Talita assina convênio que garantirá ações de defesa e inspeção agropecuária

Para expandir e fortalecer as ações de defesa agropecuária nos municípios do estado, a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED), celebrou mais uma parceria com a Prefeitura Municipal de Raposa, que compõe a Unidade Regional de São Luís.

Na ocasião, foi assinado um termo de compromisso e cessão de veículo para prefeitura, por meio da Secretaria municipal de Agricultura, neste caso, o veículo será utilizado pela prefeitura para as ações de defesa e inspeção agropecuária realizadas no município em conjunto com a Aged, o que possibilitará a expansão das atividades desenvolvidas.

A Prefeita do município, Talita Laci, destacou a importância desta parceria para o município e para o fortalecimento das ações desenvolvidas pela secretaria de agricultura, como forma de aproximar os agricultores e criadores, além de poder atender suas necessidades de forma mais eficaz. “Agradecemos muito o apoio e a parceria da AGED, que está sendo muito importante porque nosso município não possuía esse elo entre a Secretaria municipal de agricultura e o Governo e, hoje, podemos contar com todo esse apoio, acredito que nessa parceria só quem tem a ganhar são os próprios agricultores e criadores da Raposa”, afirmou.

O Presidente da AGED, Sebastião Anchieta, ressaltou o trabalho em conjunto que está sendo desenvolvido, frisando os benefícios que serão alcançados, com mais parcerias que estão por vir, não somente com o município da Raposa, bem como outros municípios. “Assinamos mais um termo de parceria com a prefeita Talita Laci, que será muito positiva, poderemos expandir as atividades da Agência de Defesa Agropecuária no município de Raposa, para melhorar cada vez mais o serviço de defesa agropecuária no estado”, disse.

Com dividas milionárias, SAAE poderá fechar e população ficará sem água na Raposa

A reunião desta sexta-feira (17) no bairro do Cohafuma, entre a prefeita de Raposa Talita Laci (PCdoB), os vereadores do município e técnicos da CEMAR, serviu para mensurar o tamanho do buraco deixado pelos dois últimos gestores municipais nas contas do SAAE – Serviço Autônomo de Água e Esgoto.

Nada menos que R$ 900 mil de dívidas entre julho a dezembro de 2016, somado a R$ 1,2 milhões de parcelamentos anteriores acumulados, totalizam mais de R$ 2 milhões em débitos. Os esclarecimentos foram explanados pela Consultora de Clientes Corporativos, Vanessa Mendes, além de Francila Soares – Executiva de Relacionamento com o Cliente e a advogada da empresa, Erika Vera.

Na reunião, a prefeita e o Procurador Geral do Município, João Gabina de Oliveira, buscaram uma forma de parcelamento da dívida exorbitante que não acarrete tanto as finanças municipais. Porém, a proposta de anistia dos juros, multas e correção monetária acumulados durante os seis últimos meses não foi aceita pela CEMAR, no entanto, a empresa ficou de analisar a proposta de parcelamento a ser pago a partir do dia 21 deste mês.

Com a contribuição dos vereadores Beka, Rosa, Magno, Wagner, Laurivan, Eliene, Ribamar, Enoque e Joaquim, também foi discutido métodos de tirar o SAAE do buraco que foi deixado. Hoje o órgão arrecada pouco mais de R$ 50 mil, entretanto, tem um consumo só de energia, equivalente a R$ 90 mil, sem contar gastos com a folha de pagamento de 30 funcionários de carteira assinada, manutenção de poços, sistema de emissão eletrônico de notas entre outras tantas despesas.

“Compramos três bombas e adaptamos outras 14 para aumentar a capacidade de distribuição de água, mas estamos trabalhando no limite do limite, se não for tomada uma medida para revitalizar o SAAE vamos parar”, explicou o diretor Neuton de Sena Silva, também presente na reunião.

Situação caótica

Para o Contador do órgão, Raimundo Nonato Marques Silva, medidas enérgicas precisam ser tomadas o mais rápido possível, no sentido de salvar o SAAE e não deixar a população prejudicada por conta do descaso dos gestores anteriores.

“A Câmara precisa puxar essa discussão, porque hoje temos uma inadimplência de 70%, ou seja, mais de 4 mil casas usam águas mais não pagam. Por mais que seja ruim, é preciso reajustar o valor da tarifa urgentemente. Outra medida que ajudará o SAAE é fazer o mesmo que as operadores de telefonia e a própria Cemar faz, que é usar o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) para quem não paga as contas”, desabafou Marques.

A prefeita Talita explicou que não basta os investimentos feitos nos três primeiros meses de gestão, é necessário oferecer descontos de até 50% para quem estar em atraso poder sanar suas dívidas, além disso, a gestora explicou que já autorizou o órgão formalizar parceria com uma agência bancária.

“É um absurdo ainda ter que receber dinheiro público em mãos como acontece no SAAE, contas públicas têm que ser pagas no banco com o devido código de barras, já solicitei que seja firmado uma parceria com uma instituição bancária para recebimento dos valores referentes a água do nosso município”, disse a gestora.

Durante conversa com os vereadores, a prefeita também falou da importância de um recadastramento geral de todos os consumidores, uma ampla campanha de consonantização do não desperdício de água, do pagamento em dias, e por fim, de um estudo amplo para futura instalação de hidrômetros.

Raposa realiza reunião preparatória para Exposegma e implantação do Pacto pela Paz

O gabinete da prefeita Talita Laci ficou lotada na manhã desta terça-feira (14) para receber diversas autoridades da segurança pública que juntos discutiram a organização da Exposição sobre Segurança no Maranhão (Exposegma) que será realizada no dia 28 de abril em Raposa.

O evento será promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública (SSP), e contará com o apoio da prefeitura. A Exposegma ocorrerá durante todo o dia, na escola municipal Santo Antônio, no bairro do Itapéua e reunirá profissionais da área de segurança que ministrarão palestras sobre ações preventivas contra entorpecentes, combate a violência de gênero e orientações sobre a segurança pública.

O foco principal do vento é divulgar as forças de segurança do Estado do Maranhão, dando conhecimento às ações desenvolvidas no combate às drogas e à violência e ainda realizar uma aproximação dos jovens e da comunidade com os ensinamentos sobre vivência harmoniosa contidos na religião.

Outra face do projeto é mostrar uma política de segurança voltada para ações de caráter preventivo e educativo, a qual visa aproximar a comunidade dos órgãos municipais, estaduais e federais.

O evento reunirá serviços do Ministério Público, Defensoria Pública, Polícia Federal, Ciopes, Batalhão de Choque, Batalhão Ambiental, Cavalaria da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Ronda Escola, Instituto de Criminalística (Icrim), Procon, Marinha, Exército, Aeronáutica, Disque Denúncia, Grupo Tático Aéreo, Grupo de Escolta e Operações Penitenciárias (GEOP), além de apresentações na área cultural, desfile do batalhão infantil e o Louvorzão.

Pacto pela Paz

Também na reunião, foi discutido junto com o coordenador executivo do programa Pacto pela Vida, o Superintendente da Polícia Civil do Interior, Delegado Dicival Gonçalves, a restruturação do projeto  no município.

O Pacto pela Paz, implantado no Maranhão no ano passado pelo governador Flávio Dino, abriu espaço para participação popular no planejamento das ações de combate à criminalidade. O programa desenvolve ações de promoção do bem-estar da população através da efetivação de uma polícia de proximidade e tem como objetivo o fomento à cultura da paz social, dos direitos humanos e do respeito às leis.

As ações do Pacto pela Paz são desenvolvidas por meio dos Conselhos Comunitários pela Paz. Os conselhos possuem 28 membros, sendo de sete a 25 pessoas da comunidade. Os representantes têm a missão de mobilizar suas comunidades para os encontros, que são realizados mensalmente e contam com a participação de representantes da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e instituições parceiras. Nas reuniões, a população apresenta demandas, faz sugestões, críticas e propõe ações.

Miudinhas do carnaval da Raposa

O carnaval realizado pela prefeita Talita Laci (PCdoB), foi tão organizado, seguro e atrativo que até os adversários se esbaldaram no corredor da folia, montado no Viva. Foram quatro dias de segurança, regados a muita animação, com uma estrutura nunca antes vista em um evento local. Mesmo os mais ferrenhos contra a atual gestão se renderam aos elogios diante da grandeza do evento nunca antes visto na cidade.

Divisor de águas

O carnaval 2017 fica na história como o melhor de todos os tempos. Desde a época do ex-prefeito José Laci não se via algo do tipo. O primeiro evento da gestão Talita fica, portanto, como um divisor de água entre os governos que não se importavam com a valorização da Cultura e a gestão que investe no setor para aquecer a economia local.

Delegado Marcone Caldas

A Polícia Civil sob o comando do delegado Marcone Caldas, auxiliado por quatro investigadores e um escrivão se fizeram presentes durante todos os dias monitorando o local. A delegacia funcionou sob regime de plantão no horário que se estendeu o carnaval, no entanto, nenhuma ocorrência foi registrada no período. Inclusive, não houve qualquer incidência grave tal como homicídio ou agressão. Para se ter uma idéia da tamanha tranquilidade, sequer houve registro de um condução por desacato no período carnavalesco.

Organização

Muito elogiado também foi a demarcação dos espaços para os ambulantes. Para não atrapalhar os foliões, a organização só permitiu entrada de barracas previamente credenciadas e, os mais de 50 que entraram no Corredor da Folia, não podiam mover-se do local de origem. Dessa forma reinou a organização nos quatro dias. Quem não sabia das regras foi deslocado para um espaço ao fundo do evento onde pôde realizar suas vendas.

Mudanças 

Por falar em barracas, nas administrações anteriores o espaço para quem quisesse montar suas vendas era comercializado a preço exorbitante. As bebidas tinham de ser compradas na mão de um só distribuidor ligado a alguém da prefeitura. Esses “costumes” absurdos foram quebradas pela gestão Talita. De forma que todos os espaços foram distribuídos gratuitamente; Cerveja, água e refrigerante puderam ser comprados e vendidos da forma que o barraqueiro achou conveniente. Tudo ficou livre, porém, monitorado pela organização para não fugir do controle.

Caravana da Alegria

Mesmo debaixo da chuva, centenas de crianças assistiram ao show da ‘Caravana da Alegria, que levou ao palco a galinha pintadinha e os palhaços Patati Patata entre outros personagens infantis. Brinquedos infláveis, pula-pulas, e piscina de bolas também fizeram a alegria da criançada  na tarde de terça-feira (28).

Estrutura

Chamou atenção a estrutura do “Corredor da Folia”, que contou com banheiros químicos – limpos nas manhãs de cada evento -, disciplinadores por toda a extensão do Viva, além de um forte esquema de segurança, palco, som e luz, tudo de primeira qualidade. Sem esquecer, é claro, da ornamentação do portal de entrada e dentro Corredor.

Limpeza 

Impecável também foi a equipe de Limpeza. Comandada pelo chefe do setor, Gigi, todo o circuito foi limpo logo nas primeiras horas após o término de cada festa. No dia seguinte, tudo estava pronto para mais uma noite de folia.

Interdição de rua

Pontualmente as 16h, a Rua do Coqueiro – que dá acesso ao Viva – foi interditada para melhor organização do transito. Motos e carros tiveram que estacionar nas mediações, assim, proporcionando mais espaço para os brincantes e evitando, eventuais, acidentes automobilísticos. Os ônibus foram proibidos de seguir até o Viva, ficaram nas mediações da Praça Central.

Segurança 

Além de 20 Polícias Militares que cobriram o evento – seguindo um pedido da prefeita Talita ao governo do Estado do Maranhão -, mais 30 seguranças particulares ajudaram na segurança do evento, que teve ambiente tranquilo durante os quatro dias, marcado pela alegria e paz.

Bloco Raposão

Não somente pelas prévias, o Bloco Raposão – organizado pelo presidente da Câmara Beka Rodrigues – foi o mais badalado da cidade no período carnavalesco. Para aquisição de abadás, bastava trocar dois quilos de alimentos não perecível, que serão destruídos nos próximos dias a quem mais precisa – pela camisa oficial da brincadeira. No último dia de folia, Beka ainda conseguiu distribuir 4 mil latinhas de cervejas para os brincantes que acompanharam o bloco nas ruas do município.

Regras no circuito

Bem antes da folia começar, a prefeitura estipulou regras para que tudo ocorresse dentro da normalidade – como de fato aconteceu. Foi proibido a entrada de bebida em recipiente de vidro; saída e entrada de foliões somente pelo portão principal; Além da revista obrigatória para todos os brincantes. Resultado: Tudo dentro da normalidade.

Ambulância de prontidão

A ambulância adquirida pela prefeita junto ao governo do Estado na semana do carnaval, ficou de prontidão durante os quatro dias de folia. Sempre posicionada atrás do palco; felizmente o veículo equipado com maca, prancha, umidificador, cadeira de rodas, cilindro, transporte para oxigênio, monitor cardíaco e desfibrilador, não precisou em nenhum dia ser usado. Ainda bem!!!

Equipe da Saúde

Por determinação da prefeita, uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde esteve todos os dias no evento realizando diversos serviços, além da distribuição de preservativos. A iniciativa foi bastante elogiada por quem passou pelo local.

Colaboração dos foliões

Se o carnaval foi um sucesso em todos os aspectos, muito se deve também a colaboração dos brincantes raposenses. Todos os dias o circuito foi sucesso de público, tudo em clima de paz e com muita animação.

Quem ganhou com o carnaval?

Além do comércio local, mototaxistas que carregaram os foliões; Os salões de beleza que lotaram diante da demanda – principalmente feminina; Os barraqueiros e ambulantes que faturaram os quatro dias. As lojas que aqueceram suas vendas; Os bares, as lanchonetes, os restaurantes, o turismo, a cultura, enfim, o povo ganhou com o carnaval organizado pela prefeitura.

Apoiadores

A realização do carnaval só foi possível graças ao apoio recebido do governo do Maranhão e do deputado estadual Stênio Rezende. Foram esses dois apoiadores que contribuíram decisivamente para a realização desse evento que fica na história da cidade.

Discurso na abertura e encerramento

Quem pensou que a prefeita Talita Laci fosse se esconder do povo no carnaval quebrou a cara. A gestora fez questão de pular o carnaval junto com os foliões no meio do corredor da folia. Talita ainda subiu ao palco e realizou forte discurso tanto na abertura quando no encerramento do evento.

Horário de funcionamento

Motivo de criticas para alguns, o termino do horário dos shows foi algo acertado bem antes do carnaval entre a prefeitura e a polícia militar. A razão para desligar o som por voltas das 00h00 foi exatamente evitar problemas se segurança. Se bem que todos os shows avançaram o horário estipulado, a exemplo do encerramento, na terça-feira (28), que foi até as 01h30.

Pagamento antecipado

Além da festa que contou com diversas atrações e muita oportunidade para geração de emprego e renda, a Prefeitura antecipou o pagamento dos funcionários públicos municipais. Com dinheiro no bolso, foi só alegria. As transferências bancárias foram realizadas após as 18h de sexta-feira, dia 24.

Dupla afinada

No corredor da folia se viu muito entrosamento da dupla Oliveira e Biscoito. Respectivamente secretário e adjunto, os dois trabalharam todos os dias para que nada saísse errado, o que de fato aconteceu.

Pensando já no São João

O evento foi tão bom que tinha barraqueiro perguntando quando será o credenciamento para o Arraial do Pescador, no São João.

Talita Laci recebe ambulância UTI e garante avanço na saúde da Raposa

No dia que a prefeitura de Raposa abre o carnaval na cidade, a prefeita Talita Laci (PCdoB) trouxe uma grata surpresa para os moradores neste sábado (25).

O município ganhou uma moderna ambulância com capacidade para socorro no atendimento de UTI e semi UTI, podendo se transformar em Unidade de Suporte Avançado (USA).

O veículo entregue pelo governador Flávio Dino em rápido ato no pátio do Palácio dos Leões, possui maca, prancha, umidificador, cadeira de rodas, cilindro, transporte para oxigênio, monitor cardíaco e desfibrilador.

“É um momento ímpar, muito esperado por toda população raposense”, garante prefeita Talita Laci, sobre chegada da nova ambulância.

Na mesma cerimônia, a prefeitura de Paço do Lumiar também foi contemplada com um veículo do mesmo porte, entregue ao prefeito Dutra.

Ambulância possui maca, prancha, umidificador, cadeira de rodas, cilindro, transporte para oxigênio, monitor cardíaco e desfibrilador.

“Vamos chegar a 100 ambulâncias entregues. Um incremento de R$ 16 milhões de ajuda do Governo aos municípios”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

O governador Flávio Dino explicou que outras cidades também serão beneficiados com as ambulâncias. “Temos um investimento permanente em saúde, buscando aproximar os equipamentos da população”, garante Flavio Dino.

Também participaram do ato o secretário de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry; o Chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, além do presidente da  Agência Metropolitana, Pedro Lucas Fernandes

Forró Saborear, Prakatum e Esfregue Dance são algumas das atrações do Carnaval da Raposa

Programação mescla artistas renomados com talentos locais.

Com o tema ‘Alegria de todos nós’, a prefeitura de Raposa por meio da secretaria municipal de Cultura definiu toda a programação do carnaval 2017, que será realizado entre os dias 25 a 28 no ‘corredor da folia’, a ser montado no Viva Raposa, bairro do Garrancho.

Nos quatro dias de folia, haverá arrastões com os mais diversos blocos da cidade  ao som de paredões. A concentração será a partir das 18h, em frente ao restaurante O Capote. De lá, a festa continua pela Avenida Principal até o local dos shows.

A estrutura montada no Viva com palco e som, terá segurança garantida, além de disciplinadores por toda a extensão do corredor. “Só entra quem for revistado”, garantiu o secretário adjunto de Cultura, Biscoito Azevedo.

Para a prefeita Talita Laci (PCdoB) o momento carnavalesco não se resume apenas nas festanças, além disso, recupera a alto estima dos moradores frustados com a não realização do carnaval nos últimos anos.

“Vamos gerar renda na cidade, seja de forma direta e indireta, receber visitantes, e portanto, aquecer o comércio local. Estamos mostrando que uma gestão pública séria é capaz de superar as dificuldades econômicos e trazer resultados à população”, explicou a gestora.

Antes de viajar à Brasília onde está em busca de recursos para a cidade, a prefeita ainda agradeceu o apoio do Governo do Estado do Maranhão, do deputado estadual Stênio Rezende e da Câmara Municipal de Vereadores para realização do Carnaval 2017.

“Sem os nossos parceiros não conseguiríamos realizar o evento, que sem sombra de dúvida, ficará marcado pela organização, segurança e animação”, concluiu.

Programação


Sábado, dia 25:
No primeiro dia de folia os raposenses serão animados ao som empolgante da Banda Prakatum. A banda Trio Neon fará a abertura a partir das 20h.

Domingo, dia 26: No segundo dia do ‘Alegria de todos nós’, a atração principal é a banda Imagem. Que terá a companhia de Joelma & Paulo Lima na abertura de todas as noites.

Segunda, dia 27: No penúltimo dia do carnaval em Raposa será a noite do Forró Saborear animar o público.

Terça-feira, dia 27: Esfregue e Dance é a principal atração do último dia da despedida no Viva. Diel França tocará na sua terra natal. Mas, antes, sobe ao palco a ‘Caravana da Alegria’, para aninar a criançada com show da galinha pintadinha e os palhaços Patati Patata  a partir das 15h.

Talita Laci garante o melhor e mais seguro carnaval da Raposa, de todos os tempos.

Talita Laci vistoria espaço onde acontecerá os quatro dias de carnaval

A prefeita da Raposa, Talita Laci (PCdoB), recebeu nesta segunda-feira (13), o Secretário de Cultura do Estado, Diego Galdino. A visita, teve como objetivo discutir assuntos pertinentes ao carnaval 2017 e trabalhos conjuntos da prefeitura com Estado no setor Cultural.

No Viva, bairro do Garrancho, Galdino conheceu o espaço onde será montado o corredor da folia. “Fizemos um planejamento que contará com palco, som, luz, decoração, segurança, banheiros químicos, disciplinadores para demarcar o espaço do carnaval, em um local estratégico e belíssimo do nosso município”, contou a prefeita.

Após ouvir a equipe organizadora do Carnaval 2017 em Raposa, o secretário assegurou apoio do Estado nos quatro dias de festa. “O governo tem apoiado as festas culturais em todo o Maranhão e aqui não será diferente, no que estiver ao nosso alcance ajudaremos“, assegurou.

Participaram da recepção ao auxiliar do governador Flávio Dino, secretários municipais, vereadores, além do ex-prefeito José Laci e assessores.

Secretário esclarece boatos sobre falso Seletivo em Raposa

Após a onda de boatos disseminado na internet dando conta de um possível processo seletivo público simplificado a ser realizado pela prefeitura de Raposa, o secretário municipal de Administração e Planejamento, Ualacy Costa Chaves, se pronunciou a respeito do assunto nesta terça-feira (07).

“Tudo começou por uma interpretação incorreta de um site chamado PCI Concurso, alegando que a prefeitura está fazendo seletivo. Não é verdade! Apenas enviamos para a Câmara a Lei 291/2017 que dispõe sobre a contratação por tempo determinado para atender necessidade temporária de excepcional interesse público, nos termos do Isino IX do Artido 37 da Constiuição Federal”, explicou Chaves.

O secretário disse ainda, que diante do cenário que a atual gestão encontrou a prefeitura não existe data prevista para realização do processo seletivo.

“Na primeira semana de administração inventaram que estávamos recebendo currículos, dias atrás que o salário dos servidores não seria pago, e agora mais essa falsa notícia sobre processo seletivo. Acredito que tudo isso é estratégia dos que não querem aceitar a derrota nas urnas, e também daqueles que tentam desviar a atenção das ações da prefeita Talita que começa  mudar a realidade de Raposa logo no primeiro mes de gestão”, afirmou o secretário de Administração e Planejamento.

Prefeita Talita Laci anuncia que Raposa vai aderir à Redesim

A prefeita Talita Laci (PCdoB) recebeu na manhã desta terça-feira (31), na sede do poder executivo municipal, Ricardo Diniz – coordenador da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios no Maranhão (Redesim), para definir os meio de implantação do serviço no município.

A visita teve por objetivo sensibilizar os agentes da prefeitura quanto a adesão à Redesim (Lei 11.598/2007), no Estado, denominada de “Empresa Fácil”. Após a adesão, a abertura ou fechamento de empresas em Raposa poderá ser feita via web.

Com a implantação da Lei, o usuário poderá, através de um único portal de entrada de dados, formalizar o seu negócio, incluindo órgãos como a Junta Comercial, Receita Federal, Visa, Prefeitura, Corpo de Bombeiros entre outros.

Também participaram da visita o assessor da Jucema, Guilherme Ítalo, o técnico da Vox Tecnologia, Francinaldo, além do  secretário de Administração e Planejamento, Ualacy Costa Chaves (foto acima).

Em tempo, o programa “Empresa Fácil” é uma ferramenta que faz a integração entre os dados cadastrais da Receita Federal do Brasil e os diversos órgãos estaduais e municipais que participam do processo de abertura, alteração e baixa de empresas, e as disponibiliza na rede mundial de computadores (Internet), em um ambiente integrado, interativo e de fácil acesso.

Talita Laci traça metas para fomentar a cultura, e começará dando total apoio ao carnaval.

Talita A prefeita Talita Laci (PCdoB) aproveitou o final de semana para junto com a nova equipe da secretaria de Cultura traçar planos e metas, fomentar políticas públicas culturais no município de Raposa.

Para o secretário Roberto Oliveira Saldanha da Silva, o Oliveira da Ducel, gerenciar a pasta da cultura é uma novidade empolgante. “Tenho experiência administrativa, e o que me deixa um tanto mais confortável é saber que também temos pessoas capacitadas que irão nos auxiliar a gerir de forma estratégica e sempre buscando resultados nessa secretaria.”, comentou o titular da pasta.

Pantaleão Antônio de Azevedo Filho, o Biscoito Azevedo, escolhido como secretário adjunto, disse durante o encontro que nos próximos quatro anos espera contribuir decisivamente para o desenvolvimento da cultura raposense.

“Nossa ideia é trabalhar para o município de forma harmoniosa, a começar pelo carnaval que se aproxima. Há anos nossa cidade não comemora as festividades tradicionais, pretendemos quebrar esse tabu. Comentou B.A.

Um dos nomes cotados para assumir a pasta, Jadiel Pimenta, também participou da reunião e explanou que sua contribuição na gestão Talita será em outra área, no entanto, não medirá esforços para colaborar com sua experiência no setor cultural. “Estou a disposição da prefeita para cooperar na gestão, independente da área, desejo sucesso a nova equipe, afirmou.