, Gil Mineiro, Raí e Cleitinho; Robert. T: Oliveira Canindé

Após se recusar a fazer exames médicos no Botafogo, “Pimentinha” retorna ao Sampaio

image“A volta dos que não foram”. Assim pode ser definida a história de Pimentinha ao Sampaio Correa depois de ficar quase um mês no Botafogo. O atacante não chegou a jogar pelo clube carioca e preferiu retornar ao Maranhão depois que o departamento médico do alvinegro solicitação tou exames de ressonância magnética no púbis do atleta. O atleta já se reapresenta na tarde desta sexta-feira (27) no CT do Sampaio, no Turu.

Em nota, a assessoria de imprensa do Botafogo lamentou a decisão de Pimentinha e disse ter feito todos os esforços para sua contratação. Desde quando se apresentou ao time de René Simões, as condições físicas do atleta já haviam sido questionadas pelo terinador. René chegou a afirmar que Pimentinha estava “muito abaixo fisicamente do que os outros jogadores”.

Veja, a seguir, a nota do Botafogo sobre o assunto:

Botafogo vem a público esclarecer a saída do atleta Anderson Wanderllan de Moraes Rodrigues (Pimentinha). Antes da formalização do acordo, o atleta alegou dores no pubis e optou por não assinar o contrato. O chefe do Departamento Médico Luiz Fernando Medeiros realizou exames clínicos e solicitou a ressonância magnética na região, que foi recusada pelo jogador. Botafogo lamenta a atitude do profissional tendo em vista todos os esforços empenhados para a sua contratação e deseja sorte no prosseguimento de sua carreira.

Vai e volta
Esse é o segundo retorno do craque ao time maranhense depois de passagens frustradas por times do eixo Rio-São Paulo. No ano passado, depois de brilhar no elenco que levou o tubarão à série B do Campeonato Brasileiro, Pimentinha seguiu rumo ao São Caetano, de São Paulo. Sem conseguir se firmar no time paulista, Pimentinha retornou ao Sampaio e, no início deste ano, novamente após boas atuações pelo “Bolivão”, Pimentinha optava pelo Botafogo.

Sua ida para o Botafogo chegou a ser “comemorada” pela direção do Sampaio, pois, a exemplo de Jonas, era um caso de atleta que saía do Maranhão para um grande clube brasileiro.

Sampaio perde liderança após vitória do Sport sobre Socorrense

cb4da04fcbff73cd3d1bd4ee26348f45_MCom uma grande atuação diante da sua torcida, o Sport goleou o Socorrense por 3 a 1 na terceira rodada da Copa do Nordeste. Os gols de Joelinton, Mike e Felipe Azevedo deram ao Leão a liderança do Grupo B, enquanto os visitantes caíram para a lanterna. O meia Diego Souza deu duas assistências na partida.

Com a vitória, o Sport chegou aos quatro pontos e, ao lado do Sampaio Correa, conta com a ponta do Grupo. O time pernambucano tem uma partida a mais, já que os maranhenses entram em campo nesta sexta-feira, às 21h30, com o Coruripe. Do outro lado, o Socorrense é o lanterna, com dois pontos.

Com um grande primeiro tempo do lateral Alex Silva, o Sport pressionou desde o primeiro minuto, principalmente com Mike e Joelinton. O meia Diego Souza, ex-Palmeiras, também acertou uma grande cobrança de falta, mas Emanuel espalmou para fora. No finalzinho, Daniel Caiçara ainda desperdiçou uma grande chance para o Socorrense.

No segundo tempo, o atacante Tiago Orobó fez uma linda jogada no meio campo, deixou o zagueiro Éwerton Páscoa no chão, chegou na cara do gol e fuzilou, sem chances para Magrão. Com a desvantagem, o Sport cresceu no jogo e Joelinton descontou na pequena área. Mais tarde, Mike virou na raça, em linda jogada, e Felipe Azevedo ampliou.

FICHA TÉCNICA

SPORT
Magrão; Alex Silva (Régis), Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Rithely, Danilo (Felipe Azevedo) e Diego Souza; Mike e Joelinton (Élber). Técnico: Eduardo Baptista.

SOCORRENSE
Emanuel; Cosme, Tonhão, Cláudio Baiano e Robson Saci (Jorginho); Denisson (Índio), Sandro Miguel, Henrique e Júnior; Daniel Caiçara (Léo Carvalho) e Tiago Orobó. Técnico: Edmílson Santos.

Sampaio anuncia mais um reforço para a temporada 2015

imageO Sampaio conta com mais um reforço para o o setor ofensivo para esta temporada. Trata-se do meia Rogério, ex Viana e que chega para um setor bastante povoado na Bolívia. O jogador foi vice-artilheiro do Campeonato Maranhense de 2012 pelo Viana. A confirmação foi feita através do site oficial do Tricolor.

Rogéria já passou pelo Moto, principal rival e chega para atuar pela primeira vez na Bolívia Querida. Seu último clube foi o São Caetano, onde estava sendo pouco utilizado nos jogos. O atleta se apresentou neste domingo e já iniciou os treinamentos.

Rogério de Oliveira Lima tem 25 anos e 1m80cm de altura. O jogador chegou a iniciar temporada no União Barbarense, mas, assim como no São Caetano, não conseguiu render o futebol apresentado no Viana em 2012, quando foi algoz do próprio Sampaio, eliminando o Tricolor em pleno Nhozinho Santos pelo 1º turno do estadual.

O jogador chega ao Tricolor em definitivo. Rogério assinou contrato com o Sampaio até o fim da temporada 2015.

Sampaio estréia hoje na copa nordeste

635af2d6b186d9f1501a4f4f9792d54a_MEsta quarta-feira (4) é muito especial para o Sampaio Corrêa e a torcida tricolor, pois a equipe estreia na Copa do Nordeste, uma das principais competições regionais do país.

E como todo time grande, a Bolívia vai encarar logo no início o campeão da edição passada da competição: o Sport (PE). As duas equipes são as grandes forças do Nordeste. A partida será às 21h15, no Estádio Castelão.

Uma das melhores contratações do time boliviano para a temporada 2015, o polivalente Gil Mineiro, mandou um recado para a torcida. “Convido a torcida para unir forças em torno de um propósito; ser campeão. Esse é o nosso objetivo”, declarou.

Confiança é o tom que reina entre os jogadores. Quanto maior é o jogo, maiores são as aspirações, e todos querem mostrar que podem ir longe na Copa do Nordeste: “É o jogo que todo jogador quer jogar. Vamos entrar com muita determinação, disputar lance a lance e buscar essa vitória que será muito importante para todo o grupo”, afirmou o atacante Robert, recuperado de contusão, e com a pontaria calibrada.

Os ingressos serão vendidos em vários pontos da cidade:

Preços promocionais:

Setor 1 e 2/3 – R$ 20
Setores 5 e 6 – R$ 10 + 1kg de alimento não perecível (não tem meia)
Setor 4 – R$ 30
Cadeira coberta – R$ 50

Valores para Sócio Torcedor

Setores 1 e 2/3 = R$ 10
Setor 4 = R$ 15
Setor Cadeira Coberta = R$ 25

Postos de Venda

Castelão
Nhozinho Santos
HCG (São Francisco)
Lojas SampaioMania (São Francisco e Rio Anil Shopping)
Lojas Degraus Sports
Lojas Cruzeiro (Centro)
Ferpasa (São Cristóvão)
Banca do Jorginho (Feira da Cidade Operária)
Mercadinho e Frutaria Ki-Fruta (Planalto Turu II)

Sócio Torcedor

Sede do Sócio Torcedor (Cohab)
Loja SampaioMania (São Francisco)

Promoção 5/6 com 1 kg de alimento

Castelão
Nhozinho Santos
HCG
Banca do Jorginho
Mercadinho e Frutaria Ki-Fruta (Planalto Turu II)

Meia Entrada

Castelão
Nhozinho Santos
HCG

Sampaio vence o Náutico e conquista a Super Copa Maranhão

22/01/2015. Crédito: Diego Chaves/OIMP/D.A Press. Brasil. São LuO ano começou com título para o Sampaio. O Tricolor derrotou o Náutico na noite deste domingo por 1 a 0 e conquistou o título da Super Copa Maranhão. A competição reuniu quatro grandes clubes nordestinos e serviu como pré-temporada e preparação para a Copa do Nordeste e Campeonatos Estaduais. Com o título, a Bolívia conquistou um prêmio de 100 mil reais. Já a equipe pernambucana levou 80 mil.

O único gol da partida foi marcado por Válber, logo no primeiro tempo de jogo. Apesar de se tratar de uma competição de pré-temporada, o que se viu foi um jogo bastante disputado entre as duas equipes e, apesar do placar magro, com boas chances de gol para os dois lados.

Jogo

O primeiro tempo foi tricolor. O Sampaio esteve melhor durante toda a etapa inicial e praticamente anulou o Timbú pernambucano. Diante de sua torcida, a Bolívia Querida mostrou desde o início que queria manter o troféu em terras maranhenses. Logo aos cinco minutos, o meia Raí, do Sampaio acertou a trave do goleiro Júlio César após a bola sobrar na entrada da área.

Depois desse lance, o Sampaio controlou a posse de bola mas não conseguiu ameaçar o arqueiro alvirubro. As jogadas eram realizada principalmente pelos lados tramadas por Gil Mineiro, Válber e Raí. Somente aos 28 minutos, o Náutico conseguiu ameaçar o goleiro Milton Raphael. Após bela jogada individual, o atacante Josimar bateu forte e rasteiro, quase abrindo o placar.

Porém, a resposta tricolor foi imediata e o Tubarão abriu o placar aos 30 minutos com Válber. Após falta batida por Gil Mineiro da esquerda, o meia desviou na primeira trave e enganou o goleiro Júlio César. Mesmo com o gol sofrido, a equipe pernambucana não ameaçou o Sampaio e nem acordou para a partida. Pelo contrário. Curuca, aos 34 minutos ainda teve a chance de ampliar a vantagem dos donos da casa após dominar na entrada da área, limpar o zagueiro e bater rasteiro com perigo.
Porém o placar não foi mudado e o Tricolor foi para o vestiário com a vantagem mínima.

Etapa complementar

No segundo tempo, o Náutico conseguiu igualar as ações com o Sampaio. A equipe visitante conseguiu armar boas jogadas, principalmente em jogadas aéreas. O Timbú chegou até a empatar a partida com o atacante Renato, que completou para dentro do gol um chute do volante Felipe Souto. Porém, o gol foi mal anulado pela arbitragem da partida que alegou impedimento na jogada.

A Bolívia tentava acertar um contra-ataque para liquidar a partida. Edgar e Válber até tiveram boas chances, mas desperdiçaram no momento das finalizações. Os últimos minutos foram de pressão do Náutico. Apesar do ímpeto alvi-rubro, o Tubarão segurou o resultado, venceu a partida e conquistou o título.

“É importante um título logo no início do ano. Dá confiança para o nosso time entrar bem nas competições. Sabemos que ainda não estamos no nível ideal, mas agora é trabalhar já pensando na estreia do Campeonato Maranhense. Nosso time tem qualidade e temos que entrar respeitando a camisa do Sampaio e disputando títulos”, destacou o meia Válber, autor do gol na partida.

“A gente faz um balanço positivo desta competição. Claro que ainda temos que melhorar bastante para as competições que virão, mas isso mostra que temos um elenco com qualidade. Vamos trabalhar forte pensando em toda a temporada que enfrentaremos pela frente. É bom conquistar títulos, mas agora é já pensar nas outras competições”, completou o técnico Oliveira Canindé.

Além da Copa do Nordeste e Campeonatos Estaduais, Náutico e Sampaio ainda disputarão em 2014 a Copa do Brasil e a Série B do Campeonato Brasileiro. O Tricolor estreia no Campeonato Maranhense no próximo dia 1 de fevereiro, fora de casa contra o Santa Quitéria.